Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

White noise: cá em casa resulta!

29.04.16 | Vera Dias Pinheiro
O bebé acaba de nascer e quando nos perguntam como se porta o bebé, todas nós nos derretemos ao dizer como ele é um amor, que só come e dorme. Enfim, é uma paz, um sossego que qualquer mãe gostaria de ter como filho(a). Umas semanas mais tarde, quando nos voltam a fazer a mesma pergunta, regra geral, as respostas já são diferentes, já há uns choros a mais, já não se come e dorme directo, talvez até já tenhamos passado por um pico de crescimento e, talvez, até já tenham começado as nossas queridas cólicas, já para não falar que, entretanto, as noites sem dormir continuam a acumular-se. Resumindo e concluindo, tudo vale a pena quando se trata dos nossos filhos, certo, mas não me venham dizer que estes primeiros três meses não custam, porque a verdade é que custam! 

Por aqui, já tivemos o nosso primeiro pico de crescimento, foram dois dias intensos só a comer, chorar e pouco dormir. A sensação que tinha é que a Laura sugava tudo o que tinha e não tinha. Nestas alturas, ficamos também mais assustadas, pois, a nossa produção de leite corre um pouco atrás daquilo que são as necessidades do nosso bebé, enquanto até aqui tinha sido um pouco o contrário. Com tanto choro, irritação e o peito sem ter tempo de encher para a mamada seguinte, começamos a pensar se teremos leite suficiente para alimentar a nossa cria. Depois, começaram as cólicas! Dias pacíficos nem vê-los, principalmente quando também não se dorme ou melhor, quando não se tem facilidade em adormecer e o choro, vai sendo a música dos nossos ouvidos, no meio de tudo isto.

Por isso, hoje voltei a testar uma coisa que era tiro e queda com o Vicente: o white noise! Não sabem o que é? Simples, muito simples e muito eficaz: imaginem o som do secador do cabelo; do aspirador, do exaustor; da água a correr; do "shhhhhh"; de um coração a bater.... ora todos estes sons são "barulhos brancos" que se aproximam muito daquilo que eram os sons que o bebé ouvia dentro da nossa barriga e que funcionam em 99,9% dos casos, diria eu, para os acalmar quando entram em "stress"... Não será, no entanto, o mesmo som a funcionar com todos os bebés, por exemplo, o Vicente acalmava-se com o som do secador, já com a Laura funcionou bem o som da água a correr!

E a vantagem de vivermos numa era tecnológica em que tudo cabe no smartphone, não fui de moda e descarreguei uma aplicação, grátis, que tens os sons principais e ainda tem disponível um screensaver daqueles que adormecem os bebés! Fiquei tão fã que revolvi partilhar com vocês esta descoberta.

O nome da app é BabySounds e o aspecto é este:


Aqui seleccionam o tipo de som que querem:


E, se carregarem na nuvem que está na imagem de cima, accionam o screensaver e o ecrã do vosso telemóvel fica como na imagem abaixo:



Se tiverem a precisar de uns minutos de descanso, testem o efeito dos white noise; por seu lado, quem já faz uso deles, sabe do que falo, certo? :)


Bom Dia.

2 comentários

Comentar post