Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Viajar com filhos

30.11.16 | Vera Dias Pinheiro

Ir de férias é a parte boa, fazer (e  desfazer) as malas é a parte menos boa.

Vai sendo assim à medida que a família vai aumentando e vai variando de acordo com as idades. Para uma bebé como a Laura, depois dos primeiros seis meses em que bastava a maminha, agora existe uma logística a ter que ser pensada. Mas, independentemente disso, para mim, viajar com filhos é sempre sinónimo de organização: 

- Organizar os horários das viagens, logo para começar, privilegiando, por exemplo, os momentos em que eles dormem mais.
- Organizar as malas, sem esquecer de ter em consideração os vários cenários possíveis - se sujarem roupa, se fizer mais frio, se fizer mais calor, etc...
- Pensar naquilo que temos que levar connosco e que temos que ter sempre à mão: uma muda de roupa, o kit de higiene, um lanche, etc...

E, depois da organização, chega a vez de sermos práticos e de nos centrarmos naquilo que é verdadeiramente essencial e que nos pode facilitar a vida:

- Dar preferência às mochilas - uns autênticos kits "mãos livres"
- Carrinhos para os dois, muito mais fácil do que ter que andar com eles ao colo e para eles é óptimo, que podem descansar, evitando algumas birras.
- Entreter as crianças durante a viagem, pensar em brinquedos que eles gostam, mas que não façam muito barulho, sobretudo quando viajamos em conjunto com outras pessoas.

E, por fim, ter presente que, para passar umas férias felizes com crianças pequenas, implica que elas, estejam felizes e bem dispostas, por isso há que ter isso em atenção quando planeiam uma viagem e escolhem os programas e os roteiros. E já agora, convém referir que as crianças divertem-se com muito pouco e com as coisas mais simples.

Ah! E lembrem-se também que quanto mais viajarem mais fácil se vai tornando, para vós, toda essa logística; as crianças, por sua vez, vão ficando mais habituadas e com o bichinho de viajar dentro delas e, para as famílias, são momentos que fortalecem as relações e, no fundo, estão a criar memórias felizes e divertidas para todos. 

As nossas mini-férias dos Açores foram um exemplo disso: 

[]



P.s: Fazer malas de inverno - sobretudo quando se vai para um destino ainda mais frio - é um enorme desafio, especialmente em termos de espaço dentro das malas ?