Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

: Uma espécie de balanço desde que a Laura entrou na creche

14.09.18 | Vera Dias Pinheiro

hotel macdonald monchique

 

 

Descemos até ao Algarve numa espécie de despedida do verão - ou será que o verão acabou de chegar? Estamos em Monchique, no McDonald Resort & Spa. Uma estadia adiada por força das circunstâncias, das tristes circunstâncias. Andava há tanto tempo para visitar esta zona e a serra de Monchique. O objectivo era ver o verde e não a paisagem cinzenta que ficou após o incêndio....

 

Ainda assim, somos surpreendidos pelo Hotel e por todas as comodidades que nos proporciona e este fim-de-semana acaba por ter o significado de um “desligar a ficha” após duas semanas intensas com o regresso às rotinas. Ao esforço físico junta-se também a tensão emocional.

 

Manter o ritmo que eu quero no dia-a-dia faz com que as pequenas pausas sejam para fazer outra coisa. Porém, o equilíbrio é fundamental. Acho que vale o esforço!

 

O facto de ter ter filhos comigo, da me mais tempo, permite-me fazer mais coisas, estou mais concentrada e, de certa forma, mais descansada.Mas não foram duas semanas fáceis. Lidar com a resistência da Laura em ficar na escola, aquele “desprender forçado” todos os dias, a aparência e a falsa tranquilidade que demonstro e tem que começar assim que ela acorda. E tentar que o meu desgaste não afecte o Vicente, que não tem culpa de nada e também precisa de mim. E os finais do dia... ai os finais do dia, que voltaram a ter muito da descompressão do dia deles, especialmente por parte da Laura.


Esta alteração na reserva até que veio a calhar bem. Permite-me carregar baterias, avaliar o que tenho feito, o que é preciso mudar e o que pode ser melhorado. Eles não percebem o estado em que fico, não compreendem que a mãe se cansa, que chamar por mim e pedir uma coisa sempre a cada instante e lidar com a insatisfação deles, não é fácil! Se eles soubessem que as vezes só me apetecia colocar tudo em “mute”.

 

hotel macdonald monchique

 

Vou fazer uma massagem no Spa e eles vão aproveitar o calor para mergulhar até mais não. Vai ser óptimo, até porque são poucos dias é suficiente para poder correr tudo bem. Mas, inevitavelmente, penso como será de novo, na segunda-feira e na forma como o meu descanso pode ser arruinado em cinco minutos ... por nada!

 

Vai levar algum tempo, contudo sei que iremos superar esta fase, mais ela do que eu! Sei que, tal como o irmão, irá adaptar-se e gostar da escola - ou talvez, não! Mas aí sou eu que tenho que me adaptar.

 

Mas como uma seguidora acrescentou - é muito bem - a este post, a verdade é que as crianças adaptam-se a tudo, com relativa facilidade, e nem se irá lembrar dos dias que ficava a chorar na escola ou em que reclamava porque a mãe não ficava com ela. 

Faz tudo parte do processo, faz tudo parte de ser mãe e será, para sempre assim, nos relativozamls e adaptar/nos a eles e as diferentes situações e momentos. Eles terão sempre medos, receios e cabe-nos a nós ser o porto seguro. Se algum dia vamos ter um coração de ferro, isso acho que não. Continuo a ver a minha a sofrer comigo e com a minha irma nos nossos problemas. Mesmo que lhe diga que sou já uma pessoa adulta e que não precisa de se preocupar. Agora entendo, que parte do seu coração está comigo, que parte dele vai acompanhar me para sempre, sorrindo e chorando comigo, no meu melhor e no meu pior. E eu sei que tenho alguém que faz por mim aquilo que mais ninguém fará, a minha mãe e talvez (também) por isso o medo de a perder se acentue cada vez mais.

 

Mas por agora, vamos aproveitar! Com o verão no seu auge, vamos por o relógio de lado e todas as outras distracções. E nem sequer vale a pena “sofrer” por antecipação, verdade?

 

Espero que desse lado os regressos estejam a feito com tranquilidade. Aproveitem o fim-de-semana para se mimarem muito uns aos outros.

 

Boa noite!