Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Um último mergulho antes de regressarem por completo às rotinas. Aceitam?

10.09.18 | Vera Dias Pinheiro

piscina de bolas alegro setúbal

 

 

Entramos no finalzinho das férias para a maioria das crianças, porém isso não tem que ser sinónimo de uma entrada abrupta nas rotinas. Foi no mínimo um mês de férias, com dias de brincadeiras, horários mais flexíveis, muito convívio e programas a toda a hora. É injusto passarmos às crianças toda a ansiedade com o regresso ao trabalho, a vida agitada e ao trânsito.

 

Calma! Afinal, o tempo ainda é de verão, embora já anoiteça mais cedo, as temperaturas ainda são quentes, embora já apeteça um casaco de manhã, as roupas ainda são de verão e, portanto, os momentos livres e os fins-de-semana podem ainda ter um cheirinho de férias. Deixemos que, lentamente, os ritmos fiquem mais apertados, aproveitem entre “contratempo” para continuarem a fazer programas com os vossos filhos, afinal, ainda estão fresquinhos das férias, super relaxados e descansados. Certo?! Estou a falar para os pais que tiverem direito a gozar uns dias de férias sem filhos. Aos outros… digo apenas que “estamos juntos”.

 

Contudo, de qualquer forma, as crianças são crianças e não conseguem desligar o botão das férias e ligar de imediato o da escola, das obrigações e das rotinas. E ainda bem, porque nós, adultos, sofremos muito com isso, com a mudança de hora (que agora já nem sabemos bem se irá acontecer ou não e, acontecendo, qual o horário que se irá manter), voltar à roupa mais quente deixa-nos deprimidos – a mim nem tanto… - sofremos com a falta de tempo e com as exigências e andamos mais irritados e com falta de paciência.

 

Todavia, em vez se sermos nós a contagiar as crianças com o nosso stress, porque não serem elas a contagiar-nos com a sua inocência e a sua simplicidade na forma como encaram as coisas? Porque não ceder um pouco e dar espaço aos momentos simples de prazer, sorrisos e diversão?

 

Eu própria tenho dificuldade de mudar o registo, mas é por isso que adoptei novas rotinas neste início de setembro. Quando os miúdos chegam da escola, ficamos os três a brincar até chegar a hora do banho. É o nosso momento de reforçar o vínculo.

 

Posto isto, volto ao assunto da Piscina de Bolas, no Centro Comercial Alegro Setúbal. Já partilhei algumas fotografias nas redes sociais, mas ainda não vos contei exactamente como foi mergulhar, em família, naquela piscina gigante de bolas. É que é mesmo divertido que vos deixo a sugestão para aproveitarem para ir conhecer, pois está quase a terminar, é já dia 23 de setembro que chega ao fim.  

 

“(…) Íamos com algum receio da confusão, mas nem isso aconteceu. Houve espaço suficiente para que, cada um de nós – os quatro – se habituasse àquele cenário que, convenhamos, não é assim tão fácil quanto parece, pelo menos para nós, adultos por sermos um bocadinho mais pesados e que, por esse motivo, demos aso a grandes gargalhadas na piscina de bolas. E, talvez por isso, o primeiro a arriscar-se num mergulho naquele mar de bolas coloridas de branco e dourado foi o Vicente que ficou automaticamente convencido quando viu uma bola de futebol e uma baliza. De seguida, fui eu, o pai e, por fim, a Laura que foi aquela que demorou um pouco mais a habituar-se.

Saímos da piscina de bolas em grande alegria, já não me lembrava de última vez que me tinha sido permitido voltar a ser criança e brincar de igual para igual, num ambiente tão divertido e desafiante como aquele. (…)"

 

 

 

 

 

Podem ler o artigo completo através deste link: https://bit.ly/2MgkkJy

 

 

 

*Este conteúdo é um exclusivo para o Centro Comercial Alegro.