Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Tenho FOMEEEEE!

11.03.16 | Vera Dias Pinheiro
São 36 semanas e, e apesar do avanço inicial na balança, estou muito contente com a evolução que tive nesta gravidez. Sinto-me muito bem, sinto-me leve e até acho que tenho conseguido manter alguns dos resultados que alcancei neste três anos de exercício físico e de muitas mudanças na alimentação. A barriga, essa já se sabe que teve o seu tempo para crescer e terá igualmente, o seu tempo para voltar ao lugar e recuperar o tónus muscular. 

Mas, se até já estava a ganhar alguma confiança que tinha tudo sob controlo - afinal, falta tão pouco para a bebé nascer - eu estava completamente enganada, pois, ou muito me engano, ou este último mês é um verdadeiro teste à minha capacidade de resistência à vontade de comer. Por mim, estava sempre a comer qualquer coisa - bem, qualquer coisa, não é bem assim, a vontade é de comer pequenas iguarias que não primam por ser do mais saudável que há. Mas eu lá vou tentando controlar o mais que posso, por exemplo:
- Comer de 2h em 2 horas;
- Beber muita água, estou a conseguir beber 1,5l;
- Snacks e mais snacks - cenouras, galettes de milho, gelatinas, frutos secos, iogurtes, ovos cozidos, etc;
- Pequeno-almoço, almoço e jantar com refeição completa e variada;
- Distrair-me a seguir às refeições - aqui vale tudo.

É isto e tudo mais que já sabemos serem os truques para controlar os ataques de fome e evitar os excessos. 

Mas, agora, digam lá a verdade:
- Este último mês existe na realidade apenas para a "engorda", não é? 
- Para preencher todos os refegos que faltam no bebé, mas sobretudo da sua mãe, certo? 
- Ou para ter que colocar de parte praticamente toda - a pouca - roupa que ainda nos serve e acabar os dias a vestir um qualquer trapinho que estique e que, pelo menos, não deixe a barriga à mostra, não é? 
- Toda a gente fala na importância das quarenta semanas e como isso é fundamental para a maturidade e desenvolvimento do nosso bebé, mas, no fundo, isto é apenas para não nos sentirmos mal e, como boas mães que somos, tudo fazermos para o bem estar do nosso filho, nãoooooooo é?!!!

No entanto, o pior de tudo, sabem o que é?! É que a partir daqui TODAS as semanas vamos à balança!!!! TODAS!!! 

Basicamente...

Como isto:


A pensar em:

Como:














A pensar em:















Ou, então, como:














A pensar em:




1 comentário

Comentar post