Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Temos uma amiga especial!

03.06.16 | Vera Dias Pinheiro
A bola de pilates e eu tornámo-nos inseparáveis no último trimestre de gravidez, quando já era impossível estar sentada numa cadeira durante muito tempo e quando já não aguentava as dores nas costas. E, para além disso, é uma óptima aliada para a preparação do corpo para o parto! Existem alguns movimentos/exercícios que podem ser feitos nesta bola, que ajudam a fortalecer os músculos do pavimento pélvico e a manter o bebé numa posição correcta. Por aqui, fosse em frente ao computador, a ver televisão ou mesmo durante as refeições, eu passava a vida a bascular a bacia, para a frente e para trás, de um lado para o outro. Acima de tudo, o facto de me sentar na bola alivia imediatamente a pressão na coluna e sentia-me muito melhor. 

Depois o bebé nasce, olhamos para a bola e pensamos: "temos que despejá-la para não andar a ocupar espaço!"... Deixamos passar um, dois, três dias... começam as cólicas, as crises de choro e lembramo-nos que alguém nos disse que a bola ajuda a acalmar os bebés! E, lá vamos nós, de dia e de noite para a bola com o bebé ao colo e, o melhor de tudo, RESULTA MESMO! Quando a Laurinha está mais agitada, pego nela, sentamo-nos na bola, espero que se acalme e voltamos seja para continuar a mamar, seja para ela adormecer mais facilmente. 

Também acontece, muitas vezes, eu estar na bola, sentada e sozinha, e dar por mim a aos saltinhos como se tivesse a Laura ao colo ou, então, a bascular a bacia.... Ainda não larguei os tiques da gravidez!

bola de pilates + bola de pilates na gravidez + preparar o corpo para o parto + acalmar o bebé com uma bola de pilates + cólicas do bebé

bola de pilates + bola de pilates na gravidez + preparar o corpo para o parto + acalmar o bebé com uma bola de pilates + cólicas do bebé

4 comentários

Comentar post