Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

O que fica do verão neste regresso às rotinas?

06.10.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
 O início de setembro e ainda outubro é sinónimo de recomeço, já todos sabemos disso. É igualmente sinónimo de algum entusiasmo com o regresso às rotinas, especialmente as escolares, se é que me entendem. Porém, existe igualmente uma certa nostalgia com o fim das (...)

E assim entramos no espírito do Campeonato do Mundo

20.06.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
Nem só de futebol vive um país, é certo. Mas assistir a um jogo da Selecção Nacional é uma emoção, ouvir o Hino Nacional causa arrepios e, na minha opinião, este tipo de campeonatos (seja o Campeonato do Mundo ou o Europeu) acabam por ser bastante mais saudáveis (...)

Páscoa e um aniversário à volta de uma mesa feliz!

02.04.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
 Gosto de receber, gosto de decorar a mesa, gosto de surpreender, gosto de pensar no menu e gosto que as pessoas se sintam em casa quando nos visitam. Habituamo-nos, quando o Vicente era bebé, a convidar os amigos para nossa casa, pois com filhos pequenos foi uma opção (...)

Adeus Natal. Olá Passagem de Ano

26.12.17 | Vera Dias Pinheiro | comentar
 Fecha-se o capítulo “Natal” para se abrir o do ano novo. Por aqui, somos nós que recebemos a família e os amigos, em nossa casa, nestas festividades. Tem a parte que adoro que é mesmo a de receber e de algum conforto para nós e para os miúdos. Por outro, tem o (...)

E o vosso fim-de-semana como foi?

17.09.17 | Vera Dias Pinheiro | comentar
O nosso fim-de-semana foi bom. Foi tranquilo e teve muito de "coisinhas para tratar". Por exemplo, tive que ir às compras de roupa para o Vicente. O tempo arrefeceu e eu senti-me no dever de mãe de lhe ir comprar calças, porque o rapazinho só tinha dois pares depois da (...)

Férias de verão: Ser feliz é apanhar pinhas no Pinhal!

15.08.17 | Vera Dias Pinheiro | comentar
 Se ser feliz é simples, então, imagino que a grande dificuldade seja precisamente saber ser simples. Procuramos compensações exteriores e materiais para conseguirmos ser feliz. Precisamos de motivos fortes para sermos felizes, não nos contentamos com pouco. Exigimos (...)