Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Setembro: Tempo de recomeçar ou de mudar?

31.08.15 | Vera Dias Pinheiro


Setembro chegou! Setembro que é o mês do recomeço, é o mês que dita o fim das férias grandes e o regresso à rotina do resto do ano. Os estados de espírito a ele associados podem ser diferentes e até ambíguos. 

Por um lado, há aqueles que ficam felizes por poderem voltar a fazer aquilo que mais gostam de fazer, de rever colegas, de voltar à engrenagem dos horários e das rotinas. Depois, há aqueles que ficam igualmente felizes com a sua chegada, por ser sinónimo de mudança, mais do que de um recomeço. Para os que se incluem neste grupo, o mês nove do calendário é o mês ideal para traçar novos objectivos e novos desafios. Vêm cheios de força e de energia, após as férias, para correr atrás dos seus sonhos e daquilo em que acreditam.

No entanto, por outro lado, há aqueles que encaram o Setembro como não mais do que o cansaço de regressar ao trabalho, à correria do dia-a-dia e ao stress. Para estes, é altura de voltar a colocar um calendário no escritório e contar os dias até ao próximo verão.

Mas depois há os pais, aqueles para quem talvez o mês de Setembro seja o mais marcante de todos. Agora que acabaram as férias grandes, o sentimento de separação volta a ser mais forte depois de tantos dias passados em família, de tantas brincadeiras, de cancelar alguns horários e algumas rotinas para aproveitar cada minuto, de rir e dar e receber mimo de manhã à noite. Agora é tempo de preparar as mochilas e o regresso às aulas, de gerir sentimentos e ansiedades de pais e filhos. Voltar a colocar tudo no seu sítio nem sempre é fácil e leva o seu tempo.

Querido Setembro, para mim e para nós, és mudança, és acreditar que podemos e vamos ser mais felizes. São novas oportunidades que surgem, novas escolhas e a superação de nós próprios para sermos melhores. O meu querido Vicente vai ter uma escola nova, eu sei que ele vai estar bem, eu sei que ele se vai adaptar com facilidade e eu sei que vou estar ali ao lado para o que for preciso. Porém, também sei que agora vai ser a sério e que, por isso, vai crescer ainda mais rápido e eu não sei se estou preparada para tal. Os sentimentos são ainda ambíguos, mas, no fundo, são de confiança e de segurança, porque, afinal, nós tivemos o nosso tempo para fazer o nosso desapego sem choros, mas sim com alegrias.

E dito isto, Setembro vem daí com as tuas boas energias. Nós estamos preparados para te receber!