Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Segunda-Feira | Como Encontrar A Nossa Motivação Pessoal?

07.10.19 | Vera Dias Pinheiro

auto-motivaçao-segunda-feira

 

Às vezes é preciso repetir – muitas – vezes que não podemos ceder ao estado menos positivo do nosso psicológico. Eu, por exemplo, sei bem quando estou a fazer as coisas porque realmente fazem sentido e quando estou a fazê-las estando a ceder aos pensamentos mais negativos e ao meu estado de espírito menos alegre. Está provado que é assim e eu não venho trazer nenhuma novidade. A nossa mente tem um poder imenso sobre nós, um poder que tanto nos pode beneficiar como não.

 

Contudo, há momentos em que é preciso ceder mesmo, há momentos em que é preciso parar. E a isso chama-se reconhecer o nosso limite e saber escutar o nosso corpo. Porém, existe uma fronteira para além da qual começamos a fazer mal a nós próprios, entramos numa bola de neve de negatividade que se adensa cada vez mais e sair dela é bem mais complicado do que o momento em que nos deixamos ir.

 

Não tenho segredos de optimismo, não tenho truques para estar sempre com a auto-estima no alto, não tenho a receita para ser mega produtiva todos os dias, não tenho a fórmula para ser a mãe exemplar ou a esposa dedicada, não tenho porque não o sou. Tal como vocês, sou humana e tenho momentos em que cedo à força dos meus pensamentos maus. Aquilo que eu lhe posso dizer é nunca perca o seu Norte. Que ele esteja sempre lá como uma meta, pois dessa forma, de uma maneira ou de outra, viremos sempre à tona, encontraremos o nosso porto seguro e seguiremos em frente.

 

E a vida é mesmo assim, feita de altos e baixos, de curvas e contra-curvas como se de uma montanha russa se tratasse.  Ninguém está sempre bem e ninguém está sempre mal. E frequentemente esquecemo-nos disso. Esquecemo-nos de aproveitar em pleno as coisas boas e os momentos felizes – pois eles não duram para sempre – e de manter o optimismo nos momentos maus – pois estes também vão e vêm.

 

Outra dica que posso partilhar consigo é agarre a sua segunda-feira com tudo aquilo que tem (e não tem). Faça dela o dia modelo que gostaria se reflectisse todos os outros dias da sua semana. Comigo resulta! Quando a segunda-feira corre bem, fico com energia e sinto-me motivada para o resto da semana. E não quer dizer que todos os dias sejam bons, mas o arranque é fundamental.

 

Mas também lhe digo, já fiz parte daquele grupo de pessoas que odeiam a segunda-feira, com direito a depressão logo a meio da tarde de domingo. Já fui daquelas pessoas que assim que acordava já estava a contar os minutos para que aquele dia terminasse. Já deixei ir, mais do que tive força para fazer diferente. Já me acomodei mais do que foi um agente da (minha) mudança. É tudo um processo, longo e difícil, o de nos mudarmos a nós próprios, o de nos reeducarmos e de sermos duros connosco próprios. É difícil porque ganhar esta distância em relação a nós, exige dedicação, treino e capacidade de auto-análise que nos pode fazer enfrentar emoções e sentimentos menos bons.

Ainda assim, tranquilize-se, pois cada um de nós enfrenta os seus fantasmas, as suas dificuldades, os seus medos e a sua herança. Tudo isto junto e baralhado com o stress e a pressão do dia-a-dia, obrigam-nos a ter que ser espertos!

 

  • Trabalhe a suas emoções positivas.
  • Comemore as suas conquistas.
  • Pense duas vezes (ou mais) antes de reclamar, pois estará a bloquear a sua motivação.
  • Dê prioridades às tarefas que o fazem feliz.
  • Pense positivo.
  • Goste de Si!

 

Por muito que gostemos dos nossos filhos, do nosso marido, da família, dos amigos, etc… se as coisas não estiverem bem connosco, se não gostarmos de nós, estaremos sempre com dificuldade em conectar-nos de forma saudável e positiva aos outros e  com o mundo que nos rodeia.

 

Posto isto, comece esta semana a pensar em si e naquilo que é importante para si! Foi assim que eu comecei a minha segunda-feira, ao ter cancelado todos os pensamentos menos bons e ter ido ir ao ginásio após praticamente duas semanas sem meter lá os pés.

 

Boa semana!