Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Se ela não comer como eu!

24.01.17 | Vera Dias Pinheiro
Só para vos dizer que estou a adorar esta fase da alimentação complementar da Laura, sobretudo porque, contrariamente ao que eu pensava e, por comparação, ao irmão, está a ser tudo muito mais tranquilo e muito mais "descomplicado". Para tal, acho que tem contribuído muito, mas muito mesmo o facto de, em casa, termos uma alimentação muito saudável, sobretudo, na forma como cozinhamos e que, por isso, muito se adequa à de um bebé. Por exemplo, eu não uso sal para cozinhar e logo aí tenho a tarefa facilitada. Actualmente e depois da Laura ter passado pela introdução faseada dos alimentos, deixou de haver separação na sopa que fazemos e também partilhamos com regularidade o arroz e as massas do irmão com ela. 

Os lanches são outras das coisas que faço, muitas vezes, a dobrar - neste caso, para ela e para mim. As papas de aveia ou de quinoa com fruta são das coisas que ela mais gosta. As frutas vão variando - ora ao natural, ora cozida ou assada - se bem que eu tenho tentado habituá-la ao abacate. Tenho a esperança que, ao contrário de mim e do irmão, ela venha a comer com mais facilidade. Também é verdade que antes eu não sabia escolher um abacate que estivesse no ponto e, desde que aprendi, nota-se perfeitamente a diferença e a Laura não tem recusado.

Hoje, por exemplo, o nosso lanche foi: farelo de aveia (cozido em água, em lume brando, com dois paus de canela e um pouco de água da cozedura da pêra), juntei-lhe abacate e a pêra cozida previamente. O resultado: ela comeu mais do que eu. 


No nosso Instagram (@veradpinheiro), se procurem pelo hastags #seelanaocomercomoeu vão encontrar algumas das minhas combinações de sopa e papas caseiras, passem por lá para tirarem ideias e/ou para deixarem as vossas. ?

Tenho pena que só comecei a juntar as "receitas" mais recentemente e não estão todas as que partilhei


Boa noite❤