Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Reflexões sobre a minha vida (e a dela)

15.11.16 | Vera Dias Pinheiro

A duas semanas de completar os oito meses, a Laura é bem mais controladora do que o irmão era, não me deixa grande margem para planear o que quer que seja. Passa muito mais tempo acordada do que seria de esperar (e do que é o desejado por mim) e as noites, bom, essas continuam a ser vividas intensamente. 




Ela...
Não (re)conhece a cama dela. Continuamos com grande dificuldade em conseguir que durma lá e eu acho que quanto mais tempo deixarmos passar, pior será... Mas, como já vos disse, o que nós queremos nesta fase é conseguir dormir o máximo de horas que conseguirmos, seja de que forma for! 
Fazer o burrinho velho é a sua primeira e oficial gracinha - ah e, entretanto, também já consegue estar sentada sem baloiçar.
Tal como a maioria dos bebés, pode ter todos os brinquedos do mundo, mas o que ela quer mesmo é aquilo em que não pode mexer.
Tem uma predisposição para agarrar os objectos mais perigosos e enfiá-los na boca.
Come bem, mas de noite mama muito! É capaz de acordar de duas em duas horas só para mamar/chuchar.
Acorda mais tarde do que o irmão - o que me permite descansar aquele bocadinho de descanso necessário ao equilíbrio.
Está na fase em que precisa de ter a mãe por perto, embora vá ao colo de toda a gente.
Não adormece sem chorar muito e quando está irritada, não há nada que a distraia
Não gosta que lhe mexam nas mãos, seja para o que for, incluindo limpar e vestir - mas adora o banho.

Eu...
Sempre tive dificuldade em adormecer, algo que, conjugado com as noites da Laura, se torna assim no cocktail bombástico que em nada abona a meu favor. As pessoas dizem-me que estou com boa cara, mas por noite, só consigo dormir em média 4-5 horas - nesta fase, muito pouco face às minhas necessidade.
Já é difícil ir com ela ao ginásio - é difícil perceber quando é que vai dormir e, estando acordada, quer atenção para ela.
Também não consigo tomar banho como gostaria. O ideal seria mudar as minhas rotinas e ir religiosamente dormir à hora dela e conseguir levantar-me bem cedo - antes dela - e fazer as minhas coisas - fosse ir ao ginásio, fosse tomar banho, ou despachar alguma coisa urgente/importante.
Os dias não têm horas suficientes para tudo o que preciso fazer MAIS o tempo que ela exige para estar à mama. Sobretudo, não têm horas suficientes para também estar sem fazer nada.

Como digo, acima, são reflexões apenas destes quase oito meses de Laura. O tempo vai passando e tudo vai deixar saudades... TUDO... Incluindo a tarde de hoje que passei ao lado dela para conseguir que dormisse alguma coisa e que, mesmo com a respiração profunda, assim que me levanto para tentar sair da cama, ela abre os olhos, fixa-me e desata a chorar! Mas, se gostava de voltar atrás? ÓBVIO que não! Adoro a minha boneca, mais reguila e simpática que consome quase tudo o que eu tenho ?