Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Recomendo | "Um Novo Irmão - como gerir os ciúmes"

12.04.16 | Vera Dias Pinheiro

A editora Livros Horizonte tem por hábito organizar encontros para debate de ideias sobre a parentalidade/educação, sempre de acesso gratuito e contando com a presença de alguém de referência na área. 

Por questões de horário, eu nunca consegui estar presente em nenhum, mas ao próximo não irei faltar. A data já está marcada - dia 14 de Abril, às 15h no Auditório do Ispa - e tem como mote o lançamento do primeiro livro infantil de Ana Stilwell - A minha Mãe tem o Sol na Barriga, um livro que aborda a temática dos sentimentos e a insegurança, associada à chegada de um novo irmão. Um tema que não podia ser mais pertinente por aqui. 

A outra boa notícia é que este livro é apresentado, em Lisboa, pelo professor Eduardo Sá - para mim uma referência - e será igualmente o ponto de partida para uma conversa/debate precisamente sobre o tema "Um Novo Irmão - como gerir os ciúmes". É um evento direccionado a todos, de livre acesso e gratuito, mas limitado à capacidade do espaço. Por isso, os interessados, façam como eu: confirmem a vossa presença por e-mail (geral@livroshorizonte.pt) ou por telefone (213 466 917).

Livros Horizonte + Irmãos + educação + Eduardo Sá + Isabel Stilwell + A minha mãe tem o Sol na Barriga + livros infantis + conversas sobre educação + receber um irmão + Um novo irmão - como gerir os ciúmes


Por aqui, ainda não sentimos que estejamos a lidar com os ciúmes, pois temos tido cuidado com as visitas que temos recebido e tentado que não apareçam todas no mesmo dia, além de que pedimos sempre que falem com o Vicente em primeiro lugar e especialmente que não lhe façam 1300 perguntas sobre a irmã nem que coloquem pressão na relação que eles irão desenvolvendo a cada dia, com perguntas do género: "Vais tomar conta da irmã?"/ "Gostas da irmã?"/ "Vais brincar com irmã?".
Sentimos, porém, que falta atenção, que pedirmos ao Vicente que espere porque a mãe tem que mudar a fralda à mana, pode significar um amuo ou como é importante para ele estar junto de mim quando estou a amamentar, e me peça para brincar com ele. Eu tenho tentado observar o mais que consigo as suas reacções e tentar agir de acordo com isso. Não pretendo tornar-me uma mãe demasiado chata ou demasiado permissiva só porque agora existe "a mana".
Para mim, ter feito o "Workshop do Irmão mais velho", no Centro do Bebé, antes da Laura nascer, foi muito importante, como acho que ir a este debate antes de estar a passar por essa fase, pode ser igualmente importante para me/nos prepararmos e sabermos com o que contar e, de certa forma, conseguirmos manter tudo o mais natural e espontâneo possível.


Bom Dia.