Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Reciclar!!!!

24.04.15 | Vera Dias Pinheiro


Reciclar!!! Reciclar!!! Reciclar!!! Esta é a palavra que se impõe nos dias de hoje.
Depois de uma mudança de país, depois de duas grandes mudanças de casa, percebi a quantidade de coisas "não" necessárias que tínhamos e, consequentemente, a grande falta de espaço para guardar tudo e, ao mesmo tempo, manter uma certa ordem e organização. Foi então que, num pico de irritação, no meio de dezenas de caixotes, malas, sacos e outras coisas do género, que gritei que a partir daquele momento por cada coisa nova que entrasse em casa, uma (ou duas) teriam que sair. Porque, para agravar a situação, aquela história do "tenho tanta roupa e nada para vestir" é mesmo verdade. O consumismo sem rei nem roque tinha que acabar.
No entanto, dispensar o que temos a mais, por vezes, coloca-nos um problema: o que fazer com a roupa que já não vestimos. Algumas delas acabam por ter pouco uso (logo, estão novas), mas outras acabam por estar já mais degradadas (e não vão servir para mais ninguém). 



Pois bem, desde a algum tempo para cá que,  a marca sueca H&M permite-nos trocar o velho pelo novo.
Passo a explicar: a H&M, desde fevereiro, que lançou uma campanha global de reciclagem de roupa. Esta iniciativa tem por objectivo "fechar o ciclo têxtil" e fazer com que cada vez menos roupa vá parar aos aterros sanitários. Aqui não interessa o estado ou a marca das peças. E podem-se entregar até dois sacos por dia. Em troca recebemos um vale de 5 euros, por cada saco, que podemos descontar na próxima compra, de valor igual ou superior a 30 euros.
Paralelamente, a I:Co (I:Colect), parceira da H&M nesta acção, oferece 0,2 cêntimos por casa quilo de roupa recolhido, a uma instituição de solidariedade do respectivo país.
Todas as peças são enviadas para a Suíça, onde são recicladas, reutilizadas ou vendidas. De acordo com a marca sueca, cerca de 95% do vestuário deitado fora pode ser reciclado e, muitos dos têxteis são transformados em novas roupas, em panos de limpeza ou têxteis para a indústria automóvel.
A mim esta campanha parece-me bastante interessante e já tenho ali os meus dois sacos preparados para ir entregar hoje numa loja H&M.