Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Próximo passo: ensiná-lo a contar carneirinhos!

12.02.16 | Vera Dias Pinheiro


Naqueles dias em que o sono teima em não chegar - ou em que somos nós que teimamos em não adormecer - recorre-se a tudo cá por casa. O Vicente nunca teve problemas em adormecer, porém nos dias em que não está para aí virado, é um processo que leva horas, em que ele recorre a tudo, que se só ele mesmo é que se lembra, para se levantar as 14.899 vezes da cama até finalmente cair no sono.

Regra geral, começa-se sempre pelas vontades múltiplas de ir à casa de banho. Começamos por ouvir a respiração dele no corredor, deixamos passar uns minutos, até que finalmente, perguntamos o que é que ele quer - mesmo que já saibamos a resposta - e lá vamos nós para a saga do tira e põe fralda uma série de vezes até ele "perder a vontade".

De seguida, passamos à segunda fase, aquela em que ele já se deixa ficar algum tempo na cama e em que se dá início às cantorias. Começa por recitar os nomes de todos os amigos da escola; ouvimo-lo também reproduzir aquilo que achamos que seja algo que se tenha passado na escola; depois, é a vez de se cantar "os parabéns a você" e o "bom dia a toda a gente"! No entanto, como o sono continua a não chegar, volta-se a sair da cama.

Começamos a ouvir novamente a sua respiração no corredor; voltamos a perguntar o que precisa...

- Mãe, preciso de um beijinho...
Dou um beijinho; peço que volte para a cama e ele vai.

- Mãe, o Vicente fez dói-dói aqui, dá beijinho...
Dou um beijinho; peço que volte para a cama e ele vai.

- Mãe, quero um bocadinho do teu colinho...
Dou colinho; peço que volte para a cama e ele vai.

- Mãe, desculpa!!! Deixa o Vicente dar beijinho...
Aceito o pedido de desculpa e recebo o beijinho; peço que volte para a cama e ele vai (mas ainda não se deixa ficar por aqui)

São horas - HORAS - nisto, o que inevitavelmente leva a que, muitas vezes, se termine numa crise de choro tal já é o seu cansaço. Estas costumam ser noites que, depois, não são totalmente tranquilas,  o Vicente acaba por acordar a meio da noite e aparecer no nosso quarto para se juntar a nós na nossa cama.


Também há noites assim aí por casa? Têm truques mágicos que queiram partilhar?!


Bom Dia... É sexta-feira!!!!