Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

O movimento segundas sem carne

04.05.15 | Vera Dias Pinheiro
Mais uma segunda-feira, mais uma semana... mais uma voltinha!!! 
Há poucas semanas atrás consegui começar uma coisa que já andava aqui nos "pendentes" há demasiado tempo. Queria juntar-me ao movimento Segundas sem carne, mas os restos do fim-de-semana andavam a boicotar os meus planos. Eu tinha a determinação e um livro vegetariano na prateleira, cheio de receitas maravilhosas e, mais cedo ou mais tarde, esse momento iria chegar e... chegou! 




Para quem não está mesmo nada a ver o que é isto das Segundas sem carne, eu passo a explicar:

O que é?
É um movimento internacional (oriundo dos EUA), que foi criado em 2003. Com o intuito de alertar as pessoas para o impacto que o consumo excessivo de carne tem ao nível da saúde humana, do ambiente e dos animais.
Em Portugal teve início em 2011, com o objectivo de reduzir o consumo de carne em 15% (o equivalente a um dia por semana).

Porquê a segunda-feira?
Porque simboliza o dia de mudança e de tomar decisões.

Quais as vantagens de reduzir o consumo de carne?

- Ajuda a reduzir o risco de desenvolvimento de doenças crónicas;
- Coloca um travão nas alterações climáticas;
- Promove a redução do sofrimento animal.









É isto que grande parte de vocês estará agora a pensar. Estou certa ou estou errada?! ESTOU CERTA!!!
A boa notícia é que isto representa também uma oportunidade para tentarem variar ainda mais a vossa alimentação, darem oportunidade a alimentos que de outra maneira nunca na vida iriam provar. E não se esqueçam que novos alimentos significam mais nutrientes para o vosso corpo, logo mais saúde e energia. Vá lá, não se armem em esquisitos. No próprio site desta iniciativa (ver aqui) encontram muitas sugestões para refeições. E eu, que sou um amorzinho, prometo ajudar-vos também.

Já vos tinha falado aqui do livro "Cozinha Vegetariana - para quem quer poupar" da Gabriela Oliveira e foi com ele que me iniciei neste movimento. Contudo, eu não sigo receitas à risca, adapto aos ingredientes que tenho em casa e aos que mais uso. Não precisam bloquear assim que virem um ou outro ingrediente que não entra em vossa casa. Usem a vossa imaginação.
Sendo assim, a nossa estreia foi com uns bolinhos de grão com batata doce, feitos no forno (que originalmente são hambúrgers de grão com batata doce). Estavam uma delícia!



2 comentários

Comentar post