Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Ir ao Oeste e passar pelo Parque dos Monges

27.08.15 | Vera Dias Pinheiro

Continuamos pela zona Oeste para poder partilhar convosco aquilo que foi o programa mais divertido destas nossas mini-férias. Bem perto do Real Abadia, Congress & Spa Hotel, e continuando fora do centro de Alcobaça, situa-se o Parque dos Monges, que estando a pouco mais de uma hora de Lisboa, pode ser visitado sem ter que se passar a noite em Alcobaça.
Como o próprio nome sugere, este parque procura recriar a forma de viver dos monges da Ordem de Cister e conta com apenas quatro anos de existência. São mais oito hectares com vários locais a visitar: a aldeia medieval, o jardim bíblico, o bosque encantado e a ilha do Boticário. Mas há mais, podem ainda visitar o Museu dos Doces Conventuais e ouvir a história da Padeira de Aljubarrota,  contada pela própria - sim, é isso mesmo. Os mais crescidos e os mais aventureiros podem divertir-se com o slide, o tiro ao arco ou, por exemplo, a fazer canoagem.
Para o Vicente, e imagino que para quase todos os miúdos com a idade dele, o melhor de tudo é o mini Zoo. Se forem logo pela manhã podem começar por assistir à história sobre as duas lontras, o Pedro e a Inês, habitam o Lontrário e que termina com muitos saltos e mergulhos na água, enquanto são alimentadas pelo seu tratador. De seguida, podem continuar a percorrer o Parque dos Monges e ver os Cangurus, a Alpaca, os Guaxinins, os Esquilos, a Capoeira e muitos outros.
 
 
 
 
Quando estiverem muito cansados, podem sempre apanhar o comboio e fazer um último passeio por ali.
O Parque dos Monges tem um bilhete único, pago à entrada, mas consoante as actividades extra que queiram fazer, podem ter que pagar um valor adicional. No entanto, o Zoo e o Museu dos Doces Conventuais já estão incluídos. A partir das 18 horas, começam os espectáculos medievais, primeiro dá-se o torneio medieval, seguido de um jantar, igualmente medieval e terminando com o espectáculo "A Espada do Rei".
O bilhete de entrada dá-vos direito a uma pulseira que vos permite entrar e sair do parque as vezes que quiserem.
O Parque dos Monges foi uma agradável surpresa para nós, está muito bem conseguido, tornando-se num agradável passeio em família, ao mesmo tempo que nos sentimos a entrar numa outra época da história, sempre com elementos alusivos, bem como as pessoas trajadas a rigor.
Os Vs super recomendam o Parque dos Monges!!!
 

Recomendações:


Água


Chapéu de sol


Protector solar


Calçado confortável e fechado (dica importante do blogue Viajar em Família).


O Parque dos Monges está aberto todos os dias.
Rua da Quinta das Freiras, nº 10 - Chiqueda
2460-089 Alcobaça
Para mais informações, consulta de preços e horários, consultem aqui

2 comentários

Comentar post