Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Guerra aberta contra os pêlos!!!

25.10.16 | Vera Dias Pinheiro
Ainda é difícil acreditar que FINALMENTE declarei guerra oficial contra os pêlos. Não consigo caber em mim de contentamento por saber que, no próximo verão, não vou andar a correr para a esteticista ou, então, que não vou passar 90% do tempo de calças porque há sempre algum pêlo incómodo! 
Não sei se foi da gravidez, das hormonas ou da idade, mas este verão foi uma aflição, pois nunca tinha a depilação feita para os momentos em que era realmente preciso. Depois, também não podemos estar sempre a fazer, pois temos que dar tempo ao pêlo para crescer e, assim se passou um verão a dar pouco uso às saias, aos calções, aos vestidos e nem vou falar da praia, porque este ano, dadas as circunstâncias, foi muito pouca.

Porém, embora todo este desconforto com os pêlos, levei tempo a tomar esta decisão, por vários motivos:
1. O preço - agora está mais liberalizado, mas quando surgiu era muito dispendioso e, assim como assim, custava menos ir à esteticista e pagar aos poucos de cada vez, ainda que o pêlo voltasse a nascer normalmente.
2. A questão de só podermos usar a lâmina a seguir, fazia-me imensa confusão e achava que, entre uma semana e outra, ia parecer um bicho!
3. Para o meu feitio, pois eu preciso de ver resultados logo com a primeira sessão.
4. Sendo muito dispendioso fazer TUDO, quais as zonas que efectivamente me me dariam jeito? TODAS!

Por isso, fui adiando, até que chegou uma altura em que com tanta oferta, lá acabei por dar uma oportunidade. Comecei pela técnica de laser díodo - supostamente maravilhosa, indolor e com resultados incríveis - experimentei uma, duas vezes, sim, de facto, é indolor, mas ficou tudo igual, e desisti porque o pêlo que cresce com a lâmina parece mais forte, áspero e o aspecto é mais carregado. Voltei à cera, pelo menos tinha a pele com bom aspecto. 
Deixei andar, mas comecei novamente a irritar-me com o facto de andar sempre com pêlos e, ao surgir uma nova oportunidade, desta vez, com a técnica "tradicional" a laser e lá fui eu. Desta vez, já senti imensa dor, senti o cheiro do pêlo esturricado e lá fui para casa toda contente. Mas, em poucos dias, tinha os pêlos praticamente todos a nascer, com o tal aspecto horrível de terem sido cortados com a lâmina, mas, embora quisesse dar uma segunda oportunidade, engravidei da Laura e ficou tudo em stand-by.

Mas não existem duas sem três, não é verdade?!

Conheci a Joaquina Rocha, a proprietária do espaço Sentidos Saúde e Beleza - do qual já vos falei neste post - e, na altura, por outros motivos. Eu ia com a Vela Shape na cabeça, mas depois percebi que, ao estar a amamentar, era contraproducente começar a fazê-lo. Porém, questionaram-me porque é não iniciava a depilação definitiva. Eu hesitei, mas como já tinha ouvido falar muito do laser Alexandrite - sempre como sendo o melhor de todos e com os resultados mais comprovados - , depois de esclarecida em relação à questão da amamentação, pensei: porque não?!


sentidos saúde e beleza + depilação definitiva + laser alexandrite + depilação + streetstyle + c&a + blazer + cuidados de beleza + depilação

Fiz a primeira sessão há um mês atrás, tenho alguma resistência à dor e não posso dizer que é indolor porque não é, contudo, há zonas que custam mais do que outras. Comecei com meia perna e virilha e doeu-me mais na virilha do que na perna, mas foi só até o corpo conhecer aquela sensação nova e adaptar-se a ela, a partir daí, custa muito menos - mas, em relação à dor, volto a frisar: só posso dizer objectivamente que não é indolor, mas que a intensidade vai variar de pessoa para pessoa. 
Porém, o que é realmente importante de referir são os resultados - porque se os resultados forem logo visíveis, queremos lá saber se custa ou não custa! 

- Ao longo destas 4-5 semanas de intervalo entre a primeira sessão e a segunda, não tive a necessidade de fazer a depilação uma única vez, porque não tinha pêlos! 
- Nas virilhas não voltou a nascer rigorosamente nada e nas pernas praticamente nada. 
- Estado da pele: super macia.
- Estado da pele com o pêlo a nascer: super macia.

Recomendações: colocar muito creme nas zonas da depilação.

sentidos saúde e beleza + depilação definitiva + laser alexandrite + depilação + cuidados de beleza + depilação

Hoje fiz a minha segunda sessão e agora só irei parar quando me livrar "definitivamente" dos pêlos e só tiver que fazer a manutenção. Agora - e depois de ter ouvido isto tantas vezes - posso mesmo concordar e dizer também que: a depilação "definitiva" foi mesmo a melhor coisa que inventaram, pois embora o custo, se pensarmos a longo prazo, vamos estar a poupar dinheiro e tempo.

sentidos saúde e beleza + depilação definitiva + laser alexandrite + depilação + cuidados de beleza + depilação

sentidos saúde e beleza + depilação definitiva + laser alexandrite + depilação + cuidados de beleza + depilação

A Sentidos Saúde e Beleza é um espaço multifacetado, onde encontram óptimas profissionais, totalmente disponíveis para responder as todas as vossas perguntas. Se, por acaso, estiverem em processo de tomar uma decisão como a minha ou se estão com vontade, mas, ao mesmo tempo, com dúvidas, não hesitem em contactar a Sentidos ou, ainda melhor, passar por lá.

Deixo-vos aqui o Site, a página de Facebook e de Instagram para darem uma vista de olhos.


Esclarecimentos sobre a amamentação e a depilação definitiva:
Sociedade Europeia de Dermatologia diz que no último trimestre de gravidez e no período de amamentação pode ser feita Depilação Laser. Não há estudos científicos que suportem qualquer contra indicação.
Na Sentidos não fazem nunca durante a gravidez e recomendamos esperar uns meses após o parto, mas só para dar tempo a que a  Regulação Hormonal ocorra. Devido a esta instabilidade pode ser necessário fazer mais tempo para se conseguirem os resultados da mesma forma como na Menopausa nos locais do corpo onde o pêlo é hormonal  (rosto). Não há estudos de risco nem para a mãe nem para o bebé.


1 comentário

Comentar post