Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Crianças | A importância de uma festa de aniversário!

12.01.16 | Vera Dias Pinheiro

eventos + diy + festa de aniversário + decoração + festa dos piratas + jake e os piratas + crianças + festa infantil + a mãe faz tudo + bolo de aniversário + bolo do jake

Algumas das memórias que trago da minha infância são as minhas festas de aniversário e as da minha irmã. Lembro-me de haver sempre, por essas ocasiões, a casa cheia, uma mesa comprida cheia de comida caseira e muita animação. Já para não falar que, se o dia de aniversário coincidisse com um dia de semana, havia sempre a expectativa quanto ao bolo de aniversário que os meus pais me levavam para a escola para celebrar com os meus amigos. 
Posso não me recordar de presentes que me tenham sido oferecidos e que me tenham marcado particularmente, mas trago comigo estas lembranças tão ricas e que hoje em dia assumem uma importância muito especial na altura de passar isso para o Vicente. A importância da festa de aniversário é conseguir tornar aquele dia inesquecível e memorável e que nos faça sentir verdadeiramente especiais junto da nossa família e dos nossos amigos, e que todos apreciem e desfrutem daquele momento.

Hoje em dia, as festas das crianças assumem toda uma outra dimensão - sendo inclusivamente um negócio para muitos - são festas pensadas a rigor, com um tema, com uma decoração ao pormenor; brindes para oferecer aos amigos; animação; entre tantas outras coisas. Haja disponibilidade - financeira - por parte dos pais e todos os sonhos dos mais pequenos são possíveis de concretizar. Nestas coisas, considero-me uma mãe de "meio termo". Por um lado, procuro ir ao encontro daquilo que penso ser o desejo do Vicente e, por outro, gosto - e quase que faço questão - de ser eu a fazer 90% do trabalho a que estas festas obrigam. Eu cozinho, faço a decoração, passo a noite a fazer recortes e colagens e desespero na altura de fazer o bolo de aniversário, porque inevitavelmente fica sempre tudo para a última hora.

Este ano, contudo, tinha pensado em simplificar um pouco as coisas, atendendo que já ando mais cansada e que a partir de uma certa hora o meu rendimento deixa de ser tão eficaz. O tema já estava escolhido há muito tempo: os Piratas! E não podia ser outro, pois vocês não sabem, mas cá em casa temos um menino que é o Jake, uma mãe que é a Izzy, um pai que é o Capitão Gancho e ainda uma avó que é um pirata! E consegui alugar um espaço óptimo que conjugava o facto de ter já a animação incluída - havia mesmo a possibilidade de escolher o tema dos Piratas - mas também a possibilidade das crianças poderem brincar livremente, pois nem todos têm a mesma idade. 

Depois, e porque, este ano, sabia que ia deixar especialmente tudo para última hora, andava já em leituras com o livro  A minha festa - da Ana Coelho Duarte, uma das responsáveis pela Save the Date - que ao esquematizar e simplificar o processo de uma festa DIY, ajudou-me na concepção do guião para esta festa e foi o que me permitiu ter tudo pronto a tempo e horas, mesmo com TODOS os contratempos que me aconteceram. Não consegui, porém, evitar os nervos e o medo de falhar por não estar a conseguir ter as coisas como tinha idealizado, mas no final, valeu tudo a pena, ao ver a alegria do Vicente por se sentir um verdadeiro pirata e feliz por ter ali tantos amigos por ele e para estar com ele. 

eventos + diy + festa de aniversário + decoração + festa dos piratas + jake e os piratas + crianças + festa infantil + a mãe faz tudo + bolo de aniversário

eventos + diy + festa de aniversário + decoração + festa dos piratas + jake e os piratas + crianças + festa infantil + a mãe faz tudo 



eventos + diy + festa de aniversário + decoração + festa dos piratas + jake e os piratas + crianças + festa infantil + a mãe faz tudo

Ideias chave para quem resolve fazer uma festa de aniversário DIY:

- Enviar os convites de aniversário atempadamente e conseguir ter mais ou menos, o número certo de convidados uma semana antes do evento - nessa altura já terão decidido o tema da festa;
- Pensar no menu com cerca de 3 semanas de antecedência e elaborar a lista de supermercado cuidadosamente para que, na hora em que colocam as mãos na massa, nada vos falte. E lembrem-se: "numa festa os salgados são mais apetecíveis que os doces", diz a Ana Coelho Duarte e eu confirmo a 100%;
- Reservem para o próprio dia somente aquilo que não podem mesmo fazer de véspera. O dia da festa deverá ser quase exclusivamente para a organização da mesa e os detalhes da decoração;
- Reservem tempo, nesse mesmo dia, para conseguirem também tomar um banho e colocarem uma roupa bonita - mas confortável - afinal, nós fazemos a festa, mas somos também as anfitriãs da mesma e queremos sentirmo-nos bem connosco próprias e para os nossos convidados;
- Uma dica para poupar dinheiro: envolvam a família toda nas pequenas tarefas, assim não só temos um contributo de todos, mas também deixamos que todos se sintam importantes neste dia tão especial;
- Troquem os refrigerantes por sumos naturais, pois embora dêem mais trabalho, são mais saudáveis e, já agora, em vez dos vinhos, podem optar por uma sangria, que se torna menos dispendioso e isto porque, apesar de ser uma festa para crianças, os adultos não deixam de fazer parte - pelo menos por aqui, ainda somos muitos adultos;
- Palavras-chave: antecipar; organizar; planear.

E para outras mães com filhos fãs de piratas em casa e prestes a fazer anos, digo-vos que este livro tem ainda um capítulo dedicado apenas aos "Piratinhas", com ideias simples e práticas!

eventos + diy + festa de aniversário + decoração + festa dos piratas + jake e os piratas + crianças + festa infantil + a mãe faz tudo

eventos + diy + festa de aniversário + decoração + festa dos piratas + jake e os piratas + crianças + festa infantil + a mãe faz tudo

Por aqui, as festas de aniversário são a grande oportunidade de juntar os nossos amigos e os filhos dos nossos amigos que, por um motivo ou por outro, nem sempre estamos tão perto como gostaríamos. Somos praticamente os mesmos desde o primeiro aniversário do Vicente e isso permite-nos de certa forma acompanhar e estar próximos do crescimentos de todos. Também por isso, estas festas de aniversário valem a pena. Valem a pena por estarmos todos juntos, mesmo que na confusão de miúdos a correr de um lado para o outro, não falemos muito uns com os outros, mas estamos juntos, felizes e assim, também criamos raízes junto dos nossos filhos.

Foi um dia feliz, todos estavam felizes e, no final, isso é o mais importante! 
No próximo ano, com dois filhos, devo estar ainda mais cansada, mas sei que farei tudo de novo, vou tentar ser ainda mais organizada e tentar fazer tudo ainda com mais tempo e a verdade é que não devo conseguir à mesma. Mas, no final, sei que vai igualmente valer a pena, pois isto também faz parte de ser mãe, não concordam?!


Outras festas de aniversário:

1 comentário

Comentar post