Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Born Eletric | Uma experiência sobre rodas

16.11.16 | Vera Dias Pinheiro

Eu não ligo muito a carros, mas este fim-de-semana tive a oportunidade de experimentar, pela primeira vez, um carro 100% elétrico e adorei!  


carro elétrico + bmw i + bmw i 3 + santogal + santogal agente bmw i3 + test drive + condução + mulheres ao volante + carros para andar na cidade + maat + museu maat

Como disse logo no início, eu não ligo muito a carros. nunca comprei um carro, por exemplo. Quando tirei a carta, herdei um que os meus pais já tinham e foi o que me acompanhou durante toda a minha vida até termos ido para Bruxelas - altura em que decidi vendê-lo. Depois, no período em que lá vivemos, a nossa vida fazia-se perfeitamente bem apenas com um carro, sendo que eu fazia a minha vida sempre a pé - vantagens de morar numa zona central, com todos os serviços perto, parques, supermercados, museus e por aí a fora, mas não só, a dimensão da própria cidade e sua estrutura assim o permitiam. E mesmo que andássemos muito, nunca custava assim tanto!

De regresso a Lisboa e da forma como actualmente temos a nossa vida organizada, não conseguimos reproduzir tal e qual esse modelo de vida, mas alcançamos um bom compromisso nas distâncias que percorremos diariamente (trabalho - casa - escola- ginásio) e ainda conseguimos estar numa zona da cidade que nos permite estarmos protegidos do trânsito, das horas de ponta, das obras e dos engarrafamentos. Porém, ter um carro é um bem absolutamente necessário.

O nosso estilo de vida é muito citadino: voltas curtas, andamos muito na cidade, no pára-arranca e não temos estacionamento próprio! Mas (ainda) não é dramático. Por isso, embora eu não ligue muito a carros, há coisas que para mim são importantes, nomeadamente o facto de ser fácil de estacionar, logo não pode ser muito grande - não gosto nada de carrinhas, por exemplo, ou de carros muito compridos - mas espaçoso o suficiente para transportar duas crianças (e respectivas cadeiras) e  uma bagageira que permita pôr e tirar carrinhos e compras, sem parecer que estamos a jogar um jogo de tétris; que não gaste muito, de preferência, e que seja confortável - e,  já agora, se puder escolher, que seja bonitinho também.

O BMW i3 foi uma agradável surpresa: pequenino, confortável, surpreendente espaçoso por dentro e bagageira que leva tudo o que é preciso. Eu arriscaria a dizer que deve ter concebido a pensar nas mulheres, com uma condução bastante suave e segura e com mudanças automáticas para que a nossa energia e atenção possa ser canalizada para outras coisas mais importantes. Ah! E também tem sensores de estacionamento.
Em relação ás mudanças automáticas, sei que nem toda a gente aprecia, mas acreditem que neste carro, vocês vão adorar e nem se vão lembrar que o carro precisa de mudanças para andar. É completamente zero ruído. E, quanto ao ponto de embraiagem, relaxem, pois acabei por vir a saber que o carro está programado para não descair mais do que 2 cm. ?


carro elétrico + bmw i + bmw i 3 + santogal + santogal agente bmw i3 + test drive + condução + mulheres ao volante + carros para andar na cidade + maat + museu maat

carro elétrico + bmw i + bmw i 3 + santogal + santogal agente bmw i3 + test drive + condução + mulheres ao volante + carros para andar na cidade + maat + museu maat

carro elétrico + bmw i + bmw i 3 + santogal + santogal agente bmw i3 + test drive + condução + mulheres ao volante + carros para andar na cidade

Em relação ao facto de ser elétrico, como em quase tudo o que é novo e que envolve mudança, terá que haver um tempo para a nossa adaptação. Durante estes dois dias e meio em que tive o carro, não tive a necessidade de efectuar qualquer carregamento - não chegamos a sair de Lisboa. Mas as opções são várias e todas bastante viáveis e práticas. Existem:

- Postos de carregamento públicos: completamente gratuitos - estacionam, colocam a carregar e vão à vossa vida.
- Posto de carregamento em parques de alguns centros comerciais: neste caso, pagam o parque.

Sem esquecer que, se tiverem estacionamento próprio e havendo uma tomada de electricidade normal por perto, podem colocá-lo a carregar sempre que lá estiver.

Em viagens mais longas, podem usar as estações de serviço, no modo de carregamento mais rápido e, para isso, devem contar sempre com mais meia hora na vossa viagem, dependendo do destino, obviamente!

No entanto, esta "programação" das viagens podem parecer algo de muito complicado à primeira vista, mas não o é! O próprio carro é bastante nosso amigo e no GPS contamos com uma listagem de todos os postos de carregamento que existem; se estão ocupados ou não e quais os que estão mais próximos de nós - indicando também o caminho para lá chegarmos. 

Eu não sei se será um carro da "minha" geração, mas tenho quase a certeza que muito provavelmente será da dos meus filhos!

carro elétrico + bmw i + bmw i 3 + santogal + santogal agente bmw i3 + test drive + condução + mulheres ao volante + carros para andar na cidade + tartarugas ninja

carro elétrico + bmw i + bmw i 3 + santogal + santogal agente bmw i3 + test drive + condução + mulheres ao volante + carros para andar na cidade


Muito obrigada à Santogal - Agente Oficial BMW i3 por ter confiado em mim e na minha condução ?

P.s: Qual é que foi a primeira coisa que fiz, depois de me terem explicado tudo no stand e de estar pronta a vir embora? Qual foi? Qual foi? Básico: ter que fazer marcha atrás e colocar a mudança para andar em frente.... Mas pronto... foi o único "incidente" digno de nota ?