Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Açores Mini-Roteiro | Dia 2

12.10.16 | Vera Dias Pinheiro
O segundo dia foi o mais preenchido dos três, passamos o dia inteiro fora e com a ajuda do São Pedro, a chuva deu tréguas, o tempo aqueceu (um pouco) e tiramos maior partido de todos os locais por onde andamos.

O destino eram as Furnas, mas até lá chegarmos, ainda tivemos duas paragens e a primeira delas foi no Miradouro de Santa Iria.

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + Miradouro de Santa Iria + paisagem natural + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família


Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + Miradouro de Santa Iria + paisagem natural + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + Miradouro de Santa Iria + paisagem natural + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família
Com muito verde e muito mar à volta, damos por nós a perder a noção do tempo enquanto observamos tudo aquilo que a nossa vista alcança e, para mim, o mais fascinante de tudo é pensar tudo aquilo que vemos foi criado pela natureza.

A segunda paragem foi numa das fábricas de chá mais conhecidas dos Açores, o Chá Gorreana, onde todo o chá ainda é produzido com máquinas antigas, cuidadosamente preservadas ao longo dos anos. E, no final da visita, não podem sair de lá sem experimentar o chá, verde ou preto, que está vossa disposição. Ah! E também seria simpático deixarem uma lembrança às simpáticas senhoras que estão a embalar os chás, ou seja, que estão a trabalhar enquanto os turistas passam por ali passam, tiram fotografias e fazem perguntas.

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + chá dos açores + chá gorreana + fábrica de chá + plantações de chá dos Açores + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + chá dos açores + chá gorreana + fábrica de chá + plantações de chá dos Açores + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + chá dos açores + chá gorreana + fábrica de chá + plantações de chá dos Açores + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

De seguida, fizemos o caminho até às Furnas e à Lagoa do Fogo, o que é o mesmo que dizer que descemos até à cratera de um antigo vulcão - actualmente existem muito poucos vulcões activos no arquipélago do Açores e a última erupção que se deu, há muitos anos atrás, foi no mar.

Posso não ter visto a Lagoa das Sete Cidades como tinha imaginado, no entanto, rendi-me completamente à Lagoa do Fogo, a terceira maior lagoa da ilha.

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + vale das furnas + furnas + lagoa do Fogo + cozido das furnas + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família


Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + vale das furnas + furnas + lagoa do Fogo + cozido das furnas + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

Não deixamos de visitar as caldeiras das Furnas e até de assistir ao momento em que o nosso almoço foi retirado do chão - o tradicional cozido das Furnas, que comemos no Restaurante do Hotel Terra Nostra. 
O cheiro a enxofre e o fumo a borbulhar um pouco por todo lado, não nos deixam esquecer onde estamos.


Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + vale das furnas + furnas + lagoa do Fogo + cozido das furnas + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + vale das furnas + furnas + lagoa do Fogo + cozido das furnas + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

Cada buraco leva duas panelas, uma maior e outra mais pequena, e é cozinhado durante 7 horas tudo ao vapor e o único tempero que leva é o sal. Dentro das panelas, todos os ingredientes são colocados por camadas. A hora de retirá-las do chão é ao meio-dia e meia, o que quer dizer que, todos os dias, às cinco e meia da manhã, estas panelas são levadas para dar início à cozedura.

O resto da tarde foi passada mesmo ali em frente, no bicentenário Parque Terra Nostra, simplesmente um dos locais mais bonitos onde tive a oportunidade de estar nos últimos tempos. Tem um tanque central enorme, com água quente, à disposição de todos aqueles que o visitam. A água, embora pareça ter um tom acastanhado, se fizerem uma concha com a mão e colocarem lá água vão ver que é transparente.

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + parque terra nostra + hotel terra nostra + vale das furnas + furnas + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + parque terra nostra + hotel terra nostra + vale das furnas + furnas + visitar portugal + beleza dos Açores + viajar em família

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + parque terra nostra + hotel terra nostra + vale das furnas + furnas + visitar portugal + flores dos açores + beleza dos Açores + viajar em família

Açores + Azores + Arquipélago dos Açores + Ilha de São Miguel + parque terra nostra + hotel terra nostra + vale das furnas + furnas + visitar portugal + flores dos açores + beleza dos Açores + viajar em família

E é a volta daquele tanque que se espalha uma enorme vegetação não só típica dos Açores, como mandada trazer de várias partes do mundo, como a Nova Zelândia e se quiserem conhecer todo o parque vão precisar muitas horas para percorrer todos aqueles hectares. Por isso, preparem-se para andar, mas também para ser perderem-se de amores por toda aquela riqueza botânica.

De regresso ao Hotel e depois de um dia tão preenchido, foi preciso descansar antes do jantar no Restaurante Paladares da Quinta, um dos melhores restaurantes onde já comemos, com uma simpatia fora de série, inclusivamente para com o Vicente e para que nada lhe faltasse. E se tiver que falar de alguma coisa, vai ser, sem dúvida, da sobremesa... um brigadeiro de maracujá... DIVINAL!

Para um dia assim, é fundamental terem carrinhos de passeios para os mais pequenos, pois são passeios longos e não podemos exigir das crianças a mesma disposição de um adulto.

2 comentários

Comentar post