Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

A culpa foi dela.... toda dela!

26.01.17 | Vera Dias Pinheiro
Há dias em que a minha única vontade é a de ficar a olhar para ela, observando com calma cada pormenor, em especial a curva no nariz que os dois têm. É tão, mas tão perfeitinha! Observar com calma porque o tempo passa rápido e aproveitar que ainda assim o temos do nosso lado, com dias inteiros para nós.

Agora fica mais difícil resistir-lhe, pois está mais engraçada, ri-se muito, põe-se em pé e já diz algumas palavras. Mas há dias em que só os observo, com calma e em silêncio para que nada escape aos meus olhos de mãe. Observo e agradeço.

Uma mãe nunca é isenta de alguma parcialidade, mas é perfeitinha, tal como o seu irmão o é, e com tantas coisas semelhantes, sem bem que um pouco mais atrevida. Caramba! Ser mulher é das coisas mais fantásticas que existe. Gerar um filho dentre de nós? Conseguiremos nós ter realmente a noção do que isso é? Trazê-lo ao mundo e ser tomada de imediato por um instinto que julgávamos não ter, um instinto que nós torna verdadeiras leoas a proteger a sua cria?! É maravilhoso!

Ser mãe permite-nos regressar às nossas origens, à nossa natureza mais profunda e mais animal, muito guiada pelo instinto protector, com tudo o que isso implica de transformações na nossa vida e na nossa relação com tudo o que está  nossa volta.

Ser mulher é das coisas mais fantásticas que existe, mas ser mãe permite-nos conhecer o verdadeiro sentido da palavra amor, assim como nos apercebemos realmente do sentido de "é para a vida toda" . 

E quando se tem uma boneca destas todos os dias ao pé de nós, torna-se irresistível e, por isso, não consegui terminar o post com a minha MEGA dica desta semana. Desculpem-me!!!! Mas deviam ver quando ela começa a chamar mãe e a rir-se... Iriam concordar comigo e perceber como é impossível resistir-lhe! ?




Beijinhos e boa noite ❤

1 comentário

Comentar post