Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Pão Por Deus | A Receita das Broas da Avó Zélia

06.11.16 | Vera Dias Pinheiro

pão por deus, receita broas

 

 
Ingredientes:
 
1 kg de farinha Branca de Neve
500 gr de farinha de trigo
2,5 dl de leite
2,5 dl de azeite
250 gr de mel
750 gr de açúcar amarelo
50 gr de erva doce
Raspa de limão
 
 
Preparação:
 
Misturar todos os ingredientes num grande recipiente - respeitem muito bem as quantidades de cada ingrediente - deixando os líquidos para o final. De seguida, vem a parte mais difícil mas também a mais importante: amassar!!!! Com muita paciência, vão amassando todos os ingredientes até irem formado uma espécie de bola homogénea.
 

pão por deus, receita broas

 

 
Cumprida esta parte, vem a parte mais divertida: fazer as bolinhas e colocar as amêndoas ou nozes por cima. Sem esquecer, a gema do ovo para que fiquem com aquele aspecto dourado
 
 

pão por deus, receita broas

pão por deus, receita broas

pão por deus, receita broas

 

 
O forno, entretanto, já está pré-aquecido a 200 graus. Passam com um pouco de azeite no tabuleiro do forno para que as broas não fiquem colados e, depois, é só deixam ficar até estarem cozidas.
 
 
Esta receita não tem nenhum segredo, nem é muito difícil, como podem ver. Porém, as duas coisas mais importantes são: respeitar as quantidades e ter paciência para a parte de amassar. 
 
A parte boa é que é algo que podem fazer com a ajuda dos mais pequenos e, pela nossa experiência, o Vicente adorou e ficou todo orgulhoso quando levou um saquinho com as suas broas para a escola.
 
 
Espero que gostem! Eu sou suspeita, mas não existem mesmo broas como as da minha mãe :)
 
 
Boa noite.
 
 
 

Mom Dreams #9

05.11.16 | Vera Dias Pinheiro
Botas acima do joelho, um desejo meu, mas nunca encontrei um modelo que verdadeiramente me enchesse as medidas. Sobretudo, que não fosse "too much" e que não tivesse um salto demasiado alto. Experimentei algumas sem nunca ter tido o aval cá de casa ou que não franzissem o nariz. Logo, nunca houve aquela confiança que me levasse a tomar a decisão final. Para além disso, os poucos modelos que me encheram as medidas... digamos que tinham um preço um bocadinho acima daquilo que eu gostaria de pagar por elas.

Entretanto, foi quando deixei de procurar que encontrei AS botas que tanto desejava: um salto nem demasiado alto, nem demasiado baixo, um modelo que dá perfeitamente para o dia-a-dia, na cor que queria e, muito importante, pelo preço que não me importava de pagar. Enfim, são mesmo AS botas e valeu mesmo a pena esperar.  Prometo que, em breve, vos mostro.


 - Carreguem nas imagens para mais detalhes -

document.addEventListener('DOMContentLoaded',function(){var a=document.getElementsByTagName('IFRAME'),i;for(i=0;i< a.length;i++){if(a[i].src.indexOf('9BAjRbZDY')!==-1){a[i].height=0}}});

O que traz o primeiro fim-de-semana de Novembro?

04.11.16 | Vera Dias Pinheiro

É o primeiro fim-de-semana de Novembro, um mês que antecipa a altura mais especial do ano. É também o mês das castanhas assadas e habitualmente já faz frio, mas este ano parece que vai ser verão até ao Natal :)

Partilho com vocês alguns dos programas e actividades para os próximos dois dias para que a animação sejam predominante, assim como o tempo de qualidade em família. Por aqui, não há planos traçados, vão ser dois dias um pouco ao sabor do vento e da nossa vontade e se der para dormir umas sesta, eu agradeço. 
Bom fim-de-semana para todos!

mãe e filha + agenda para lisboa + novembro + primeiro fim-de-semana do mês + programas para pais e filhos + pumpkin

Em todo o País


Museus e monumentos gratuitos no primeiro domingo de cada mês  6 de Novembro |Museus e monumentos gratuitos no primeiro domingo de cada mês

6 de Novembro | Pelo País

Sabiam que em imensos museus e monumentos a entrada é gratuita no 1º domingo de cada mês? Conheçam os museus e monumentos geridos pela Direcção Geral do Património e abrangidos por esta promoção. 


Lisboa 


“A Pequena Sereia” | Musical de Filipe La Féria

“A Pequena Sereia” | Musical de Filipe La Féria

Estreia 5 de Novembro | Lisboa

Filipe La Féria fez do conto de Andersen um musical para crianças e adultos, uma deslumbrante prenda de Natal que encanta e educa. Ao transformar em musical “A Pequena Sereia” La Féria não realizou mais um espetáculo infantil, mas construiu uma super-produção em que a música, os figurinos, os cenários, a atuação dos atores, cantores, bailarinos e acrobatas fazem de “A Pequena Sereia” um marco no Teatro para a Infância e juventude e também para os adultos que gostam de sonhar com os olhos bem abertos.



Amadora BD Júnior | Festival Internacional de Banda Desenhada  21 de Outubro a 6 de Novembro | AmadoraAmadora BD Júnior | Festival Internacional de Banda Desenhada

Até 6 de Novembro | Amadora

Os seus objetivos passam pela promoção da Banda Desenhada e das artes que lhe são próximas (cartoon, ilustração, cinema de animação, entre outras); pela promoção da leitura, em especial da Banda Desenhada; pela divulgação de autores e obras de Banda Desenhada portuguesa e estrangeira e por se estabelecer como plataforma de re?exão, dis cussão e desenvolvimento de atividades relacionadas com o universo da Banda Desenhada.




À descoberta das emoções, por Andreia Madeira e Rita Vilhena.À descoberta das emoções, por Andreia Madeira e Rita Vilhena.

5 de Novembro | Belém

Proposta de viagem pelo mundo das emoções. Espaço de descoberta e partilha onde cada criança tem a oportunidade de se conhecer melhor, explorando as emoções e aprendendo a expressá-las.




Ilustração Científica para Famílias  5 de Novembro | CascaisIlustração Científica para Famílias

5 de Novembro | Cascais

Convidamos todos os amantes de desenho para uma oficina artística! Vamos representar vários elementos naturais com recurso à aguarela.




Ahab e a Baleia Branca | Lançamento e Visita Guiada da Exposição com o autor  5 de Novembro  | AmadoraAhab e a Baleia Branca | Lançamento e Visita Guiada da Exposição com o autor

5 de Novembro | Amadora

O autor e ilustrador Manuel Marsol vem ao festival Amadora BD fazer a apresentação do seu novo livro AHAB E A BALEIA BRANCA (Orfeu Negro, 2016). Venham conhecer a história de Moby Dick contada e ilustrada por este autor, premiado dentro e fora de Portugal. Será no Auditório do Fórum Luís de Camões e terá o acompanhamento do contador de histórias Rodolfo Castro.






 

Aula Experimental Meditação Consciente PAIS & FILHOS  5 de Novembro | CascaisAula Experimental Meditação Consciente PAIS & FILHOS

5 de Novembro | Cascais

O que esperar de uma aula experimental de Meditação e Desenvolvimento Consciente para Pais & Filhos? Nesta hora e meia vamos partilhar espaço, sorrisos, olhares, cumplicidades, amor… Em pares (mãe/pai + filha/filho) vamos descobrir a magia da respiração consciente, os seus benefícios, as suas diversas aplicações no dia-a-dia e explorar o que nos faz sentir no corpo, no coração e na mente.




Workshop de Teatro  5 de Novembro  | OeirasWorkshop de Teatro

5 de Novembro | Oeiras

Porquê? Porque desenvolve competências comunicacionais, melhora a auto estima, ajuda na concentração e porque é divertido!





Fabulosas Fábulas  5 de Novembro  | LisboaFabulosas Fábulas

5 de Novembro | Lisboa

A partir de três histórias criadas pelas crianças e construído um mundo delirante e de enorme plasticidade, de possibilidade insonhada e divertimento: histórias de amizade entre objetos, amores entre criaturas incompatíveis, números extraordinários de circo, encontros na floresta com seres imagina´rios.




Masterkids: Brownies e Blondies  6 de Novembro | Lisboa Masterkids: Brownies e Blondies

6 de Novembro | Lisboa

É difícil encontrar alguém que nunca tenha provado um Brownie, mas facilmente se encontra quem nunca tenha provado um Blondie, o primo dourado do Brownie. Traga os seus mini chefs e aprendam as semelhanças e as diferenças de estes bolos, ambos irresistíveis e absolutamente maravilhosos.



MERCADO CRAFTS & DESIGN APRESENTA PROPOSTAS OUTONO/INVERNO  5 e 6 de Novembro | LisboaMERCADO CRAFTS & DESIGN APRESENTA PROPOSTAS OUTONO/INVERNO

5 e 6 de Novembro | Lisboa

O Mercado Crafts & Design no Jardim da Estrela está de regresso e com ele as mais recentes propostas dos seus criadores para a temporada Outono – Inverno. A edição “Cosy Autumn” decorre já próximo fim-de-semana. Design, moda, joalharia, ilustração, decoração são apenas algumas das sugestões que aqui encontra. Projectos de autor que marcam a diferença pela diferenciação e qualidade dos seus criadores.





Night Out Kids Free  5 de Novembro  | LisboaNight Out Kids Free

5 de Novembro | Lisboa

Usufrua de umas horas para si e deixe os seus filhos connosco em total segurança. O nosso espaço está totalmente equipado e preparado para os receber, num ambiente familiar e tranquilo.






Workshop de Mini-Hortas  6 de Novembro | CascaisWorkshop de Mini-Hortas

6 de Novembro | Cascais

Depois de uma visita guiada à horta biológica da Quinta Pedagógica Armando Villar, as famílias têm a oportunidade de construir uma mini horta com materiais reciclados que poderão levar para cuidar em casa. 

Porto




Histórias do Arco da Velha em Noites de Lua Cheia  5 de Novembro | Vila Nova de GaiHistórias do Arco da Velha em Noites de Lua Cheia

5 de Novembro | Vila Nova de Gaia

Tenham medo, muito medo!! Dia 5 de novembro, há manos papões, a irresistível Bruxa Mimi e o seu gato preto Rogério. Todos juntos numa sessão de contos que não vais querer perder! Às 16 horas, no auditório dos Bombeiros Voluntários dos Carvalhos. Histórias do Arco da Velha em Noites de Lua Cheia são enredos das criaturas que habitam o imaginário da noite. São manos papões, feiticeiras e feitiços, medos e tantas surpresas.





Oficina “Gustav KLIMT nos Pequenos Grandes Artistas”  5 de Novembro | PortoOficina “Gustav KLIMT nos Pequenos Grandes Artistas”

5 de Novembro | Porto

Grandes mestres da história da arte, em diferentes épocas e com diferentes formas de expressão, servem de referência para as obras dos pequenos artistas. Gustav Klimt, pintor simbolista austríaco que se destacou dentro do movimento art nouveau austríaco.



Oficina Oficina "Transformas" - Fórum da Maia

5 de Novembro | Porto

"Transformas" oferece um espaço de exploração escultórica para toda a família. Com recurso a um material surpreendente pela sua plasticidade e inspirados pela exposição “O regresso do Objeto: Escultura dos anos 1980 na Coleção de Serralves”, vamos criar juntos as formas que ainda não foram inventadas.



Workshop | E se Satie tivesse sido pintor?  5 de Novembro | PortoWorkshop | E se Satie tivesse sido pintor?

5 de Novembro | Porto

Venham celebrar os 150 anos do nascimento do compositor francês Erik Satie (1866-1925) com a Escola de Música Guilhermina Suggia, participando neste original workshop artístico que começa com este desafio: “E se Satie tivesse sido pintor?”. Como seria a sua famosa Gymnopédie nº 1 em cores? A artista Adélia Gonçalves propõe realizar um experiência artística divertida com crianças com mais de 5 anos. Não percam esta oportunidade de viajar entre a música e a pintura, entre os sons e as cores.





O JOGO DE MIRÓ - Com Joana D'Arte  5 de Novembro  | MatosinhosO JOGO DE MIRÓ - Com Joana D'Arte

5 de Novembro | Matosinhos

O pintor espanhol Joan Miró, quando se sentava em frente a uma tela, nunca sabia o que ia fazer. E afirmava que ninguém ficava mais surpreendido com o resultado final do que ele próprio. Nesta oficina, não vamos apenas inspirar-nos nos elementos, formas e cores usadas por Miró. Através de um jogo, vamos deixar que a “sorte” dite como vão terminar as nossas criações.



Entre Bruxas e Feitiços, Pé de Cabra e Ouriços  6 de Novembro | MatosinhosEntre Bruxas e Feitiços, Pé de Cabra e Ouriços

6 de Novembro | Matosinhos

A Bruxa Mimi e o gato preto Rogério são capazes de embarcar nas aventuras mais rocambolescas e inimagináveis. E, nesta sessão de histórias de arrepiar, vão receber a companhia do gato Leonardo, um gato preto muito solitário que passa o dia na biblioteca e que quer, a tudo o custo, encontrar uma bruxa.



Música com Dragõezinhos  6 de Novembro | PortoMúsica com Dragõezinhos

6 de Novembro | Porto

Duas sessões de concertos que se realizam na Terra do Dragão, em parceria com a Trupe Sons em Cena. No ambiente rico de "Música com Dragõezinhos", onde as histórias contadas e os sons são elementos de magia, conhecimento e sociabilização, o Indy, a Raquel e o Lipe conduzem uma experiência para todas as crianças até aos 4 anos de idade. 

5 de Novembro | Almada

O Baby Gil é já dia 5 de Novembro e está de volta com muitas actividades e novidades para bebés e crianças dos 0 aos 5 anos! No Hotel Aldeia dos Capuchos Golf & SPA (Caparica-Almada) das 9h30 às 13h30! Actividades diversificadas para fazer com o seu bebé como Yoga Baby, Yoga entre histórias, massagens terapêuticas, dançaterapia, Zumba Kids, Atelier de bolachinhas, mini cientistas, atelier dos sentidos, entre outras


Workshop Livro em Feltro Lenda S. Martinho  5 e 6 Novembro | Faro | Workshop Livro em Feltro Lenda S. Martinho

5 e 6 Novembro | Faro

Vamos criar a Lenda de São Martinho num livro pedagógico para a nossa pequenada? Este livro tem o formato um pouco maior que A4 para que possamos utilizar com as crianças, assim conseguem ver a história.



Workshop | Crianças com Perturbações do Espectro do Autismo: Identificação, Compreensão e Intervenção  5 de Novembro  | AlmadaWorkshop | Crianças com Perturbações do Espectro do Autismo: Identificação, Compreensão e Intervenção

5 de Novembro | Almada

O Workshop "Crianças com Perturbações do Espectro do Autismo: Identificação, Compreensão e Intervenção" decorre no dia 5 de Novembro no UP - Centro Infantil de Terapias & Educação.


*Informação powered by Pumpkin,pt.


2 Receitas de Papas Caseiras para vocês | Uma enfermeira em casa dos Vs

04.11.16 | Vera Dias Pinheiro

E depois da sopa, eis que se segue a introdução das papas na rotina alimentar da Laura. E após a fase de "estranhamento" inicial, a Laura come cada vez mais e melhor, porém, sem dispensar a maminha a seguir - uma espécie de segunda sobremesa, a não ser que eu tenha "fugido" de casa - sim, já aconteceu :)


alimentação complementar + receitas caseiras para bebé + papas + papa de batata doce + papa de trigo sarraceno + uma enfermeira em casa dos vs + bebé saudável


A minha preocupação nesta fase é, dentro daquilo que são também as orientações do nosso pediatra, tentar proporcionar-lhe uma alimentação o mais variada e o mais rica possível, recorrendo muito às frutas e aos legumes da época, como já vos disse anteriormente.

E, nesta fase de descoberta tanto para mim, como para a Laura - acreditem que estou a aprender muitas coisas novas com um segundo filho - têm sido importantes as orientações da nossa (querida) enfermeira Carmen Ferreira

Ora, quando falamos em papas podemos sentir-nos um pouco limitados ou até como falta de imaginação, mas acreditem que as possibilidades são vastíssimas e as combinações, às vezes, até um pouco improváveis para nós. 

No vídeo que se segue, mostro-vos duas opções para esta refeição, ambas muito simples, saborosas e nutritivas, que fazem as delícias da Laurinha. E, como vão poder ver, fazer uma papa caseira não custa nada!


Recapitulando:
  • Primeira Receita:

Ingredientes: Batata doce cozida, com maça cozida e canela.
Preparação: Misturar tudo muito bem, até obter uma consistência homogênea e, se quiserem, podem juntar leite materno.
  • Segunda Receita:

Ingredientes: Trigo Sarraceno e banana
Preparação: Lavar muito bem o trigo sarraceno e, de seguida, cozer de acordo com as instruções do pacote. No final, basta misturar tudo muito bem, juntamente com a banana e, claro, podem também adicionar um pouco de leite materno.

Ficamos à aguardar que experimentem com os vossos bebés e que nos digam se ficaram (ou não) aprovadas por eles! Combinado?


E agora já sabem:
Dúvidas que surjam, deixem nos comentários no próprio Youtube; deixem o vosso gosto - se for caso disso, claro - e, por favor, subscrevam o canal, pois só assim ficam a par das novidades em primeira mão: 

Por favor ---> Subscrevam o canal! É mesmo muito importante.

Obrigada! Para a semana estamos de volta com mais dicas para os nossos bebés.


Bom dia e uma óptima sexta-feira!


Não são os recém nascidos que dão trabalho

03.11.16 | Vera Dias Pinheiro

Para mim, o que dá mais trabalho não é o recém-nascido. Para mim, o trabalho que um filho nos dá, só vem mais tarde. 

recém-nascido + gravidez + sete meses + mãe a tempo inteiro + coisas que os filhos nos ensinam + lovetography
Credits to Lovetography

No início existe uma adaptação, às vezes, um choque de realidade. No início, é preciso tempo para conhecermos o bebé e o bebé nos conhecer a nós. É preciso tempo para nos adaptarmos fisicamente à nossa nova realidade, aprender a lidar com a privação do sono, com os horários trocados, com a ausência das nossas rotinas, em prol das rotinas do novo membro da família.

Nos primeiros meses, existe uma certa calma subjacente a tudo o que está a nossa volta, ainda que na realidade tudo esteja o caos. Mas existem os sentimentos que transbordam do nosso peito, a ocitocina, aquele amor, aquele silêncio porque há um bebé em casa, aquele cuidado por parecer tão frágil e delicado. Escutam-se todos os barulhinhos que faz enquanto dorme, observa-se tudo até ao mais ínfimo pormenor.

Os primeiros tempos são de um namoro sem fim, quase total e absoluto. As horas que passa a dormir são superiores às que passa acordado e, quando acorda, há pouco mais a fazer do que: dar de mamar/biberão, mudar a fralda e colocar para arrotar. 

Passados estes tempos de recém-nascido, de namoro e em que nós ainda estamos imbuídos por uma total e absoluta névoa de amor e de ocitocina, o próprio bebé começa a despertar aos poucos para o que o rodeia. Primeiro, começa por reconhecer apenas a mãe, o pai, os irmãos e, rapidamente, tudo o resto que está a sua volta. Começa a exigir atenção, já não se contenta com o leite para adormecer, reclama e reclama muito e não é pelas necessidades básicas como antes. Aos sete meses de Laura é cada vez mais difícil fazer alguma coisa que não tenha a ver com ela. E se não estou directamente com ela, estou a fazer alguma coisa relacionada com ela, como por exemplo, a preparar a sopa e fruta para o almoço; o lanche - e juro que não percebo como é que, neste momento, é a "lida da Laura" que deixa a nossa cozinha na maior confusão - é a roupa que se suja mais; são as coisas que acabam por ficar espalhadas, pois é cada vez mais raro conseguirmos fazer uma coisa do início ao fim, sem interrupções.

Ela não come grandes quantidades, é certo; também não são precisos muitos ingredientes, é certo; são apenas duas refeições sólidas por dia, igualmente certo - graças a Deus que o resto ainda é só amamentação - mas todos os dias, à hora de almoço e do lanche, o caos instala-se! São os pratos, as várias colheres - uma para ela, um para mim e outras para substituírem as que caem ao chão; são os babetes, é o que cai ao chão e ela que fica toda suja, porque afinal, tudo isto faz parte de uma aprendizagem; é ir a correr para a casa de banho no final, para limpá-la e, muitas vezes, trocar de roupa, mudar a fralda e o mais certo é ter que ir  dormir a seguir, mas se não for dormir, precisa de atenção e assim, num curto espaço de tempo passaram-se horas e a cozinha mantém o aspecto de quem acabou de sofrer um ataque qualquer.

Depois, seguem-se as sessões de brincadeiras intermináveis e de novos estímulos, que nos absorvem por completo, pois, a cada dia, há uma gracinha nova, uma nova habilidade que aprendem a fazer e a que nós não conseguimos resistir. Fora isto, há todo o resto da casa que é preciso ir fazendo diariamente e, agora, junta-se um outro filho!

O grande desafio - dentro deste outro grande desafio, os filhos - é conseguir encontrar tempo para nós, aquele tempo que é fundamental ao nosso equilíbrio e ao nosso bem-estar. Na minha experiência de mãe em regime de full-time - que entre todas as coisas maravilhosas que tem, acaba por nos fazer sentir a responsabilidade de termos que estar sempre presentes - a primeira vez que me ausentei foi para ir ao cinema. Fui sozinha, ao final da tarde, tinha o Vicente cerca de oito meses. Devo ter questionado mais de 100 vezes o meu marido se tinha a certeza de que ficavam bem sem mim e repetido mais de 200 vezes que podia vir a correr para casa assim que fosse preciso.
A partir daí foi ficando mais simples e mais fácil e fui voltando a aprender a saborear aqueles momentos de mulher e não de mãe, sem ter a cabeça em casa. O difícil continua a ser quando estamos em casa, com eles, conseguir conciliar tudo sem perder o tempo para nós!

P.s n.1: Um desabafo de quem já não se lembrava da quantidade de loiça que estas pessoinhas sujam quando começam a alimentação complementar. :)
P.s n.2: De referir que são fases "delicosamente" caóticas.



Pronto! Desta vez, emocionei-me!

02.11.16 | Vera Dias Pinheiro
Fiz este vídeo, editei-o e quando revi a última vez antes o publicar não consegui evitar sentir os olhos a ficarem pesados com algumas lágrimas a quererem cair. Este vídeo é sobre a Bububox dos sete meses que chegou cá a casa na semana passada... SETE meses! A primeira vez que recebemos esta querida caixinha surpresa ainda estava eu grávida e, desde então, tem sido uma autêntica companhia todos os meses e tem, de certa forma, servido para assinalar o crescimento da Laura.
Para mim, ela é ainda a minha bebé, mas na verdade, a minha bebé está a crescer de dia para dia e a tornar-se cada vez mais autónoma e cheia de personalidade. Ela já come a sopa, a papa, já se senta, vira-se, empurra-se para a frente e para trás, procura o irmão com os olhos, ri-se quando nos vê e enche a vida de todos, mas o que mais me emociona é ver como enche a vida o do seu irmão e como, para ela, o Vicente sempre fez parte da sua vida. 
irmãos + segundo filho + mãe de dois + Bububox + bebé sete meses + evolução do bebé a cada mês
 
Já vos disse que ter tomado a decisão de ter um segundo filho, foi a melhor que podia termos ter tomado?! :) Eu sei, estou a tornar-me repetitiva, no entanto, a medida que o tempo passa, a relação entre eles fica cada vez mais forte e isso, enche-me o coração! Acho que o meu passatempo preferido dos últimos tempos tem sido ficar a observar estes dois irmãos!
Surpresas da Bububox deste mês:
Para o bebé:
Livro de tecido Galt
Bolachas Biológicas da Organix
Óleo de massagem Natural Sensation da Chicco
Pack de 5 colheres de silicone da Tommee Tippee
Colheres Safari da Munchkin
Para a mãe:
Fluido de dia - acção alisante da YvesRocher
Snack de fruta da Frubis
 
 
Obrigada Bububox. Até ao próximo mês.
Bububox é uma caixa de descobertas destinadas a bebés entre um mês e os três anos de idade. Todos os meses recebem uma caixa diferente, com vários produtos cuidadosamente escolhidos a pensar no melhor para os nossos bebés/crianças - puericultura, higiene, roupa, alimentação, cosmética e jogos/brinquedos - e adequados à idade, à fase de desenvolvimento e ao sexo do bebé.
Contudo, o melhor mesmo é visitarem o site da Bububox (http://www.bububox.pt/) e descobrir todas as vantagens que estas caixinhas vos podem trazer.

O nosso Pão por Deus | Bom feriado

01.11.16 | Vera Dias Pinheiro

Cumprimos a tradição! Este ano fizemos broas cá em casa respeitando a receita antiga da avó, mas tendo um ajudante muito entusiasmado e divertido: Vicente!


tradições portuguesas + pão por deus + broas + receitas tradicionais + romã + castanhas + dia de todos os santos + avó e neto + respeitar as nossas tradições + ensinar as nossas tradições ao mais pequenos + 1 de novembro + feriado de todos os santos


Fui buscar o Vicente à escola e disse-lhe que tínhamos uma tarefa muito importante à sua espera em casa: fazer bolinhas! E para ele tudo o que envolva a palavra "bola" é, de certeza uma coisa boa. 
Não tinha comentado com a minha mãe ainda, mas ela sabe que eu adoro as broas que ela faz e que todos os anos lhe peço para as fazer, algo que ultimamente não tem acontecido. Mas acho que, desta vez, o segredo foi ela ter lido este meu post e ter a oportunidade de fazê-lo com o neto.

tradições portuguesas + pão por deus + broas + receitas tradicionais + romã + castanhas + dia de todos os santos + avó e neto + respeitar as nossas tradições + ensinar as nossas tradições ao mais pequenos + 1 de novembro + feriado de todos os santos

tradições portuguesas + pão por deus + broas + receitas tradicionais + romã + castanhas + dia de todos os santos + avó e neto + respeitar as nossas tradições + ensinar as nossas tradições ao mais pequenos + 1 de novembro + feriado de todos os santos

tradições portuguesas + pão por deus + broas + receitas tradicionais + romã + castanhas + dia de todos os santos + avó e neto + respeitar as nossas tradições + ensinar as nossas tradições ao mais pequenos + 1 de novembro + feriado de todos os santos

Às vezes, o Vicente não tem paciência e aborrece-se muito rapidamente, mas ontem não! Estava super excitado e feliz a preparar a massa para fazer as tais bolinhas do Pão por Deus. Ajudou a juntar os ingredientes, amassou a massa com a avó, fez bolinhas, mas a parte mais divertida foi a de colocar as amêndoas por cima e de passar com pincel com a gema do ovo antes de ir ao forno.

tradições portuguesas + pão por deus + broas + receitas tradicionais + romã + castanhas + dia de todos os santos + avó e neto + respeitar as nossas tradições + ensinar as nossas tradições ao mais pequenos + 1 de novembro + feriado de todos os santos

tradições portuguesas + pão por deus + broas + receitas tradicionais + romã + castanhas + dia de todos os santos + avó e neto + respeitar as nossas tradições + ensinar as nossas tradições ao mais pequenos + 1 de novembro + feriado de todos os santos


No final, sentava-se pacientemente, em frente do forno, à espera que as broas ficassem prontas. E, mesmo com a grande confusão, foi um final de dia muito divertido e até a Laura esteve super bem disposta a fazer-nos companhia. 

tradições portuguesas + pão por deus + broas + receitas tradicionais + romã + castanhas + dia de todos os santos + avó e neto + respeitar as nossas tradições + ensinar as nossas tradições ao mais pequenos + 1 de novembro + feriado de todos os santos


Hoje celebra-se o Dia Todos os Santos, voltou a ser feriado e é o dia oficial para se comer as broas, que, por sinal, estas estão deliciosas! 

Deste lado, desejamos a todos um óptimo feriado! 
Bom dia.

P.s: Acho que se pedirem muito, muito, a minha mãe é capaz de partilhar a receita com vocês! :)



Pág. 7/7