Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Do nosso fim-de-semana #16... Bom Dia!

05.09.16 | Vera Dias Pinheiro
Foi o primeiro fim-de-semana de Setembro, o último das férias - e aqui entre nós que ninguém nos ouve, ainda bem, pois, por esta altura, os nossos dias já eram vividos mais em stress do que outra coisa. Agradecemos o início da creche, agradecemos a lufada de ar fresco e também o facto de revesar-me com a escola no que toca a birras! A logística para as saídas não é fácil e, para já, o Vicente anda desencontrado da irmã (ou vice-versa), por isso, quando conseguimos, finalmente, convencer o Vicente a ficar pronto para sair de casa, começa a Laura a manifestar ou com fome ou com a fralda suja - regra geral, acontece uma das duas ou, melhor ainda, logo as duas ao mesmo tempo. Por isso, este fim-de-semana, havendo essa possibilidade, aproveitamos para fazer algumas escapadinhas somente a dois.


Aproveitamos, por exemplo, para almoçar num dos locais mais badalos do momento, o Bairro do Avillez, um espaço magnífico, com bom ambiente, decoração espectacular e, acima de tudo, com comida óptima! Podem petiscar ou podem comer refeições mais a sério - são várias as ofertas - e podem ir numa só de adultos ou fazê-lo em família. Mas têm mesmo que experimentar.

bairro do avillez + restaurante do avillez + comer bem + avillez + chef portugês + cozinha portuguesa + sítios giros para comer em lisboa

bairro do avillez + restaurante do avillez + comer bem + avillez + chef portugês + cozinha portuguesa + decaração + caixo do correio + cartas + selos + sítios giros para comer em lisboa

bairro do avillez + restaurante do avillez + comer bem + avillez + chef portugês + cozinha portuguesa + sítios giros para comer em lisboa


bairro do avillez + restaurante do avillez + comer bem + avillez + chef portugês + cozinha portuguesa + sítios giros para comer em lisboa

Bairro do Avillez
Rua Nova da Trindade
Chiado


Já em família e depois da tentativa de passar pela Feira do Livro, em Belém - cuja (enorme) fila nos fez desistir - fomos até ao Jardim da Estrela, um dos nossos jardins preferidos, onde estava a decorrer o Mercado de Crafts&Design.

jardim da estrela + mercados em lisboa + mercado de crafts&design + jardins em lisboa + passeios ao ar livre + pessoas a passear

Este mercado realiza-se sempre no primeiro fim-de-semana de cada mês (à excepção do mês de Janeiro) e serve de plataforma de divulgação de vários artísticas ligados ao design e ao artesanato.

jardim da estrela + mercados em lisboa + mercado de crafts&design + jardins em lisboa + bijouteria + artesanato + handmade
Um passeio neste jardim é sempre uma escolha segura, pois há sempre qualquer coisa a acontecer; nós levamos uma grande manta para nos sentarmos na relva; o Vicente joga à bola e tudo isto para ele representa o mundo.

jardim da estrela + jogar à bola + crianças a jogar à bola + passeios de verão + crianças felizes + correr

jardim da estrela + jogar à bola + crianças a jogar à bola + passeios de verão + crianças felizes + correr

Este fim-de-semana foi ainda dedicado aos últimos preparativos para o regresso à escola e também para descansar das férias - sim, confesso tivemos que descansar e assumo que, às vezes, é difícil acompanhar a energia do Vicente neste momento. :)


Bom Dia. Que seja uma semana muito boa para todos e que o mês de Setembro venha carregado de boas energias.

UA-69820263-1

Nunca pensei dizer isto!

04.09.16 | Vera Dias Pinheiro
Não pensava dizer isto, mas a verdade é que vou mesmo dizê-lo: Finalmente, chegou o dia de regressar à escola!

A última semana já foi muito longa, o Vicente anda com uma energia que nunca mais acaba, muitos dias sem conseguirmos que dormisse a sesta e, como tal, muitos dias com grandes birras e todos os dias com uma grande teimosia para fazer o que quer que fosse - até para sair de casa e, depois de sair, não querer voltar. Tem resposta para tudo! Quer fazer tudo - mas nada daquilo que lhe pedimos! E acorda demasiado cedo... 

Mas, para além disso, temos que andar sempre com atenção redobrada, porque a sua excitação com a irmã, levam-no a fazer-lhe coisas malucas. Passamos o dia inteiro a chamá-lo à atenção de alguma coisa, tanto que até ficamos cansados de nos ouvir a nós próprios!

"Vicente, não apertes a tua irmã!"
"Vicente, cuidado, estás em cima dela"
"Não grites, por favor, a tua irmã acabou de adormecer"
"Vicente!"
"Vicente!"
... "Vicenteeeee!"

Porém, tudo o que isto tem de extremamente cansativo, tem igualmente de divertido e faz do Vicente um companheiro a sério, com as conversas e as coisas que faz! Pergunta-nos tudo, ele está 24h a falar e com a aquela cabecinha sempre a pensar em alguma coisa - os vossos filhos também são assim uns fala-barato? - e guarda tudo, mas tudo mesmo, o que dizemos. 

Ainda assim... ainda bem que chegou o dia de voltar à escola! 

Hoje preparamos tudo o que é preciso levar amanhã: os lençóis, a muda de roupa, as bolachas e os leites - que mando como alternativa a alguns lanches da escola - e também terminamos o trabalho que nos tinha sido pedido: imprimir uma fotografia das férias para levar e contar uma história sobre a mesma. Já está tudo pronto! Pronto para amanhã voltarmos às nossas rotinas! 

E por aí?

fotografias + retratos de férias + retratos de família + regresso às aulas + regresso à escola

Parte boa deste "TPC" que nos enviaram para férias, foi que aproveitamos para imprimir logo uma série de fotografias das nossas férias. Já temos algumas molduras com fotografias renovadas e as restantes vão para um álbum. 

Boa noite! 

Desejamos um bom regresso à escola a todos os meninos e meninas e a todos os pais que amanhã têm o seu primeiro dia de escola. Vai tudo correr bem! :)


UA-69820263-1

A primeira vez que fui às compras para mim e que gostei

03.09.16 | Vera Dias Pinheiro
E eis que cinco meses após o parto, aos poucos a roupa volta a servir como antes e, gradualmente, volto a sentir vontade de ir às compras e de experimentar roupa nova. Afinal, olho para o espelho e já vejo o corpo de antes  e já me sinto bem com a roupa que visto. Para além disso, e mesmo que o verão ainda esteja para ficar muito tempo, depois de passar um outono e um inverno inteirinhos com uma barriga a crescer de dia para dia, é quase impossível não olhar para o roupeiro sem me questionar para onde foi a roupa de antes, porque a verdade é que eu não tenho nada para vestir?!

E foi um bocadinho por tudo isto e, porque Setembro tem sempre este lado de recomeço e de organização para o novo ano que vem aí, que decidi aproveitar o último dia útil de férias para ir às compras. Peguei nos miúdos e lá fomos nós para o Strada Outlet, em Odivelas, aproveitar o melhor de dois mundos: o facto de ser um centro comercial muito calmo e com pouca gente, não muito grande, com estacionamento grátis e onde é possível andar com os miúdos sem grande problema, pois sabemos que não vamos perder ali horas; e o facto de ser o primeiro dia do Stravagant Weekend com mega promoções em grandes marcas.

Para mim, foi fácil:

- Um par de calças da Salsa, modelo Skinny Fit de cintura média que andava a namorar há muito tempo - e para dar aquela ajuda a afinar a silhueta mas, na verdade, é como me sinto mais confortável.


- Uma saia em napa, pelo joelho, justa, que encontrei na Mango. Andava à procura de uma idêntica em preto, mas esta cor convenceu-me logo, pois a saia é mesmo super confortável - aproveitei e comprei uma malha para fazer conjunto.




- Bijuteria nunca é demais e estas pulseiras também da Mango ficam tão bonitinhas no pulso, não acham?




Mas, depois, percebes que és definitivamente uma MÃE quando a tua tendência é olhar sempre para as lojas de criança e acabas por não resistir e trazer alguma coisa para eles, ainda que a ideia fosse fazer apenas compras para ti.

Para o Vicente:

- Uns crocs para a natação da loja MSC (Mob Crew Store), escolhidos pelo próprio, como é obvio!


- E para a Laurinha, um conjunto já a pensar na meia estação, da Zara Kids, pois, após um verão ser termos comprado praticamente nada para ela, agora vai ser preciso voltar a fazer um pequeno investimento no seu guarda-roupa.



E, pronto, foram assim as nossas duas horas de compras no primeiro dia do Stravagant Weekend do Strada Outlet. Hoje o Vicente já levou os seus crocs novos para a sua primeira aula de natação dos crescidos, enquanto eu e Laurinha ansiamos já por uns dias mais frescos.


É, sem dúvida, uma experiência para repetir! Principalmente para quem poupar algum dinheiro e, ao mesmo tempo, fazer boas compras.

E não se esqueçam, têm ainda o dia de hoje e o de amanhã para passar por lá. Aproveitem!

Bom dia!


UA-69820263-1

(Aos pais) A primeira vez na creche!

02.09.16 | Vera Dias Pinheiro

Engravidamos, vamos criando laços com aquele bebé que ainda não conhecemos, passamos pelo parto, temos o nosso filho nos braços e, a partir daí, é aquele enamoramento que se sabe, dia após dia, sempre em crescendo e cada vez mais envolvidos.

A entrada na creche - muitas vezes, ainda no berçário - vem cortar radicalmente com isso, os pais começam a sentir-se ansiosos com o desconhecido, com o facto de terem um estranho a cuidar do seu bebé - e pior que isso, será que essa pessoa vai lhe dar aquele conforto que precisa para dormir? Será que no meio dos outros, não será apenas mais um? Muitas vezes, o drama prende-se com estas questões e não tanto com o regresso ao trabalho - muitas vezes, esse regresso significa uma lufada de ar fresco e um recuperar do espaço (da mãe) que entretanto, foi completamente absorvido pelo do bebé.

Quem nos acompanha desde o início, sabe que o Vicente ficou em casa comigo até aos dois anos e dois meses e na altura em que decidimos que ele tinha mesmo que ir para a creche, foi porque eu tinha chegado ao meu limite, sentia que a partir daquele momento já não iria desempenhar o meu papel de mãe a tempo inteiro, mega dedicada a ele, da mesma forma. Precisava de ter o meu espaço e voltar a aprender a ser também a Vera e não apenas a mãe - acreditem que desaprendemos a ser nós próprias, quando nos dedicamos a 200% a uma criança.

No primeiro dia de creche, eu estava completamente decidida e segura, não tinha receio nem estava ansiosa, só não estava preparada para vê-lo a chorar baba e ranho durante a primeira semana. Ninguém fica em paz ao ver o seu filho desesperado a achar que está a ser abandonado e  a tendência será não o deixar assim; ficar o mais tempo possível; acompanhá-lo à sala; esperar; olhar pela janela.... Mas não! decidi que tínhamos que fazer as coisas o mais natural possível: despedir, dizer que o amo e que o vou buscar a seguir ao lanche. E, no fim, com um sorriso na cara, digo-lhe para brincar muito com os seus amigos. Ainda que do outro lado, esteja o Vicente lavado em lágrimas! Também não ligo para a creche, sei que se for preciso entram em contacto comigo e assim, deixo de me sentir tão ansiosa, as horas vão passando, o telefone não toca e quando dou por mim, já são horas de o ir buscar. 

Na segunda creche, já era possível explicar-lhe melhor tudo o que estava a acontecer, no primeiro dia aguentou e não chorou e, quando o fui buscar, disse-me que estava feliz. Na próxima segunda-feira, começa mais um ano lectivo, uma nova escola, uma nova educadora, mas os mesmos amigos e hoje já me disse que tinha saudades deles. Acho que vai correr bem, eu sei que vai estar bem e que vão cuidar bem dele... afinal, a ida para a creche é uma coisa natural e para as crianças será como os pais assim o determinarem.

Conselhos para os pais que deixam os filhos pela primeira vez na creche: (in DN, Pais tranquilos e despedidas curtas facilitam entrada na creche, 01/09/2016)

1. A ansiedade dos pais é o maior entrave;
2. Pais tranquilos e despedidas rápidas tornam o processo menos doloroso;
3. São sobretudo os pais que têm que se adaptar à entrada na creche;
4. A ida para a creche é um processo natural! 

Ficam estas dicas para quem, tal como nós, tem filhos a começar o ano lectivo na próxima segunda-feira. Dicas para reflectirem e se mentalizarem durante o fim-de-semana. :)

P.s: Se for preciso, repitam estes 4 pontos para vocês mesmo as vezes que forem precisas quando quando chegar o momento, estarem o mais confiantes possível.  

Boa noite! 


UA-69820263-1

Vencedor | Stravagant Weekend - Strada Outlet

02.09.16 | Vera Dias Pinheiro
Bom dia!

Hoje começa o Stravagant Weekend, no Strada Outlet, vão ser três dias de grandes descontos, uma óptima oportunidade para prepararem o novo ano sem terem um grande choque nas vossas carteiras, sobretudo, após o período das férias grandes de verão. E nós também já temos o vencedor do nosso passatempo, que vai receber um cartão presente com 50 euros em compras para fazer neste centro comercial.

Mas antes de anunciar, queremos agradecer a TODOS os que participaram, no entanto, só podemos ter um vencedor... ou será uma vencedora?! hummm???!!!!! :)

strada outlet + stravagant weekend + descontos + compras + roupa + bons descontos + passatempos online


Márcia Cristina Marques Ferraz, muitos parabéns, pois é a nossa vencedora, são 50 euros para gastar em qualquer loja do Strada Outlet.

Atenção: não se esqueça que tem que levantar o seu cartão no Balcão de Informações deste Centro Comercial, entre as 12h e as 20h e a identificação será feita pelo seu número de contribuinte. Combinado?

Boas compras! :)












*Os resultados foram obtidos de forma aleatória através do Random.org.



UA-69820263-1

Como se recupera verdadeiramente a barriga após a gravidez?

01.09.16 | Vera Dias Pinheiro
Em nenhum dos meus pós-parto fiz uma avaliação do períneo, na primeira vez (ingenuamente) achei que tal não era necessário no caso da cesariana, no segundo pós-parto, confiei na análise do meu obstetra na consulta para ter a alta médica. Em ambos os casos, não fui preguiçosa, nem esperei muito para começar a minha recuperação. Da primeira vez, comecei pela ginástica mesmo de pós-parto, a condição física era outra e, por isso, achei por bem fazer os primeiros meses num centro especializado neste tipo de recuperação. Nesta segunda gravidez, como sabem treino acompanhada por um personal trainer - o Sérgio Penajoia - que não me deixa fazer loucuras.

No entanto, após o meu primeiro parto e, ao longo destes três anos, fui guardando queixas, incómodos que associei sempre ao cansaço; à privação do sono; a não ter tempo para me alimentar bem, etc, etc... ou seja, fui tentado encontrar explicações e soluções, sem nunca ter verdadeiramente conseguido ultrapassar esses tais incómodos, essa tais queixas. Mais tarde, procurei nutricionistas, mudei algumas vezes, na esperança de encontrar AQUELE que me iria realmente ajudar, encontrei formas de conseguir praticar exercício físico a sério e praticamente todos os dias. Porém, todas as partes do meu corpo correspondiam aos estímulos, menos a minha barriga, aliás posso dizer-vos que havia sempre uma bola, um inchaço e um desconforto que não conseguia atenuar nem por nada e, se houve alturas em que estive um pouco mais magra do que deveria estar, era sempre na esperança de tentar reduzir aquela massa. E não vos estou a falar de uma coisa puramente estética, internamente sentia que algo não estava bem, mas fui deixando andar, nas esperança de um dia encontrar a solução!

Hoje, tive o privilégio de estar - por outros motivos que mais tarde irei revelar - com duas profissionais de saúde, cujo parte do seu trabalho é acompanhar mulheres no pós-parto. A Soraia Coelho, fisioterapeuta com especialidade em uroginecologia, faz entre outras coisas, avaliações do pavimento pélvico após o parto e a Eunice Moura, Personal Trainer, especialista em Low Pressure Fitness e autora do livro Barriga Lisa - sim, é possível!!! - que entre outras coisas,  ajuda as mulheres a recuperar a sua postura e também ensina o famoso método hipopressivo.

Contei-lhes um pouco da minha história e dos meus pós-parto, pediram para ver a minha cicatriz, avaliaram na hora - muito superficialmente - o estado da minha barriga e percebemos que o facto de não ter tratado da minha cicatriz de forma adequada - por falta de informação - após o parto, fez que ao longo destes anos, tenha vivido sempre com uma enorme tensão e um inchaço "fora do normal", o que também explica todas as minhas outras queixas. Para já, não vos posso adiantar muito mais, para a semana irei perceber concretamente o que se passa e o que se segue. Porém, sei que tenho muito trabalho pela frente para reverter a situação o mais possível.

Regressei a casa a pensar que não podemos subvalorizar, de forma alguma, o esforço que um parto - seja ele qual for - exige do corpo de uma mulher e que a recuperação do seu corpo deve começar, em primeiro lugar, de dentro para fora! 



Boa noite!


UA-69820263-1

As regras do Baby Led Weaning | Uma enfermeira em casa dos Vs (Ep.5)

01.09.16 | Vera Dias Pinheiro

E hoje - como já é hábito - temos um novo episódio de "Uma enfermeira em casa dos Vs", no qual a enfermeira Carmen Ferreira nos explica quais são as regras básicas que devemos ter em consideração na alimentação do nosso bebé, seja a tradicional ou não; e, de seguida, aprendemos finalmente como preparar os alimentos - de uma forma segura - no Baby Led Weaning, para que o bebé possa fazer explorar os alimentos em total segurança. 


Espero que gostem e que estejam agora um pouco mais confiantes em relação a este método do Baby Led Weaning.

Dúvidas que surjam, deixem nos comentários no próprio youtube; deixem o vosso gosto - se for caso disso, claro - e, por favor, subscrevam o canal, pois só assim ficam a par das novidades em primeira mão: 


Obrigada! Para a semana há mais :)

Bom dia.


Episódios anteriores:




Nota: A ideia deste projecto, os conteúdos, a preparação dos episódios, a filmagem, a edição e tudo mais, é da nossa total responsabilidade, mas como amadoras que somos nesta área, ainda temos muito para aprender. Por isso, desculpem-nos se nem sempre a qualidade corresponde à esperada desse lado. Já agora, se estiver por aí alguém que perceba do assunto e com disponibilidade para nós ajudar, não se acanhem e entrem em contacto connosco! Será uma ajuda preciosa.
MAS estamos a melhorar e estamos muito empenhadas nesta série e como muitas novidades para vos trazer ao longo dos próximos episódios. :)


UA-69820263-1

Pág. 7/7