Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

O resumo das nossas férias no paraíso

16.08.16 | Vera Dias Pinheiro

As férias fora de casa acabaram! Passamos um ano inteiro à espera destes sete dias no paraíso e depois, passam num ápice!Para quem tem perguntado sobre o local onde estivemos de férias, o hotel chamam-se Vidamar Resorts, nos Salgados - já vos falei dele neste post - e é terceira vez que passamos lá férias e para já não pensamos em mudar. Com as nossas rotinas e na fase de vida em que nos encontramos, o Vidamar Resorts proporciona-nos todo o conforto e tranquilidade que podemos desejar, mesmo com filhos - sim, porque ali o vosso nível de stress vai depender unica e exclusivamente do estado de espírito dos vossos filhos.


vidamar + vidamar resorts + praia dos salgados + algarve + hotéis de famílias + passar férias em família no algarve + sobreviver às férias com filhos + verão + piscina


vidamar + vidamar resorts + gap + mochila de praia com rede + uriage + praia dos salgados + algarve + hotéis de famílias + passar férias em família no algarve + sobreviver às férias com filhos + verão + piscina

Para primeiras férias a quatro, pode-se dizer que as coisas correram bem e acho que parte disse se deve ao facto de terem sido eles a ditarem as nossas rotinas, nomeadamente a hora para comer e para dormir. Não tivemos birras anormais - a não ser na hora de ir para a praia e quando chegava à hora da sesta - e a Laura, dadas as circunstâncias, esteve bem. Custou-me que à noite, quando já estava a dormir, tivesse que estar no ovo, enquanto jantávamos, mas tirando isso só posso dizer que ela se adapta muito bem - mas temos que agradecer também ao passeio de calçada e ao passadiço de madeira pela ajuda que nos deram nos momentos mais críticos para a adormecer.


Claro que, da nossa parte, houve um cansaço (físico) maior, foram dias non-stop sem pausas - ora com um ora com o outro - pois, ainda para mais, não houve sestas "aos pares". Não apanhei sol praticamente nenhum, pouco fui à praia e não consegui começar a ler o livro que ingenuamente levei comigo, mas, por outro lado, deitei-me mais cedo do que normalmente me deito e isso ajudou na hora de acordar no dia seguinte. Houve igualmente momentos de maior tensão entre mim e meu marido, quando um de nós pensava que ia poder descansar só cinco minutos e afinal, havia mais alguma coisa para fazer e, nesses momentos, não conseguimos controlar aquele nosso lado mais "egoísta" - afinal, somos mães e pais, mas não somos máquinas.


vidamar + vidamar resorts + primeiro verão do bebé + bebé na praia + pé na areia + praia dos salgados + algarve + hotéis de famílias + passar férias em família no algarve + sobreviver às férias com filhos + verão + piscina
vidamar + vidamar resorts + primeiro verão pós parto + recuperação pós parto + praia dos salgados + algarve + hotéis de famílias + passar férias em família no algarve + sobreviver às férias com filhos + verão + piscina
vidamar + vidamar resorts + mãe e filho na piscina + brincadeiras na piscina + praia dos salgados + algarve + hotéis de famílias + passar férias em família no algarve + sobreviver às férias com filhos + verão + piscina
vidamar + vidamar resorts + praia dos salgados + algarve + hotéis de famílias + passar férias em família no algarve + sobreviver às férias com filhos + verão + piscina
vidamar + vidamar resorts + mãe e filho na piscina + brincadeiras na piscina + praia dos salgados + algarve + hotéis de famílias + passar férias em família no algarve + sobreviver às férias com filhos + verão + piscina
vidamar + vidamar resorts + mãe e filho na piscina + brincadeiras na piscina + praia dos salgados + algarve + hotéis de famílias + passar férias em família no algarve + sobreviver às férias com filhos + verão + piscina
Praia dos Salgados, Algarve

No regresso a casa, a confusão é maior e a velocidade a que consigo desafazer malas, tratar de roupas e tudo mais é muito menor, e eu só daquelas pessoas que só descansa realmente no regresso a casa, quando olha à sua volta e vê tudo no lugar de novo. Mas foram dias cheios, vi o Vicente feliz, vi a Laura ávida de ver e observar coisas, a viver o seu primeiro verão e vi os dois em momentos de ternura que me enchem o coração. Tive também uma pausa nas tarefas de casa, não pensei em refeições e em arrumações e tive direito a ver o pôr-do-sol . E, como nós mães gostamos tanto de dizer "fui tudo por uma boa causa, a melhor de todas!". 


É verdade, sem dúvida, que foi! Não consigo imaginar a minha vida sem filhos, sem os meus filhos. No entanto, também é verdade que já penso quando será possível voltar a fazer uma escapadinha sem eles, sem horários pré-estabelecidos e sem rotinas - acho que parte da nossa "boa" sanidade enquanto pais passa também por ter os seus momentos de liberdade e de independência.


Agora vamos aproveitar para desfrutar da tranquilidade que é andar em Lisboa durante o mês de Agosto.


Boa noite!


 </p>

Guerra dos sexos (mas não tanto)

16.08.16 | Vera Dias Pinheiro

Nesta família existem meninos e meninas e, depois, há um menino que acaba por preferir ficar sempre do lado das meninas.


Aos três anos e meio, o Vicente é uma autêntica caixinha de surpresas que nos surpreende a toda a hora com as saídas mais geniais de sempre, conversas e raciocínios muito próprios e que nos deixam, muitas vezes, sem resposta - às vezes, até tenho que lhe pedir que repita o que acabou de dizer. Obviamente que a entrada da irmã na sua (e na nossa) vida tem sido o motivo para muitas das suas conversas e das suas preocupações. E, felizmente, são mais as vezes que choramos a rir com ele do que as vezes que choramos de nervos.

Uma das situações mais engraçadas que aconteceu até hoje foi o dia em que o Vicente se lembrou de nos classificar, cá em casa, por género. Depois dos primeiros meses a familiarizar-se com a presença da mana e a conversar comigo sobre as diferenças físicas entre os dois - o que o levou, por conseguinte, a comparar a irmã com a mãe e ele com o pai - chegou o dia em que para ele a casa se dividiu entre meninas e meninos! E tudo começou num dia normal como tantos outros, em que eu saio do carro com a irmã e pergunto-lhe se ele quer vir comigo e com a Laura ou se prefere ir com o pai ao supermercado. Pergunta à qual, ele responde com toda a calma e naturalidade possíveis: 
- "Não, mãe! As meninas vão para casa e os meninos vão ao supermercado!"
Eu acho até que, naquele momento, tive que parar uns instantes para digerir a informação. Mas, desde esse dia, que é "o que andam a fazer as meninas?"; meninas para aqui; meninos para acolá; meninas para isto e meninos para aquilo.
No entanto, e como bom menino da mamã que este menino é, ele usa esse argumento mais vezes para fazer parte do grupo da meninas que o contrário, sempre com o pretexto de "vou ver das meninas, pai!"

Géneros à parte, esta fase do Vicente tem me mostrado como é importante dar-lhe liberdade e espaço para que ele seja ele próprio e que se vá descobrindo a si mesmo. Como? Dando confiança e, sobretudo, escutando e dando importância às coisas que tem para dizer.

#OQueÉGenuínoSabeMelhor

o que é genuíno sabe melhor + queijo limiano fatias + família + momentos em família + lanche + casa + decoração + limiano

o que é genuíno sabe melhor + queijo limiano fatias + família + momentos em família + lanche + casa + decoração + limiano

o que é genuíno sabe melhor + queijo limiano fatias + família + momentos em família + lanche + casa + decoração + limiano

o que é genuíno sabe melhor + queijo limiano fatias + família + momentos em família + lanche + casa + decoração + limiano

o que é genuíno sabe melhor + queijo limiano fatias + família + momentos em família + lanche + casa + decoração + limiano


O Queijo Limiano convida as famílias portuguesas a participarem no passatempo "Fim-de-semana em família" no qual poderão participar com a partilha das vossas histórias de família mais engraçadas e juntando uma fotografia criativa. Descubram como participar na página de Facebook do Queijo Limiano (https://www.facebook.com/limiano/?fref=ts).


Bom Dia!