Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

E as primeiras férias?

28.06.16 | Vera Dias Pinheiro
Que idade tinham os vossos filhos quando fizeram férias pela primeira vez? 

O Vicente tinha quase sete meses, nessa altura, já se sentava, já tínhamos feito a introdução aos sólidos, já brincava... por isso, embora pequenino, foram já umas férias a sério. Tinha inclusivamente uma toalha só dele e vestia os seus primeiros calções de banho.
A Laura fará as suas primeiras férias com quatro meses e havendo bom senso, não acho que seja muito cedo, tendo em conta que também tem um irmão mais velho, a quem eu não gostava nada de privar de passar uns dias na praia. Porém, acho que ela não irá usufruir nada desta primeira experiência, Por isso, ainda ando a ponderar qual será melhor outfit para a praia, se uma roupa confortável e fresca, ou se valerá a pena vesti-la já a rigor. Sendo tão pequena, é certo que vai passar todo o tempo à sombra, vestida e protegida do sol - o que até nem é mau, dado que neste universo de meninas, é preciso resistir muitooooooo para não se perder a cabeça. Mas no próximo ano, já a estou a imaginar de fato de banho ou cuequinha, igual ao irmão, claro, a comer areia e a correr atrás dele.

Mas como os últimos dias têm estado quentes e a convidar-nos a um (ou mais) mergulhos, eu já só penso nas férias e em fazer malas. Por isso, deixo-vos com alguns looks, todos eles inspirados nas colecções de praia de menina e de praia de menino da La Redoute. Para elas, a inspiração veio de um fruto que me para mim, é o ex-libris desta época e, para eles, de um dos seus brinquedos preferidos e que personifica algumas das coisas que mais gostam de fazer: correr em liberdade!
melancia fruta do verão + la redoute + fatos de banhos de meninas + roupas de verão + lookbook meninas + primeiras férias com um bebé + o que levar para a praia + roupa gira para meninas + férias + verão + calor + ir à praia é divertido




Viva o Verão!



*Texto escrito em parceria com a marca.


A minha modelo preferida #1

27.06.16 | Vera Dias Pinheiro
Quando se teima em vencer o sono e, por mais que tentemos, não se passam das sestas de quinze minutos, eu aproveito para colocar em prática o pouco que sei de fotografia com a minha modelo preferida - sem esquecer que tenho o meu outro modelo preferido. 

roupa para criança + marca de roupa francesa 3 pommes + 3 pommes + roupa confortável para crianças + roupa dos 0 aos 12 anos + macacão de ganga para meninas + momentos entre mãe e filha + fotografia + companhia das soluções

roupa para criança + marca de roupa francesa 3 pommes + 3 pommes + roupa confortável para crianças + roupa dos 0 aos 12 anos + macacão de ganga para meninas + momentos entre mãe e filha + fotografia + companhia das soluções

Desta vez, aproveitei que tínhamos roupa nova - este macacão amoroso em ganga da 3POMMES - no armário por estrear, vesti-a e depois, é só deixá-la explorar tudo aquilo que já gosta de fazer: esticar-se, meter as mãos na boca, rir, também gosta de fazer caretas... e assim ficamos um bom bocado, até chegar uma nova birrinha de sono e eu, cheia de confiança, pelo menos, volto a tentar que adormeça - nem sempre tenho sorte, mas o pensamento é sempre o mesmo: ela está tão cansada que vai ter que acabar por adormecer!

roupa para criança + marca de roupa francesa 3 pommes + 3 pommes + roupa confortável para crianças + roupa dos 0 aos 12 anos + macacão de ganga para meninas + momentos entre mãe e filha + fotografia + companhia das soluções



roupa para criança + marca de roupa francesa 3 pommes + 3 pommes + roupa confortável para crianças + roupa dos 0 aos 12 anos + macacão de ganga para meninas + momentos entre mãe e filha + fotografia + companhia das soluções

roupa para criança + marca de roupa francesa 3 pommes + 3 pommes + roupa confortável para crianças + roupa dos 0 aos 12 anos + macacão de ganga para meninas + momentos entre mãe e filha + fotografia + companhia das soluções


A 3POMMES é uma marca de roupa francesa para crianças entre os 0 e os 12 anos, que eu adorei descobrir e conhecer um pouco melhor. Como mãe, adepta de um estilo o mais confortável possível para o dia-a-dia, que permita que as crianças possam, a cada etapa, descobrir-se a elas própria e ao que as rodeia de forma livre e descontraída, esta marca, para além do conforto, prima por ser contemporânea, divertida e por tornar o dia-a-dia dos mais pequenos o mais fácil possível.

E agora que estamos em época de saldos, este pode ser o momento ideal para descobrir esta marca e, por que não, a sua colecção de verão que está cheia de artigos bem giros tanto para elas como para eles.

Colaborações | Novidades a caminho: Psicóloga Tatiana Louro

27.06.16 | Vera Dias Pinheiro

O verão abriu portas a uma nova colaboração aqui no blog com a Tatiana Louro, Psicóloga Clínica, Especialista e Mestre em Psiquiatria e Saúde Mental, Técnica especialista em Neurodesenvolvimento da Rede Diferenças, colaboradora do Mãe me Quer, mãe de dois lindos rapazes e apaixonada pela vida. Podem encontrá-la igualmente no seu blog Eu, eles, nós e vocês e em 5 Sentidos, Espaço de Reabilitação e Intervenção Psicoeducacional, Lda.


tatiana louro + psicologia para crianças + educação parental + dicas sobre psicologia para crianças e adolescentes + psicóloga clínica
Assim, a partir de agora, a Tatiana Louro junta-se à nossa Enfermeira Carmen Ferreira, com a partilha de artigos relacionados com a psicologia para crianças, adolescentes e, por que não, também para adultos. O objectivo, esse é sempre e apenas um: que posamos tirar um maior partido de tudo o que se partilha por aqui, e que possamos encontrar alguns conselhos e dicas fáceis de adaptar no nosso dia-a-dia.
Bem-vinda Às viagens dos Vs, Tatiana!

Do nosso fim-de-semana... Bom Dia!

27.06.16 | Vera Dias Pinheiro
passeios por lisboa + actividades em família + sugestões para o fim-de-semana + cerâmicas na linha + tuk tuk + 3 pommes

Contrariamente ao que tem acontecido nos últimos fins-de-semana, este que passou foi bem mais calmo e tranquilo. E estranhamente, quando chegou o domingo à noite, já com os dois a dormir, e a casa naquele silêncio tão desejado, sentia-me muito mais cansada do que nos fins-de-semana que andamos de um lado para o outro.
No sábado, enquanto o pai levou o Vicente à natação, eu aproveitei para passar pelo Mercadito da Carlota de Verão, em Algés, onde muitas marcas estiveram com as suas peças a preço de saldo. E, depois da difícil tarefa de conseguir estacionar, a outra difícil tarefa era a de conseguir ver alguma coisa. No entanto, consegui fazer o que queria, comprar uma mochila na Pêra Doce, impermeável e super confortável e, sem querer, comprei um macacão da Alperce, super barato, que vou aproveitar para usar num baptizado, pois adapta-se perfeitamente a esta fase da amamentação (depois mostro-vos como é). De tarde, depois das sestas, demos um passeio aqui pelo nosso bairro que esteve em festa até ontem, lanchamos e terminamos o dia, em grande euforia, a festejar a vitória da nossa selecção!
Já o domingo foi passado quase todo por casa, começamos o dia a fazer panquecas, almoçamos por casa, despedimo-nos da avó, que estava de partida para a sua casa e os manos fizeram a sua primeira sesta juntos no mesmo quarto. Despachamo-nos e quando acordaram, saímos para dar uma volta no Chiado, o único dia mais tranquilo do fim-de-semana para se poder passear por ali. Lanchamos na Tartine, de que tanto gostamos e eu aproveitei ainda para passar por uma das minhas lojas preferidas, a Cerâmicas na Linha, Quando regressamos já era tempo de começar com as rotinas dos banhos, jantares, preparar a mochila para a escola, etc... etc... 
Para o Vicente, um fim-de-semana passado em casa é o sonho dele, pois pode passar horas nas suas brincadeiras, embora depois de sair de casa, ele goste e se divirta. Já eu não gosto de chegar ao final do fim-de-semana com esta sensação de cansaço que me faz logo começar a semana com o síndrome de "segundite aguda". Acho que vi demasiadas fotografias de praias, piscinas e mergulhos durante estes dois dias e isso deve ter-me deixado "deprimida" e com (ainda mais) vontade de ter um (apenas um) dia de praia a sério! 

Mas já é segunda-feira, não é?... Bom Dia!


Vicente, vamos à rua?

26.06.16 | Vera Dias Pinheiro
fim-de-semana com crianças + rotinas com crianças + passeios + menino a brincar na piscina + férias de verão + tróia + tróia beach club + tróia resort

Durante a semana, tenho a consciência que temos muita sorte, em especial o Vicente, porque é preciso haver um motivo muito forte para que ele fique na creche depois das 16h30. Alguns dias até o vou buscar mais cedo, quando decido fazermos um programa diferente ou, simplesmente, quando estou a morrer de saudades dele - algo que acontece muito desde que a irmã nasceu. Mas ainda assim, quando chega o fim-de-semana, é preciso quase suborná-lo para sairmos de casa, pois por ele passava o dia a brincar com as suas coisas: começa logo cedo com os carros; depois com os bonecos da patrulha pata, a quem se juntou agora a "Dory" e, depois, os jogos ou então, parte à descoberta dos brinquedos mais escondidos e, por ele ficava assim horas: entretido... e feliz! 

Já eu, gosto de o levar para a rua e acho que ele precisa, pois, com muita pena minha, é algo que lhe falta durante a semana, pois a creche não tem propriamente um espaço ao ar livre. Acho importante que ele corra, pule e salte livremente e, claro, que se canse. E ele também gosta de sair e diverte-se, mas quem lhe tira o seu tempo com as suas coisas, tira-lhe tudo! Muitas vezes, levas uma "catrefada" de coisas atrás, pois já que não fica em casa, pelo menos que a "casa" vá com ele! :)

Por aí, também há meninos caseiros, que gostam de ficar em casa no meio das suas coisinhas?