Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Crianças | O melhor remédio para combater estes dias cinzentos!

07.01.16 | Vera Dias Pinheiro
O ano começou e trouxe, entre outras coisas, o Inverno que até hoje praticamente não tínhamos conhecido: dias escuros e cinzentos, muita chuva e muito vento. Sair de casa com os miúdos é uma autêntica aventura para evitar que apanhem o mínimo de frio possível, pois sabemos que juntamente com tudo isto, aparecem ainda os virús e as constipações!

Mas se não podemos alterar o estado do tempo, podemos, pelo contrário, mudar a nossa atitude perante ele. Como? Com muita cor, cores alegres, que nos transmitem coisas boas e que nos deixem bem dispostos. A Bóboli é uma marca de roupa de criança que aposta numa colecção de kispos de que são tudo menos aborrecidos.

Os padrões coloridos são, pois, a grande aposta desta marca, para além dos tecidos resistentes e bem quentinhos. Aqui ficam algumas sugestões:

Para o menino:


moda infantil + kispos + roupa para a chuva + crianças + Bóboli + para rapaz


E para a menina:


moda infantil + kispos + roupa para a chuva + crianças + Bóboli + para menina


*Os preços variam entre 36,90 e os 64,90€


E, assim, dizemos um grande: XÔ CHUVA!!!


Os Vs | A minha filha é linda e é parecida com o irmão!

07.01.16 | Vera Dias Pinheiro

ecografia emocional a 4D + ECOX4D + ECOX4D Lisboa + gravidez + vida do beb+e barriga da mãe

Ontem tive a oportunidade de fazer uma viagem única e inesquecíveldentro de mim. Tive a oportunidade de conhecer o bebé que trago no meu ventree, naquele momento, a única coisa que eu desejava era apenas e tão somenteobservar esta pequenina.... Mais do que perceber parecenças ou feições, eu sóqueria mesmo ficar ali a observá-la!

Esta segunda gravidez tem sido, sem dúvida, uma descoberta de novas ediferentes emoções. Toda a gente diz que à segunda ficamos muito maistranquilas e despreocupadas e isso até pode ser verdade, pois houve dias em queeu própria me esqueci que estava grávida. Porém, aquilo que eu também sinto émais ansiedade, mais preocupação em saber se ela está bem. Talvez por nãoconseguir dedicar-lhe tempo em exclusivo - comofiz da primeira vez - talvezpor ser tudo muito mais apressado e rápido. Por exemplo, desta vez, leveimuito, mas muito, mais tempo a ter a minha explosão de alegria por saber queestava grávida - só mesmoquando fiz a morfológica é que acho que consegui relaxar (um pouco).

Mas ontem o dia foi especial, apaziguador e muito emotivo, tudo graças aocentro ECOX4D, o primeiro centroespecialista em imagem 4D Pré-Natal de Portugal. Existem cinco centros ECOX4D no nosso país e nós visitamos o da Expo, onde fomos recebidos comtoda a simpatia (e paciência) que possam imaginar. 

Esta princesinha levou algum tempo a deixar-se mostrar, contudo ali nada sepassa com pressa, a Susana,a responsável que esteve connosco e que nos fez a ecografia, teve toda apaciência do mundo: chamou por ela; deu-me um sumo docinho para beber; pediu-mepara virar de lado; enfim, o tempo em que ali estivemos era para aquele bebé - que sabia que estavam ali uns"intrusos" curiosos a querer perturbar o seu descanso. Mas,aos poucos, lá fomos conseguindo descobrir, entre os pés e as mãos que lhetapavam a cara; fomos descobrindo cada pormenor da sua carinha: e ela sorriu;ela abria a boca e depois os olhos; ela bocejava.... Ela enamorou-me econquistou-me de vez. E é perfeitinha - contei-lheos dedos das mãos e dos pés tantas vezes - e linda!É tão linda e tão parecida com o seu irmão.

Poder ver a vida do nosso bebé antes dele nascer e conseguir, aomesmo tempo, chegar tão perto dele é, sem dúvida, uma experiência única. E nos centros ECOX4D podem contar com: a tecnologiamais avançada nesta área; os profissionais com formação especializada; e oambiente tranquilo e acolhedor que proporcionam à futura mamã e aos seusacompanhantes e que lhes permite conhecerem e desfrutarem do seu bebé sempressas e em tempo real.

Nós decidimos ir apenas os três e foi bom assim: menos ansiedade para mim e,logo, para o bebé, e menos excitação para o Vicente, que ainda assim, achoque foi um pouco difícil para ele digerir o que se estava ali a passar.Se, por um lado, estava contente por ver a mana, à medida que percebeu que SÓestávamos a ver a mana e a não lhe dar atenção que ele queria, foi complicadomantê-lo sossegado na sala e, no final, até já me pedia para se ir embora, ao mesmotempo que me empurrava para a porta.

À saída, quando nos despedíamos da Susana, eu disse-lhe que de certeza que, aofinal de um dia de trabalho, chegavam a casa de coração cheio por terem feitoparte destes momentos únicos na vida de quem está a descobrir amaternidade/paternidade. Ela sorriu e disse-me que sim, mas que também haviamdias menos bons, sobretudo quando as expectativas - muito elevadas - dos pais que ali chegam não sãocorrespondidas, ou porque o bebé não se deixou ver ou, então, porque não semostrou como eles tinham idealizado. Nessas alturas, é-lhes difícil e, porvezes, triste, ver a desilusão de algumas mães e pais.

Eu vim para casa de coração cheio, por saber que ela está bem, que sorriu e,por isso, acredito que deve andar feliz na sua vida uterina e porque, a nuvemque pairava sobre mim com esta história de ter uma menina começa aos poucos ase desvanecer para dar lugar a toda a alegria da descoberta de um mundo novo: odas raparigas!

No final da ecografia, é-nosentregue um DVD com todas as fotografias que foram sendotiradas ao longo da mesma e, para além disso, ainda trazemos connosco um postalA5 com uma fotografia ao nosso gosto, assim como um outro postalA5 com uma composição de 5 ou de 7 fotografias, igualmente escolhidas pornós.

Ao centro ECOX4D só tenho que agradecer estaoportunidade. Foi graças a vocês que podemos sentir e viver todas estasemoções. Obrigada!

Para os interessados, aqui ficam os contactos:




Centro ECOX4D
http://ecox4d.pt/
Ecox4d Lisboa - Morada: Rua da Nau Catrineta, 3 - Parque das Nações
Contacto: 21 796 0548