Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Home sweet home [de novo em Bruxelas]

08.01.14 | Vera Dias Pinheiro
Apesar de morarmos em Bruxelas a verdade é que acabamos por ter sempre duas casas: uma aqui e uma em Lisboa. Aqui, é a nossa casa de verdade, com tudo aquilo que precisamos e onde o Vicente tem o seu espaço, que se vai adaptando ao seu crescimento. Em Lisboa, onde estamos em alturas de férias, é a nossa casa também, mas, de cada vez que vamos lá, vai-se tornando cada vez mais impessoal. Talvez seja o facto de que, enquanto lá estamos, as malas acabam por estar sempre no nossa campo de visão, porque, apesar de ser a nossa casa, temos sempre que levar "esta casa às costas", e depois, porque quando lá chegamos, o espaço do Vicente está sempre desajustado. E, porque, quando chegamos à nossa casa, o que queremos é largar tudo e descansar e, no nosso caso, temos que fazer mil e umas coisas primeiro. 

As férias são sempre períodos muito cansativos, onde descansar não é a palavra de ordem e o sentimento de chegar ontem a esta casa de Bruxelas, fez-nos perceber onde realmente é o nosso lugar. E até consigo perceber que o Vicente também tinha saudades de casa, pois hoje o dia é passado a rever cada brinquedo e cada canto da nossa casa com a felicidade que só as crianças sabem transmitir!!!





A festa!!!

05.01.14 | Vera Dias Pinheiro
Hoje foi um dia e tanto!!! Comemoramos o primeiro aniversário do Vicente, junto dos nossos amigos. Como, hoje em dia, não são muitas as oportunidades de estarmos todos juntos, convidamos todos aqueles que nos tocam o coração (ando muito dada ao sentimento, eu sei... são ainda as hormonas da gravidez :) a estarem presentes neste dia. Enchemos uma sala de miúdos e graúdos, uns já eram amigos, outros nem por isso... mas tive a sensação que de estivemos, de facto, todos juntos. 
Quanto à festa, essa há já algum tempo que vinha a ser pensada na minha cabeça e, mais uma vez, pus mãos à obra e recriei o melhor que pude e sei, uma festa da Galinha Pintadinha para o Vicente. Se ele entendeu o que se passou ou não, não sei. Mas sei que ele percebeu que estavam todos ali por ele e se, no início, não me largava, rapidamente foi ganhando confiança e passou tempos na brincadeira com os convidados. Porém, sem perder a sua mãe do seu campo de visão!!!
Gosto desta nova versão de mim, de mãe, com casa cheia de miúdos, de amigos e família. Gosto das minhas pessoas, gosto de recebê-las da melhor forma que consigo e hoje tentei fazer o melhor para dar ao Vicente a festa que, se ele falasse, me pediria para fazer!!!
No convite expliquei que o Vicente, que já está a ficar mais crescido, queria começar a conhecer melhor os amigos que nos rodeiam, para isso pedimos que nos dissessem a palavra/adjectivo que melhor os caracterizasse, individualmente ou em família. Com as respostas, enchemos o tecto de balões, cada um com o nome e característica, o intuito foi, simplesmente, aproximar as pessoas e surpreendê-las. Acho que gostaram, apesar de continuar com o tecto cá de casa cheio de balões. 

Aqui ficam algumas fotos, que já consegui reunir:










365 dias de Vicente

04.01.14 | Vera Dias Pinheiro
3 de Janeiro de 2014...

São 365 dias de Vicente nas nossas vidas, são 365 dias de aprendizagem, muitas vezes, só conseguindo acertar através da tentativa-erro. Há 365 dias que penso que não, não podia ter outro filho que não fosses tu... reconheço em cada gesto teu, os movimentos que sentia dentro da barriga. És mesmo tu, a pessoa que mais desejei conhecer, que mais imaginei como seria e, mesmo assim, ainda conseguiste superar a melhor das versões que imaginei de ti.
Hoje senti saudades de te ter pequenino no meu colo, pois, hoje quando te agarro, os meus braços já não chegam para te envolver e se antes passava horas a admirar-te enquanto ficavas tranquilo no berço, hoje corro atrás de ti e só páras quando é para dormir.
Sinto-me grata e abençoada, a partir do momento que entraste nas nossas vidas, já não me imagino sem o teu sorriso, as tuas palminhas, a tua voz a dizer mamã. Agradeço todos os dias a oportunidade que tenho em viver cada segundo da tua vida contigo, em puder ensinar-te tudo e estar presente em cada novidade do teu crescimento.
E, talvez como todas as mães, eu também sou uma mãe sortuda! Parabéns a ti, meu filho, e a mim, que sou uma pessoa melhor desde o dia 3 de Janeiro de 2013!




Pág. 3/3