1. Aceitar a prioridade!

Aceitar que isso vai tornar-se prioritário nas vossas vidas e, dessa forma, todos os vossos planos e os vossos compromissos vão acabar por ter que forçosamente ser alterados ou mesmo cancelados.

  1. Planear os dias!

Facilita, por exemplo, ter as refeições mais ou menos planeadas, assim como ter já algumas coisas já pré-feitas no frigorífico que aliviem as vossas tarefas diárias.

  1. Recrutar a ajuda necessária!

Peçam ajuda aos avós, a uma tia ou até a uma babysitter para se assegurarem que perante algum compromisso urgente e do qual não podem abdicar, têm imediatamente com quem deixar os vossos filhos (em segurança).

  1. Aceitar o caos!

Filhos doentes passam mais tempo em casa e, tenham paciência, mas é preciso ter alguma condescendência. Vão aborrecer mais facilmente, vão querer fazer aquilo que não podem, vão querer ver televisão mais tempo do que gostariam, vão desarrumar tudo muitas vezes ao dia, todos os dias…. É mesmo assim!

  1. Aceitar que vão passar noites em branco!

Filhos doentes é sinónimo de noites mal dormidas, para eles, mas especialmente para os pais. Para além disso, é à noite que as febres sobem, é ao fim do dia que estão mais birrentos, que choram mais, que implicam mais… São tudo factos e o melhor é aceitar, porque realmente custa menos.

  1. Mãe só há uma!

Mãe é mãe e quando há um “dói-dói” pode vir quem vier, mas na hora de pedir ajuda, de querer colo, mimo, atenção, de ter paciência e tudo mais, só há uma palavra que funciona: MÃE!

  1. Quem manda são os filhos!

Vão aperceber-se que realmente a vossa vida não é controlada por vocês – se é que ainda não sabiam – mas sim pelas pessoinhas pequeninas e aparentemente inofensivas, os vossos filhos!

  1. Não vão “googlar” doenças nem a correr para as urgências!

A melhor opinião e a de maior confiança e sempre a do vosso pediatra. Entendidos?

  1. Não se esquecam de vocês!

Arranjem maneira de não se esquecerem de vocês próprias. Prometam que jamais vão cair na tentação de ficar de pijama com eles ou de não tomar banho. Comecem os vossos dias o melhor possível e sem se esqueceram de tomar um bom pequeno-almoço.

  1. Arranjar cábulas!

Horas de medicamentos, dosagens, nomes de medicamentos, coloquem tudo nas notas e no alarme do vosso telemóvel. Poupem-se a alguma coisa. A seguir a eles, tenho a certeza que não vão querer ficar vocês doentes. CERTO?


E vendo bem, este é um tem por aqui mais recorrente do que gostaria, querem ver:

A realidade quando temos os filhos doentes

O direito do tempo para a assistência à família


Bom fim-de-semana 🙂

 

Comentários

comentários