A sugestão para brunch de hoje é talvez das mais saborosas que experimentei nos últimos tempos. E embora estivesse há imenso tempo com vontade de lá ir, a verdade é que com as filas e tempos de espera que existem hoje em dia, particularmente ao fim-de-semana, em qualquer lado onde se coma – sobretudo estas novidades mais ou menos recentes de comida mais saudável – tenho adiado. Afinal, ao domingo a única coisa que eu não quero é estar à espera para comer, especialmente quando se trata, mais ou menos, da primeira refeição do dia e mais ainda se tiver duas crianças comigo. E talvez por isso, a nossa visita ao ELA CANELA, em Campo de Ourique, tenha acontecido mais a uma hora de lanche do que de propriamente de brunch.

Foi num belo sábado à tarde – não assim tão belo, pois estava a chover – que decidimos ir, finalmente, até lá. Já tinha ouvido falar tão bem da qualidade da comida, mas ainda assim conseguiu superar as expectativas. E se no Heim Café eu comi a melhor tosta de abacate de sempre, no ELA CANELA comi as melhores “ban’quecas”, panquecas de banana e quinoa, com manteiga de avelã, agave e canela, acompanhado com o melhor cappuccino com leite caseiro de amêndoas. E só digo isto: bom demais para ser verdade! Bom demais!

E não fosse o maroto do siso, ou melhor do não siso, estar a chatear-me a valer e de não conseguir comer grande coisa, teríamos lá ido este fim-de-semana. Porém, fica a recomendação para quem quiser e puder passar por lá, pois vale mesmo a pena. A comida não é apenas boa, é mesmo de qualidade, fruto da particular preocupação que têm com a selecção de alimentos/ingredientes que se enquadrem dentro da filosofia do bio, o local e o sazonal.

Ficam as fotografias para abrir o apetite:

Rua Azevedo Gneco, 74B, Campo de Ourique

FacebookInstagramSite

Bom Domingo!

Comentários

comentários