Venho agradecer o vosso carinho ao longo do dia, eu e o Vicente, afinal, o menino dos anos era ele. Só agora conseguir ler tudo o que escreveram e sabe bem sentir o vosso carinho, perceber que, nestes momentos especiais da nossa vida, vocês perdem uns minutos para deixar uma mensagem.

Hoje não deu para conciliar a atenção que ele precisava e o telefone. Na verdade, nem pensei muito nele, porque queria mesmo proporcionar-lhe um dia diferente. Acordou com muitas pequenas surpresas dos tais Ninjago, entre as coisas umas t-shirts de manga cumprida que (como eu já sabia) pediu logo para levar vestida e levou.

À tarde fizemos uma mini-festa na escola, como habitual. No entanto, hoje com direito a pinhata do Ninjago e para bolo de aniversário levei um bolo de laranja feito em casa. A irmã sentou-se logo ao seu lado e parecia que a festa era também um pouco dela. Rapidamente dei por ela com algumas meninas da sala do Vicente a brincar aos bebés.

Em casa, de seguida, convidamos as avós e os amigos Vasco e Gaspar para voltarmos a cantar parabéns. Improvisamos com um bolo da Padaria Portuguesa, desta vez, e não faz mal. Brincou mais um pouco, comeu mais um bocadinho de bolo e não parou de repetir que esta noite vai crescer “imenso” e que amanhã vai ter os pés e as mãos muito grandes. E, por isso, a partir de amanhã vai ter que calçar ténis para cinco anos.

Passou o resto da tarde a armar-se em forte, mas a verdade é que quando se foi deitar, pediu ao pai para ficar mais um pouco, aninhou-se como um menino pequenino a pedir festinhas para adormecer. Domingo há mais festa e depois ir descobrindo quais os desafios que está nova fase nos reserva. 😊

Boa noite e, mais uma vez, obrigada <3

 

A vela personalizada tão especial, que acompanha o crescimentos dos nossos filhos, chegou de surpresa hoje, precisamente quando estávamos a entrar em casa. Obrigada pelo presente Xiribita. Agora e até aos 18 anos, esta vela vai assinalar todos os seus aniversários.

Comentários

comentários