Costumo dizer que foi quando o Vicente iniciou a diversificação alimentar que eu ganhei verdadeiramente uma nova postura perante a nossa alimentação. Fico feliz por ver que ele come com prazer coisas que habitualmente as crianças não comem e nem gostam (quer dizer, não gostam porque não estão habituadas). Mas com isto também não quero sentir a pressão de ser perfeita a toda a hora e que os meus filhos não podem comer determinadas coisas e que, se o fizerem, é um drama.

Sempre disse – e continuo a dizer – o meu objectivo, enquanto mãe e responsável pela sua educação, é dar-lhes as bases que lhes permitam ser conscientes e equilibrados nas escolhas que fazem. Em tudo, incluindo na alimentação. Quero que naturalmente percebam o que é a regra e o que é a excepção.

Para além disso, é muitas vezes esta pressão de acharmos que devemos ser perfeitas que acaba por levar a que estejamos a educar crianças que se tornam o oposto. Acima de tudo, os nossos filhos precisam da nossa atenção e de se sentirem livres (eles e nós) e isso pode acontecer em momentos como improvisar um piquenique na sala, sem sopa e com uma fatia de pizza ou um cachorro quente.

E é precisamente por este motivo que aceitei o desafio da Nobre para provar as novas salsichas Baixo Teor de Gordura, 100% carne de Frango e 100% carne de Peru – o que este 100% quer dizer é que, na sua confecção, não se misturam outro tipo de carnes. Esta nova gama tem menos de 3% de gordura, tem um elevado teor de proteína – atenção, desportistas – e não tem aditivos, lactose ou glúten.

salsichas nobre

salsichas nobre

E com isto pretendo mostrar o porquê de não ser fundamentalista, privilegiando o equilíbrio na alimentação. O meu investimento passa por dar-lhes uma educação que não passe pela privação. Na minha opinião, é algo que acaba por ter o efeito contrário. Assim, para os dias de “liberdade”, é possível encontrar alternativas bem confeccionadas, saborosas (como aliás que pode perceber pelas fotografias acima) e que divertem a família. 

Boa noite.

 

 

*Este texto foi escrito em parceria com a marca, no entanto, a minha opinião é sempre pessoal e independente.

Comentários

comentários