Já arrumei a roupa da praia e sei que é bem capaz de ali ficar até ao próximo verão, por isso, começa a ser altura de pensar em novos e diferentes programas para os fins-de-semana. Os dias ainda são de calor e sol e, como tal, é aproveitar para andar com os miúdos na rua.

As quintas pedagócias são capaz de ser um dos programas mais giros para levar os miúdos, pois o contacto com os animais da quinta é sempre motivo de grande felicidade. Os piu-pius, o porco, as galinhas, os coelhos… no fundo, animais comuns mas que a vida em cidade acaba por tornar-los espécies de contacto raro com as crianças. Eu, como desde sempre, tive contacto com animais, custa-me que os meus filhos não o façam com mais regularidade, portanto esforço-me para termos mais programas deste género.

Fiz uma pequena pesquisa na Internet e descobri cinco quintas pedagógicas na zona da grande Lisboa, das quais nós só conhecemos duas. Como é que é possível?

Assim, aqui ficam todas elas em jeito de sugestão para este fim-de-semana:

1.Quinta Pedagógica dos Olivais

Falei sobre ela há bem pouco tempo aqui no blog, portanto quem não viu o nosso post, volto a deixar aqui o link, pois tem tem toda a informação, assim como algumas fotografias da nossa última visita.

Férias de verão: Quinta Pedagógica dos Olivais

2.Quintinha Pedagógica de Monserrate

Uma quinta pedagógica situada a menos de três quilómetros do centro histórico de Sintra, em que se recria o tradicional e pitoresco ambiente agrícola da região para dar a conhecer a herança cultural local.

Foi, em tempos, uma pequena exploração rural que serviu o Parque e Palácio de Monserrate.

O conjunto de atividades disponível foi pensado, sobretudo, para crianças e jovens em idade escolar. Através da participação nas tarefas diárias e sazonais, os visitantes da Quintinha de Monserrate têm oportunidades únicas de aprender num espaço natural com uma refrescante linha de água, árvores autóctones e socalcos destinados a diferentes tipos de plantações e animais.

3.Quinta Pedagógica Zé Pinto

Criada em 2009, parte de uma iniciativa da Associação Nacional de Produtores de Cereias, com o intuito de aproximar a vida rural e do campo à cidade. Uma vez por mês realizam actividades gratuitamente para as famílias. Para saberem as datas das actividades, basta estarem atentos à página de Facebook, ao Blog ou, então, contactar directamente a Quinta (Contactos).

Localização: Rua de Campolide, Lisboa

4.Quinta Pedagógica Burros do Magoito

Uma associação sem fins lucrativos que visa promover actividades educativas e divertidas, estimulando o respeito pelos animais e pela natureza. Como o próprio nome indica, o maior atractivo sãos os passeios de burro e de pónei, sendo que os burros são actualmente umas das espécies que corre riscos de extinção.

Pode dar uma vista de olhos nos vários tipos programas em família que existem através deste link:  http://www.burrosdomagoito.com/programas-familiares/

Contactos e Localização

5.Quinta Pedagógica Armando Vilar

Situada em Cascais, visitamos esta quinta pedagógica uma única vez e gostamos muito, podem ver algumas fotografias neste post: Domingos.

Horários: Sábados e Domingos das 10h às 13h e das 14h às 18h. E de  2ª a 6ª feira entre as 14h e as 18h. Durante os dias úteis as visitas requerem marcação prévia e estão dependentes da disponibilidade da Quinta.

Nesta visita livre podem observar e interagir com as galinhas, patos, perus, gansos, o simpático burro de Miranda que se chama Eléctrico, a ovelha Merino, a porquinha “Minnie” e as nossas cabrinhas. É possível conhecer a nossa horta biológica e o sistema de rega tradicional!

Valor:  Crianças < 2 anos: Gratuito; crianças > 2 anos: 4€;  adultos: 5 €; bilhete família: 15€ (2 adultos e 2 crianças).

Não existe serviço multibanco.

E, pronto, por hoje é tudo. Esta primeira semana esteve cheia de compromissos ligados ao regresso às rotinas de todos nós. E se já não bastasse toda essa correria, o pai teve que viajar em trabalho. Já se sabe que, nesses dias, as crianças ficam mais carentes de atenção e mais exigentes… e eu mais cansada e sem paciência. Digamos que, na prática, são coisas que não se ligam muito bem e, por vezes, dá choque 🙂

Desejo-vos um óptimo fim-de-semana. E, se quiserem, partilhem nos comentários o que vão andar a fazer.

Boa noite.

Comentários

comentários