A Há poucos dias, fui finalmente, com o Vicente, fazer um exame de rastreio visual no Optometrista numa óptica Conselheiros da Visão. Digo finalmente, pois desde os seus três anos de idade que era algo que eu queria muito fazer, não porque tinha alguma desconfiança, mas antes por precaução.

 

A partir dos três anos, as crianças começam invariavelmente a ver mais televisão e, às vezes, a tendência é para ficarem colados ao visor à nossa mínima distracção, como se a televisão tivesse um íman. Para além disso, começam a fazer outro tipo de actividades, quer em casa, quer na escola, que exigem mais atenção visual e concentração. Afinal, estão em idade pré-escolar e era isso que acontecia cá em casa.

Para além disso, e por experiência com filhos de amigas minhas, sei que quanto mais cedo forem detectados os problemas de visão nas crianças, maiores são as probabilidades de os corrigir e, em muitos casos, a falta de visão era mesmo a resposta para alguns dos comportamentos considerados “anormais”.

Com efeito, quando surgiu o convite por parte das Ópticas Conselheiros da Visão para esta consulta de optometria pediátrica, o timing não podia ter sido o mais indicado. Nestas consultas, havendo motivos ou alguma desconfiança mais séria, as crianças são sempre encaminhadas para o pediatra. No nosso caso, não foi preciso. Com os testes feitos durante a consulta, não há dúvidas que, para já, o Vicente vê muito bem, sem motivos para preocupações.

Claro que aproveitei a ocasião para colocar algumas questões – enquanto mãe –  sobre este tema tão importante, nomeadamente:

Quando devem ser realizados os exames visuais nas crianças?

  • 3 meses (realizado normalmente pelo pediatra)
  • 3 anos
  • 5-6 anos (idade em que normalmente entra para a escola e porque o sistema visual, nesta idade, já se encontra praticamente desenvolvido, sendo semelhante ao de um adulto)
  • A partir daí, de 2 em 2 anos.

A consulta realizada pelo optometrista é importante mesmo depois de o seu filho começar a escola e ter feito o rastreio visual.

Quais os principais sinais de alerta aos quais devemos estar atentos?

Em casa

  • Dor ou comichão nos olhos, com tendência para coçar constantemente os olhos;
  • Dificuldade em distinguir cores;
  • Olhos franzidos ao focar imagens;
  • Ver televisão muito perto;
  • Olhos vermelhos e irritados.

Na escola

  • Dificuldade em ver o conteúdo escrito no quadro;
  • Desinteresse;
  • Dores de cabeça após leitura;
  • Lentidão ao copiar a matéria;
  • Aproximar demasiado os olhos dos livros e cadernos.
  • Seguir a linha de leitura com o dedo

No entanto, este é um tema que não fica pelo rastreio e pelo exame visual. A partir do momento em que é diagnosticado um problema de visão na criança, entramos na segunda parte da questão: os óculos! Uma “questão” mais delicada também para a carteira dos pais.

No grupo Conselheiros da Visão, há uma preocupação de fundo com a saúde ocular, um assunto que encara de forma global. Isto é, sem deixar de parte a preocupação com lado dos pais e com o facto de estarmos a falar de crianças, irrequietas e que não têm ainda a noção do que representa aquele novo adereço e dos cuidados que devem ter.

Foi neste sentido que surgiu a campanha “VEJA BEM, APRENDA MELHOR” cujo objectivo é retirar aos pais a preocupação com os óculos dos seus filhos. É um facto que um par de óculos só não chega, pois fora os “azares” com as armações, a própria falta de visão e criança também evoluem. Assim, durante dois anos, os pais não precisam de se preocupar mais, pois fazendo as contas por apenas 5 euros/mês (119 euros no total), os vossos filhos ficam com direito a 2 pares de óculos, 6 lentes e, muito importante, um seguro contra acidentes. 

Cerca de 20 a 25% das crianças em idade escolar apresentam algum tipo de problema visual. O assunto é realmente importante e a melhor forma de protegermos os nossos filhos é mesmo estando atentos, fazendo os rastreios, pois só um diagnóstico precoce permitirá resolver o problema.

Esta campanha é válida em qualquer Óptica Conselheiros da Visão, basta fazerem a marcação de uma consulta com um dos seus Optometristas para fazerem o exames e, depois, caso seja necessário, passarem à parte dos óculos e usufruirem desta campanha.

Fica a dica 🙂

Boa noite.

Comentários

comentários