Planear, organizar e antecipar. Serão os três pilares da maternidade, uma consequência ou uma condição da mesma?

Vamos de férias daqui a alguns dias e hoje começo a fazer as malas. O objectivo é que, a partir de hoje e até sexta-feira, eu vá conseguindo separar as coisas que precisamos levar para uma semana de férias. Tentanto que nada de essencial fique para trás.

Que haja roupa suficiente (a roupa da praia, a roupa para depois da praia, a roupa extra para as eventualidades e para não pensarmos em ter que lavar roupa nesses dias); que os produtos de higiene não fiquem esquecidos e que nenhum SOS fique para trás (estar prevenida contra uma picada de mosquito, uma queda, um arranhão, nariz entupido, tosse ou, até mesmo, uma febrezita – a ideia é mantermo-nos o mais longe de hospitais); depois, os brinquedos, os acessórios para as refeições; a comida básica que é preciso conveniente levar logo connosco. ETC!!!!

No fundo, acaba por não fazer muita diferença o tempo que  vamos estar fora. O princípio é sempre o mesmo: planear – organizar – antecipar. É uma condição de ser mãe e se não pararmos para pensar nisso, a verdade é que, até nos passa despercebido no dia-a-dia. Encaramos com naturalidade essa condição de sermos mães. É parte do instinto que descobrimos ser inato em nós. Passamos o nosso tempo a gerir o tempo e a vida dos nossos filhos.

Dicas básicas para não sentirem que estão a perder o controlo nesta fase de preparação das férias:

  1. Enumerar por escrito e por grupos de “artigos” todas as coisas que precisam levar;
  2. Não deixar para a véspera da partida;
  3. Começem a fazer as malas pelo que é mais acessório e que não vos irá fazer falta até à partida;
  4. Não deixar uma tarefa a meio, pois isso pode levar-vos a perder o fio condutor, podendo algumas coisas ficarem esquecidas;
  5. Por fim, a última e mais importante de todas: DESCANSEM. Não coloquem muita pressão em cima de vós, lembrem-se que são férias. Afinal, se alguma coisa ficar para trás, de certeza que irão encontrar igual ou semelhante no vosso destino.
  6. Só mais um pequena coisa: o menos é mais! Levem o essencial e descompliquem o dia-a-dia!

As férias em famílias podem ser bastante stressantes. Já de si são bastante cansativas, por isso, é mesmo importante criar formas de tirar o melhor partido dos momentos de lazer em família.

 

Extra dica! Lista com os meus essenciais para levar na mala, aqui: http://asviagensdosvs.com/2016/07/06/11-essenciais-na-hora-de-fazer-as-malas/

 

Boa tarde 🙂

 

 

 

Comentários

comentários