Já não falta assim tanto tempo para as nossas férias – finalmente! Já estamos naquela fase em que já começamos a desejar muito e a salivar só de ver as fotografias das férias dos outros 🙂 Temos uma condicionante que é a de só conseguirmos ter férias em Agosto, o que, hoje em dia, com uma família de quatro, limita-nos um pouco a escolha e até aquilo que podemos fazer. Os preços inflacionam bastante, como também continua a ser o mês de maior afluência de pessoas. Ainda estamos a aprender a gerir o orçamento familiar e saber planear para conseguirmos tirar o melhor partido desta altura do ano. Eu tenho recordações muito boas e felizes das férias grandes de verão e gostava que o mesmo acontecesse com os meus filhos – já agora, deixo aqui alguma dicas de como planear férias com filhos).

Este ano, coloquei uma exigência: ter mais tempo de praia. No ano passado custou-me bastante ter feito tão pouca praia e acho que este verão merecemos todos – precisamos de Vitamina D!!! Vitamina D!!! No entanto, o facto de ser um mês que leva muitas pessoas de férias para junto do mar, tem o (outro) lado fantástico de tornar os passeios na cidade muito mais agradáveis: poucas pessoas, pouco trânsito, poucas filas. Por isso, não deixa de ser bom reservar alguns dias para fazer coisas na cidade, na nossa ou noutras 🙂

Assim – e em jeito de sugestão também para vocês – deixo-vos alguns dos programas alternativos que gostava de fazer em família. O desafio é conjugar as idades de ambos, algo que até se está a tornar relativamente fácil, uma vez que a Laura é muito mais despachada do que o irmão era na idade dela e só não faz aquilo que o tamanho dela não lhe permita, porque a vontade, o atrevimento e a inteligência estão lá!

Então, vamos lá:

1ª Sugestão: Badoca Park

Um parque temático, situado na zona de Santiago do Cacém. Nós ainda não conhecemos, mas há muito que tenho vontade de visitar e de levar lá a família. Talvez agora seja o momento ideal para que ambos usufruam da experiência.

Segundo li e pelo feedback de amigos, vale muito a pena e a experiência é semelhante à de uma aventura de Safari.

Morada: Herdade da Badoca, Vila Nova de St. André

Horários: das 9h30h às 18h30 (Mas recomenda-se a chegada até às 12h00)

Preços: Adultos – 17,90 euros; Crianças (o-3 anos) – Gratuito; Crianças (4-10 anos) – 15,90 euros. No entanto, existe um bilhete família (2 adultos + duas crianças dos 4 aos 10 anos) – 61 euros.

2ª Sugestão: Quinta Pedagógica dos Olivais

Já conhecemos, Vicente incluído, gostamos muito, porque o ambiente é simpáticos e os animais que ali estão são os cães, os patos, as galinhas. Animais  do “dia-a-dia”, digamos assim, que vivem em condições normais. É óptimo para explicar aos miúdos que os ovos não vêm do supermercado, por exemplo 🙂

Ainda assim, não vos sei explicar porque é que vamos lá tão poucas vezes.

Morada: Rua Cidade do Lobito, Olivais Sul, Lisboa

Horário de Verão, de Maio a Setembro (existe um horário distinto para o Inverno):

De 2a a 6a feira: 9h00 – 19h00

Sábados e Domingos: 10h00 – 19h00

Encerra às segundas-feiras

Entrada gratuita

3ª Sugestão:  Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva

Outro dos locais que ainda não conhecemos e, segundo sei, há uma parte só de actividades que é bastante divertida, mesmo se as crianças foram ainda um pouco pequeninas para a experiência do museu em si. A mim, parece-me uma excelente opção para fugir a uma daqueles dias de calor, em que mal se pode andar na rua.

Morada: Largo José Mariano Gago, Parque das Nações, Lisboa

Horário: 

De 2a a 6a feira: 10h00 – 18h00

Sábados e Domingos: 11h00 – 19h00

Entrada: Adultos – 9 euros; Crianças até dois ano – Grátis; Crianças dos 3 aos 6 anos – 5 euros

4ª Sugestão: Portugal dos Pequeninos

Muitas das minhas recordações de infância são aqui. Muitas fotografias de família foram tiradas nestas casinhas pequeninas que, na altura, nem sabia muito bem o que representavam, mas a graça de serem à nossa medida, suplantava tudo o resto. Hoje, quero muito lá voltar para que eu própria veja com outros olhos e aprenda uma pouco mais sobre a história do nosso país.

Morada: Largo do Rossio de Santa Clara, distrito de Coimbra.

Horário (entre Junho e Setembro): das 9h00 às 20h00

Entrada: Adultos – 9,50 euros; Crianças até dois anos – Grátis; Crianças dos 3 aos 13 anos – 5,95 euros.

5ª Sugestão: Aveiro

É uma das cidades que está na minha lista faz tempo e acho que o verão é altura ideal para visitar aquela que é considerada a Veneza portuguesa. Os canais, a costa nova e ainda a Fábrica da Vista Alegre e o Museu do Brincar são algumas das coisas que quero fazer quando lá for.

Leitores de Aveiro ou arredores, digam-me o que de melhor se pode fazer nesta cidade. Se tivermos um dia para visitar Aveiro, o que não podemos mesmo perder? 🙂

E, pronto, estas são as minhas sugestões, não quis fantasiar muito, mas sim pensar em programas que realmente podemos fazer, senão todos, pelos menos dois ou três. Veremos 🙂

Fico à espera das vossas opiniões, caso já conheçam alguns destes locais. E, já agora, partilhem quais as vossas sugestões alternativas à praia. Por exemplo, se eu vos perguntasse três programas em família para este verão, quais seriam eles?

Boa tarde

 

Comentários

comentários