O Vicente está a atravessar a fase em que acha que é capaz de tudo. Aviso uma, aviso duas, aviso várias vezes para ter cuidado – inevitavelmente, já sabemos como é que certas brincadeiras terminam – e nada!

A última vez foi numa ida recente ao parque com a avó e com a irmã. Já se tinha empoleirado no corrimão do escorrega, pôs-se a dar balanço, faltou-lhe a força e caiu de rabo no chão. Foi teimoso, não ligando aos avisos da avó. Não satisfeito, no regresso a casa começa a correr sem parar, porém esqueceu-se que era a descer, calculou mal a curva e lá foi ele pelas pedras da calçada.

Quando me juntei, já o Vicente estava num pranto, com o joelho todo esfolado e cheio de sangue – se vê sangue, está tudo estragado! Em primeiro lugar, há que tentar acalmá-lo para, depois, se tratar do ferimento. Eu já tive que desinfectar algumas esfoladelas, mas foi apenas a segunda vez que tive que tratar uma ferida mais profunda. O mais difícil nem é por mim, pois não me faz muita impressão. É mais por ele, que chora e grita sem sequer me ouvir. Regra geral, começo por lavar com soro, desinfecto e, no final, aplico um pouco de Fucidine em pomada. Aliás, costumo ter sempre por perto, seja em casa, seja de viagem ou em férias, anda sempre connosco. Facilita bastante quando temos que tratar alguma coisa relacionada com a pele.

Desta forma, eu fico descansada, porque, numa emergência e neste tipo de ferimentos, quer sejam mais ou menos graves, Fucidine impede a propagação da infecção ou das bactérias. E o Vicente, por seu lado, assim que se recompõe, percebe que está praticamente pronto para outra – ou não! Mas quem diz ferimentos desta natureza, diz também borbulhas, picadas de insectos, sejam nas crianças ou mesmo nos adultos. É mesmo um produto bastante versátil e eficaz.

Ser mãe acaba por ter muito disto, o facto de tentar estar prevenida para qualquer situação e, assim, acabamos por descobrir e ter os próprios “SOS”. Viver com filhos tem toda esta adrenalina de nunca sabermos bem como será o nosso dia, tanto pode ser tranquilo, como tudo pode acontecer. Estes “SOS” acabam por ser facilitadores do nosso dia-a-dia e até por nos deixarem mais descansadas.

Afinal, uma mãe bem prevenida sabe que, aconteça o que acontecer, vai estar à altura dos acontecimentos! Correcto?

Fucidine é um produto de venda exclusiva em Farmácia, não sujeito a receita médica. É comercializado pelo grupo LEO PHARMA que está presente no mercado nacional há mais de 40 anos.

Este texto foi escrito em parceria com a marca e a minha opinião é sincera e imparcial.

Comentários

comentários