Fomos passar o fim-de-semana ao Dolce Campo Real, como vocês tão bem sabem. Um Hotel que, entre todas as coisas maravilhosas que tem ao nosso dispor, tem um Spa, o magnífico Mandalay Spa. Eu já tinha ouvido falar muito bem da qualidade dos seus tratamentos baseados na medicina indiana e tailandesa e da vista com que presenteia todos aqueles que o visitam, mas nunca tinha lá estado.

 

 

 

 

spa
A vista do primeiro andar do Mandalay Spa

Obviamente que, no meu inconsciente, já estava aquela vontade secreta de ter a oportunidade de experimentar algum dos serviços do Spa. A juntar a essa vontade, houve algumas pessoas a dizerem-me para não me esquecer de visitar o Spa ou que não podia vir embora sem experimentar uma massagem ou, então, sem ver a vista do Spa. Enfim, era o Spa para aqui, o Spa para ali… e o Spa mesmo ali ao nosso lado.

No último dia, enquanto o pai estava com a Laura no quatro para ela dormir a sua religiosa sesta, eu estava com o Vicente junto à piscina. Com tanto calor, não havia muito mais para fazer a menos que fossemos até à recepção do Spa e já agora aproveitar para dar uma vista de olhos nos preços. Não podia despender de muito tempo e não queria gastar muito dinheiro, mas a minha pedicure não tinha ficado muito bem feita da última vez e o verniz tinha ficado todo estragado. Teria encontrado o pretexto ideal? Óbvio que sim! A pintura das unhas com verniz de longa duração era uma das opções e foi mesmo essa que eu escolhi. Esperei que o pai regressasse para ficar com os dois uns instantes e sem o deixar perceber muito bem o que ia fazer, apressei-me a dizer que já voltava.

Claro que podia ter optado por uma massagem de relaxamento, ou até mesmo de um dos serviços do programa Mamãs&Bebés – e ficará de certeza para uma próxima oportunidade – mas, no fundo, eu só queria mesmo arranjar um pretexto para uns minutos de silêncio, para relaxar por muito pouco que fosse e deixar lá aquele stress que andava comigo a alguns dias.

spa
Uma das salas de tratamento
spa
Uma das salas de tratamento
spa
Uma das salas de tratamento

E foi bastante rápido, na verdade, no entanto, ainda pude beber um chá, a seguir, na sala de chá/relaxamento e se quisesse podia ter usufruído da sauna, jacuzzi ou banho turco. O espaço é, de facto, bastante agradável e apetecível. E, se as vossas crianças já tiverem idade para ficarem entretidas no Dolce Campo Aventura, até podem ir ao Mandaly Spa sem culpa e quem sabe aproveitar para uma massagem a dois. Nada mal, pois não?

Spa
Sala de Chá/Relaxamento
Spa
Sala de Chá/Relaxamento

Se ficaram curiosos, vejam esta oferta. Acho que estou tentada a fazer um dia sem filhos 🙂

E, pronto, quando uma pessoa quer muito uma coisa, ela consegue. Eu queria muito conhecer o Spa e arranjei a minha forma de o fazer – para mim, foi quase a mesma coisa que uma massagem, eu disse quase 🙂

Comentários

comentários