Ai o amor…. o amor….
Quem lê os meus posts sabe que a qualidade da relação que estabelecemos uns com os outros é fundamental para a cooperação e para a magia no nosso dia-a-dia acontecer, seja a relação com os filhos, os amigos, os pais ou mesmo com o nosso marido. No entanto, apesar de sabermos disto no ram ram do nosso diário, muito pouco fazemos pela construção da nossa felicidade, aceitando que as semanas vão-se alternando entre semanas boas e semanas más. Por esta razão e porque Fevereiro está aí, hoje o post é mesmo sobre a valorização dos momentos a dois, algo tão importante sobretudo após termos filhos.
Assim, de forma simples e prática, deixo-vos alguma dicas para melhorarem o tempo a dois, principalmente quando temos filhos e para não colocarem o vosso amor de lado. Ora vejam:
1. Lembrem-se, antes de serem pais são marido e mulher, portanto, não misturem conjugalidade com
parentalidade;
2. Conversem muito e sempre. A comunicação é a porta para o entendimento e a verdade é que,
embora quiséssemos, nenhum de nós adivinha o que se passa na cabeça do outro.  Usem e abusem da comunicação não violenta, isto é digam o que pensam sem magoarem ou desrespeitarem aquela pessoa que tanto amam;
3. Tenham tempo só para os dois. Seja uma tarde, um fim-de-semana ou, quem sabe, umas mini-férias. Os miúdos mesmo que chorem por ficarem sem vocês, vão acabar por sentir saudades vossas. E nem imaginam como isto é algo de tãaaao bom e que tanto nos ajuda a termos mais tolerância uns com os outros. Experimentem ?
4. Façam actividades em conjunto e partilhem momentos de lazer;
5. Tenham os vossos momentos alone. Termos tempo só para nós ajuda-nos a organizar as ideias e aumenta a vontade de estar com o outro. Verdade! Verdadinha!
6. Preservem a vossa vida social com aquelas pessoas que extraem o melhor de nós e vos fazem mesmo bem;
7. Mimem a vossa relação, seja com mensagens, pequenos gestos de carinho, um lembrete e, porque não, até com algumas surpresas feitas por vocês. Sejam criativos!
8. Promovam a vossa intimidade, tenha ela um cariz sexual ou não – não se esqueçam que existem muitas formas de ter intimidade.
Agora já não há desculpas, por isso, agora é só AGIR! O amor é como uma planta, tem que se cuidada todos os dias um bocadinho.

Comentários

comentários