Há dias, como o de hoje, em que sofro pelos nossos vizinhos, nesses dias estou sempre à espera que nos venham bater à porta para se assegurarem que não usamos a violência na hora de adormecer a miúda. 

Há dias… como o de hoje! 
Queridos vizinhos, se me lêem, está tudo bem, podia estar melhor – é verdade, eu sei – mas está tudo bem. 
#estamiudatiramedoserio
Boa noite! 

Comentários

comentários