O novo ano está à porta e com ele a vontade de continuarmos a evoluir como mães, pais, homens e mulheres. Assim, para que em 2017 tenhamos dias mais tranquilos e possamos desfrutar ao máximo da companhia de quem nos é mais querido, partilhamos com vocês alguns segredos das famílias felizes.
Na verdade, famílias felizes:
aceitam-se como são, isto é, todos nós temos naturezas diferentes e importa respeitá-las, pois naturezas diferentes exigem respostas diferentes;
estão verdadeiramente presentes, interessando-se uns pelos outros e envolvendo-se nos projectos uns dos outros;
praticam uma comunicação não-violenta, respeitando o outro na sua essência e nunca o humilhando ou ridicularizando. Importa apontar o dedo ao comportamento e nunca à pessoa;
são modelos comportamentais, ou seja, o que eu digo bate com o que eu faço;
– discutem e zangam-se menos – não fazem tempestades em copos de água!
deitam-se com as pazes feitas (tão importante!)
– e… acreditam uns nos outros!
Não é assim tão difícil, pois não?
Para além destas premissas chave, para ter uma família mais feliz tenha em consideração na elaboração das suas resoluções para o ano de 2017 que:
– deve colocar os seus objectivos por escrito;
– deve distinguir o que pretende alcançar por áreas;
– os seus objetivos devem ser exequíveis e concretizáveis/mensuráveis, não
vale a pena começar se for impossível de alcançar;
– devemos manter o foco, pois ele é o motor da excelência;
– devemos ter presente que vamos errar até conseguir;
– devemos planear caminhos alternativos e supervisionar os nossos objectivos
regularmente;
– devemos enfrentar os desafios que a vida nos vai apresentando com coragem.
E, muito importante, não se esqueçam de agradecer. A gratidão é o caminho para a genuína felicidade!
Vamos lá, imprima e coloque aí por casa. As nossas famílias merecem o melhor de nós.
Excelente ano de 2017, cheiinho de coisas boas, são os meus desejos para todos vós.

Comentários

comentários