Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

1, 2, 3, 4, 5... 6 meses de Laura!

30.09.16 | Vera Dias Pinheiro

Um, dois, três, quatro, cinco.... e seis! Seis meses de ti, minha pequena Laura, a minha companhia de todas as horas e desta relação pele com pele sempre que tens vontade - e são muitas as vezes que tens vontade. Estás sempre sorridente, és simpática com toda a gente e não estranhas o colo de quem to oferece. Rebolas muito e para muito longe, mas ainda não te sentas sem caíres ou para o lado ou para a frente.

Tornei-me mãe a tempo inteiro com o teu irmão, mas é contigo que tenho a relação mais intensa ou não tivéssemos nós esta ligação tão forte que ainda te faz depender de mim em exclusivo para te alimentares. São seis meses e um dia, sem interrupções, a comer sempre que queres e quando tens vontade, sem nunca ter tirado leite ou ter-te dado um biberão. Mas já estás muito interessada nos alimentos que nos vês comer, gritas e esticas os braços para ver se alguém te dá um bocadinho. E eu, secretamente, estou ansiosa que esse dia chegue, o dia em que irás partilhar a mama com um prato de comida, uma fruta ou uma papa. Sinto-me cansada fisicamente, talvez mais porque ainda não dormes uma noite inteira e há noites em que eu acho que só tens vontade porque me tens ali ao teu lado. Sinto-me a precisar de poder ausentar-me sem estar ansiosa ou nervosa com as horas e se não me vou atrasar e tu vais estar a chorar com fome - somos as mães que somos também nos bocadinhos que temos só para nós sem e que servem de balão de oxigénio.

Acredito que entre o certo e o errado, existe um meio termo que é aquilo que funciona connosco. E entre nós funcionou muito bem o co-sleeping, pois era a única forma de eu conseguir descansar e porque, na verdade, acabávamos as duas por adormecer. Mas agora também percebo e sinto que está na altura de te ambientares ao teu espaço, à tua cama e de aprenderes a adormecer sem me teres junto a ti. A parte muito boa disto, é que já acertamos os horários e que eu já percebi qual é o momento certo para te deitares antes do momento da explosão - e também que há duas noites que dormes na tua cama e que acordas já mais espaçadamente. 

São seis meses e eu ainda olho para ti como a minha bebé. Ainda revejo tantas vezes na minha cabeça o parto e os momentos antes e não deixo de sentir um orgulho imenso naquilo que fizemos e que temos feito até aqui. Juntas somos uma equipa. 

Ver-te crescer dá-me um certo frio na barriga, pois já fechei qualquer possibilidade de ter outro filho e, assim, cada coisa que fazes saboreio ainda mais intensamente por ser tudo "a última vez", as roupinhas pequeninas, os bocejos, os banhos, os sorrisos, as gracinhas e por aí a fora. O tempo não perdoa quando tens filhos, anda sempre adiantado em relação à nossa vontade, as horas sucedem-se, os dias, as semanas ou meses.... O tempo voa, por mais que o tentemos agarrar, ele voa! Resta-me saber que tenho uma sorte imensa por poder acompanhar cada um dos meus filhos todos os dias, desde o dia em que nasceram e, embora que o tempo possa voar, eu não tenho pressa! 


Parabéns Laurinha!




Vamos dar as boas vindas ao mês de Outubro?

30.09.16 | Vera Dias Pinheiro
Outubro a chegar, mas só no calendário, pois o tempo ainda é de verão! Por isso, os programas continuam a querer-se com muitos passeios fora de casa que nos permitam aproveitar este bom tempo mesmo até á última!
Algumas das nossas sugestões para os próximos dois dias estão aqui e não se esqueçam que por ser o primeiro fim-de-semana do mês podemos visitar alguns museus sem pagar nada - é sempre bom aproveitar.
Escolham os programas que mais vos agradam, levem a família para fora de casa, divirtam-se e aproveitam este bom tempo com que o S. Pedro nos presenteia até tão tarde.
Bom fim-de-semana a todos. Aos que se inscreveram no workshop Uma enfermeira em casa dos Vs, até domingo :)


jardim dos arcos + jardins em setúbal + pai e filho + patos + programas de fim de semana + pumpkin + agenda para o fim-de-semana + actividades para famílias

Nos cinemas


Filme - Cegonhas  Estreia a 29 de SetembroFilme - Cegonhas

Estreia a 29 de Setembro

Júnior (Andy Samberg), a cegonha que detém o recorde de entregas da companhia, está prestes a ser promovida quando acidentalmente ativa a Máquina de Produção de Bebés, dando origem a uma adorável, e completamente ilegal, recém-nascida. Desesperado por se ver livre deste problema antes que o seu chefe descubra, Júnior e a sua amiga Tulip, a única humana na Montanha das Cegonhas, apressam-se para fazer a sua primeira entrega de um bebé – e embarcam numa aventura louca e reveladora que pode fazer mais do que uma família feliz e restaurar a verdadeira missão das cegonhas no mundo.





Lisboa





Passeio MIMOSA Avós e Netos no Parque das Nações

Passeio MIMOSA Avós e Netos

1 de Outubro | Lisboa

No Sábado, dia 1 de outubro, às 10h no Rossio dos Olivais, Parque das Nações Ricardo Pereira está de volta ao Passeio Mimosa Avós e Netos para subir ao palco desta divertida prova, onde lhe cabe o papel de anfitrião acompanhado de um elenco rico em cálcio, vitaminas e minerais: os Heróis do leite Mimosa!


Olhares do Mediterrâneo | Programa Para os Mais Novos  2 de Outubro | LisboaOlhares do Mediterrâneo | Programa Para os Mais Novos

2 de Outubro | Lisboa

FESTIVAL OLHARES DO MEDITERRÂNEO COM ACTIVIDADES PARA MIÚDOS E GRAÚDOS | Dia 2 de Outubro, domingo, o Festival Olhares do Mediterrâneo – Cinema no feminino apresenta uma vasta programação destinada aos mais pequenos e respectivas famílias.



Open Day no Museu do Oriente  1 de Outubro | LisboaOpen Day no Museu do Oriente

1 de Outubro | Lisboa

Associando-se às comemorações do Dia Europeu de Fundações e Doadores – 1 de Outubro –, a Fundação Oriente dá a conhecer a sua história e acção abrindo as portas do Museu do Oriente com um programa especial gratuito.


Festa do Chocolate Adoça Cascais  30 de Setembro a 2 de Outubro | CascaisFesta do Chocolate Adoça Cascais

30 de Setembro a 2 de Outubro | Cascais

O verão terminou, mas o tempo outonal convida ainda para programas de família ao ar livre. Para a combinação ser perfeita, juntou-se à meteorologia aquela que será a melhor atração deste fim-de-semana: o chocolate. Sob diversas formas, sabores e texturas, o cacau marca presença de sexta-feira a domingo, acompanhado por animação, programa cultural, espaço infantil, quiosques de alimentação e, claro, bancas com doces para todos os gostos.


Kids Food Festival - Festival de Comida para os PequenotesKids Food Festival - Festival de Comida para os Pequenotes

1 e 2 de Outubro | Parque dos Poetas

Para os Chefs de palmo e meio, um evento giro, giro e que será útil para as mamãs e papás. Ao longo das 4 sessões do festival (ver horário abaixo), a organização convida todos os lisboetas a aproveitar as actuações dos chefs no palco principal. Em palco, os Chefs terão consigo assistentes muito especiais: os participantes do MasterChef Júnior!


10 Contos | Os Anõezinhos da Tia Verde-água  1 de Outubro | Lisboa10 Contos | Os Anõezinhos da Tia Verde-água

1 de Outubro | Lisboa

O ator, 10 contos e o ato criativo emergem em torno da sabedoria popular e de contos tradicionais portugueses que aludem ao dinheiro, ao comércio e às trocas. Narrativas e personagens dão voz aos “tesouros” da coleção e ao imaginário coletivo da literatura oral. Neste programa performativo, as memórias do mundo são revisitadas e interpretadas a solo, nos inesperados cenários do Museu.

2 de Outubro | Porto

No ambiente rico de "Música com Dragõezinhos", onde as histórias contadas e os sons são elementos de magia, conhecimento e sociabilização, o Indy, a Raquel e o Lipe conduzem uma experiência para todas as crianças até aos 4 anos de idade.


Dominguinhos no MAR Shopping  2 de Outubro | MatosinhosDominguinhos no MAR Shopping

2 de Outubro | Matosinhos

Teatros de fantoches, horas do conto, ateliers educativos e de artes plásticas, oficinas de educação ambiental, com temas tão importantes como ecossistemas, amizade, solidariedade, reciclagem, ciência ou saúde, compõem a vasta oferta de atividades dos “Dominguinhos”, que continuam a realizar-se semanalmente.







Apresentação livro Mikao e o Mistério das Mãos que Curam  1 de Outubro | GondomarApresentação livro Mikao e o Mistério das Mãos que Curam

1 de Outubro | Gondomar

Mikao era um menino que gostava muito de ler, passava dias na biblioteca para coisas novas aprender. Certo dia, enquanto lia, descobriu algo que parecia magia, mas sem certezas do que aquele mistério seria, partiu em busca de uma explicação e a resposta foi encontrá-la no Japão. Acabou por descobrir que afinal não era magia…



1 de Outubro | Vila Nova de Gaia

Uma oficina para gravar as folhas de Outono no barro, e com um molde dar a forma que desejamos. Uma partilha entre pais e filhos.









OS MÚSICOS | Oficina  1 de Outubro | MatosinhosOS MÚSICOS | Oficina

1 de Outubro | Matosinhos

Nesta oficina, vamos juntar a música e as artes plásticas para o comemorar! Vamos inspirar-nos nos músicos mais famosos da História da Arte – Os Três Músicos, de Pablo Picasso – e criar as nossas próprias representações.  





Pelo País fora

 

Museus e monumentos gratuitos no primeiro domingo de cada mêsMuseus e monumentos gratuitos no primeiro domingo de cada mês

2 de Outubro | Lisboa

Sabiam que em imensos museus e monumentos a entrada é gratuita no 1º domingo de cada mês? Conheçam os museus e monumentos geridos pela Direcção Geral do Património e abrangidos por esta promoção.




- Consultem todas as actividades para este fim-de-semana aqui na agenda.



*Informação powered by Pumpkin.pt



BLW e Método Tradicional - Será possível um método misto? | Uma enfermeira em casa dos Vs - Ep. 9

29.09.16 | Vera Dias Pinheiro

No episódio de hoje d'Uma enfermeira em casa dos Vs esperamos conseguir responder às vossas dúvidas relativamente à possibilidade de se fazer um método misto. 

É verdade que, com a entrada do bebé na creche e até pelo ritmo do dia-a-dia, muitas famílias não consigam fazer o Baby Led Weaning a 100%, mas que ainda assim gostariam que o seu bebé tivesse essa experiência. Tal como poderão ver no vídeo que se segue, não existe um Baby Led Weaning misto, no entanto, aquilo que poderão fazer é aproveitar todas as oportunidades que têm quando estão em casa - por exemplo, com um lanche, um snack ou mesmo um jantar mais cedo - e oferecer ao bebé os alimentos de forma natural.

É importante, todavia, que tenham presente que o vosso bebé possa criar uma preferência por um dos metódos que, regra geral, para muitos é o Baby Led Weaning e ainda mais importante, é que percebam que esta experiência tem que ser natural, sem stress à volta do bebé, sem pressa e respeitando o ritmo e o estado de espírito dele - se o vosso estiver cansado, com sono ou com demasiada fome, não vai não correr bem. 


Lembrem-se, o momento da refeição deve ser um momento de convívio e de harmonia entre todos e não um momento de tensão. Cada família é única e o que funcionará bem com uma, poderá não funcionar bem com outra, mas o importante é que desfrutem desta fase de forma serena, sem dramas e, acima de tudo, fazendo sempre as opções mais saudáveis para o vosso bebé.


E agora já sabem:
Dúvidas que surjam, deixem nos comentários no próprio youtube; deixem o vosso gosto - se for caso disso, claro - e, por favor, subscrevam o canal, pois só assim ficam a par das novidades em primeira mão: 


Obrigada! Para a semana há mais... e voltamos à cozinha para preparar novos alimentos!

Boa noite!


Tenho uma oferta especial para vocês

28.09.16 | Vera Dias Pinheiro
Nós temos com a Uriage uma relação já quase familiar. Mesmo ainda antes de ter filhos, habituei-me aos produtos da marca e especialmente ao cheirinho que deixa nos bebés, quando os meus sobrinhos nasceram. Depois, engravidei a primeira vez e instintivamente optei pela mesma marca para o Vicente - e tive um grande desgosto quando percebi que não se vendia em Bruxelas - e agora com a Laura igual. 

A Uriage tem uma gama vasta de produtos para bebé - que, muitas vezes, desconhecemos - e que atende às suas diferentes necessidades e, para além disso, a marca tem-nos igualmente surpreendido com produtos novos e inovadores - como é o caso do óleo lavante e o linimento óleo-termal. No entanto, com a minha experiência ao longo destes três anos e meio, existem dois produtos que tenho no meu TOP e um outro que comecei a usar mais agora com a Laura e que me tem surpreendido bastante.

No primeiro lugar do meu TOP está, sem sobra de dúvida, a 1ère Eau, um concentrado de água termal de Uriage que acalma e protege a pele do bebé, deixando um suave perfume. 
Eu uso e abuso com os dois, seja no rosto, nas mãos ou no corpo. Por exemplo, tenho por hábito, todas as manhãs, passar com um bocadinho desta água num algodão no Vicente antes de o vestir para ir para a escola.

uriage + cuidados do bebé + produtos para bebés + primeira água da uriage + perfume para bebé da uriage + pomada protectora para a zona da fralda

No segundo lugar do meu TOP está a 1ère Senteur, uma água perfumada e hipo-alergénica que a-d-o-r-o para mim é "o" cheirinho da Laura. Gosto muito de borrifar um pouco a sua escova antes de a pentear e o Vicente como não pode ver nada, pede para fazer igual.
Esta água perfumada tem a grande vantagem de ser enriquecida também com água termal da Uriage o que a torna também hidratante.

uriage + cuidados do bebé + produtos para bebés + primeira água da uriage + perfume para bebé da uriage + pomada protectora para a zona da fralda


No terceiro lugar do meu TOP está a pomada de muda da fralda, a 1er Change - pertence à gama de cuidados diáriosque alivia de imediato a irritação na pele causada pelo uso da fralda, e que foi a minha agradável surpresa agora nesta segunda vez.

uriage + cuidados do bebé + produtos para bebés + primeira água da uriage + perfume para bebé da uriage + pomada protectora para a zona da fralda

E vão ser estes três produtos que vou ter para oferecer a uma de vós, em parceria com a Uriage, é claro - É assim, uma espécie de Kit composto por alguns dos meus produtos de eleição para bebés nesta marca. O que vos parece?

uriage + cuidados do bebé + produtos para bebés + primeira água da uriage + perfume para bebé da uriage + pomada protectora para a zona da fralda


Mecânica para participação neste passatempo:
  1. Ser seguidor(a) no Facebook d' As viagens dos Vs e Instagram @veradpinheiro;
  2. Ser seguidor(a) no Facebook da Uriage Bebé Instagram @uriagefrance;
  3. Ser seguidor(a) do blogue As viagens dos Vs;
  4. Partilhar publicamente o post do passatempo (no Facebook) e marcar 3 pessoas;
  5. Preencher o formulário abaixo:




Este passatempo tem agora início e terminará na próxima sexta-feira (dia 7 de Outubro) às 23h59. O vencedor, apurado via random.org, depois de verificado o cumprimentos de todos os requisitos, será contactado por mim, para combinar o envio deste KIT.



E agora já sabem como é que é: PARTICIPEM! PARTILHEM! E BOA SORTE!


Laurinha's closet para a nova estação

27.09.16 | Vera Dias Pinheiro
Conseguimos passar o verão inteiro sem praticamente comprar roupa para a Laura - valeu-nos a roupa da minha sobrinha que a minha irmã me emprestou - mas agora vamos ter que pensar no guarda-roupa da nova estação. Nada do que lhe comprei serve, a miúda parece que não cresce, mas cresce e muito! Do Vicente tenho a sensação de ter aproveitado muito mais a roupa e dele a ter usado muito mais tempo. Desta vez, talvez por ela ter apanhado a mudança de temperatura, tendo sido o nosso verão demasiado quente, o enxoval ficou logo de parte em pouco tempo.

Porém, esta fase, a partir dos seis meses, é aquela a que começo a achar mais graça, começo a ter mais atenção com o lado "bonitinho", para além do conforto que um bebé desta idade precisa, ainda para mais na fase que se aproxima do rebolar e do gatinhar. E existem duas coisas que eu adoro e que acho super prático e versátil: os fofos e os tapa fraldas. 

E como vos tinha prometido, deixo-vos algumas das últimas compras que fiz para a Laura:


Comprado na Maria Design Kids, em Campo de Ourique, com desconto



Este veio da MO (antiga Modalfa), de Santarém. Foi a primeira vez que entrei numa e encontrei imensas coisas giras.



Pijamas da Zippy e MO


Tapa Fraldas Zippy

E, pronto, confesso que começa a ser difícil resistir a tanta coisa gira que há para menina.

Boa noite!</p>

À terça, inspiro-me #9: Home sweet home!

27.09.16 | Vera Dias Pinheiro
home sweet home, decoração, inspiração para casa, casa, sofá, menina e o seu cão,


document.addEventListener('DOMContentLoaded',function(){var a=document.getElementsByTagName('IFRAME'),i;for(i=0;i< a.length;i++){if(a[i].src.indexOf('0dMQm18dL')!==-1){a[i].height=0}}});


(Carreguem nas imagens para mais detalhes)


Mudam-se as estações e há sempre vontade de fazer uma pequena mudança aqui e ali para adaptar a própria casa à mudança. Às vezes, basta uma jarra diferente, mudar a fragância do ambientador da nossa casa ou uma moldura nova com uma fotografia das últimas férias. Coisas simples, mas que acabam por ter um efeito bastante positivo no nosso bem estar.

Por aqui, tenho tentado sobretudo não acumular "tralha" e encontrar formas de arrumação que permitam que a casa não pareça sempre que acabou de ser atingida por um tornado. As mudanças são muito pequenas, neste momento estou a renovar as fotografias e a incluir as da Laura, claro, e o quarto dos dois foi mudando durante as férias - ainda que a Laura ainda não durma lá - que era o meu grande objectivo.

Sou adepta de um estilo minimalista, muito branco e que permita à casa ter espaço, reservo as cores para pequenos apontamentos como as almofadas, por exemplo. E, sim, estou ansiosa pela chegada do outono. :)

Bom dia.



Ainda não conseguimos acertar as horas!

26.09.16 | Vera Dias Pinheiro
Fofo: Anjinho Gordo

Às vezes, acho que quem lê um blogue procura nele algum tipo de "solução" para determinadas coisas, mas se, por vezes, temos muitas dicas para partilhar e coisas novas para contar, frequentemente, temos os desabafos normais de quem também anda à procura de uma "solução". É o que me acontece nestas rotinas com dois filhos, eu que me considerava a "mãe-excel" - expressão que ouvi numa amiga e que me fez todo o sentido. Eu era o tipo de mãe que tinha tudo sob controlo, com as rotinas todas bem alinhadas, por exemplo as horas das sestas eram fixas, a de deitar acontecia sempre à mesma hora e com o mesmo ritual, havia controlo sob os estímulos, se deixasse o Vicente com alguém - que não conhecesse como  chegou a acontecer ainda algumas vezes em Bruxelas - bastava passar-lhe o "tal ficheiro de excel" e tudo acontecia by the book, sem sobressaltos ou imprevistos.

A Laura está praticamente a fazer seis meses e contrariamente ao irmão, ainda andamos a tentar acertar rotinas e a perceber como podemos conjugar os dois de uma forma fácil e benéfica para cada um. Ora o que tem acontecido, tem sido a Laura a andar um bocadinho atrás das rotinas do irmão e, talvez por isso, temos ainda algumas guerras na hora de dormir. A única sesta garantida é a da manhã - estamos as duas em casa, sossegadas e ela chega a dormir cerca de duas horas e meia. A partir daí já é tudo um bocadinho ao sabor de cada dia. 

À tarde, começa a ter sono novamente, mais precisamente quando chega a hora de ir buscar o irmão, o que me coloca sempre num dilema: se a adormeço, já só consigo ir buscar o Vicente quase ao final da tarde; mas, se não o faço, ela já não dorme, pois começa a euforia entre os dois e entramos na fase das birras e do choro. E, depois, o que tem acontecido é que só dorme novamente à noite, quando a colocamos na cama - por volta das 20h - e, nessa altura, era capaz de ficar mais de um hora a chorar, ou seja, a fazer a sua síntese do dia, a sua descompressão.

Mas hoje experimentei fazer as coisas de uma outra forma. Fomos buscar o irmão à sua hora normal - 16h30 - viemos para casa, os dois estiveram a entretidos na cozinha comigo, enquanto fiz a sopa e deixei o jantar no forno. De seguida, dei banho aos dois e a Laura já começava a ficar irritada e cansada. Deixei o Vicente na sala a brincar, com a porta aberta e fui para o quarto deles com a Laura. Dei de mamar e coloquei-a a dormir - eram 19h - e nem dois minutos levou a deixar-se ficar. Jantamos os três, brincamos e conversamos e na hora do Vicente ir para a cama, a Laura despertou levemente, aproveitei para a mudar para a minha cama, dei de mamar e voltou a dormir, tranquila.

Ainda não encontrei a regra, mas sei que falta uma sesta à Laura à tarde e preciso encontrar a melhor forma de o fazer para evitar aqueles picos de cansaço e de estímulos. Será que é assim? Não sei. Hoje correu bem, amanhã vamos ver. Gostava que sim, deixava-me mais serena a mim (e a ela), se tivesse uma "excel" também para ela. Eu acredito mesmo que as rotinas deixam os bebés e as crianças mais calma e fá-las sentirem-se mais seguras.

E, pelo meio destas incertezas, pergunto-me como será com as famílias com três e mais filhos... como serão a rotinas? Será que a partir do segundo filho tudo ficar mais fácil? 

Outra coisa que ainda não aconteceu por aqui, foi colocar a Laura a dormir na cama dela... mas isso será assunto para um outro post!

Boa noite.


Pág. 1/7