Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Regresso às aulas: roupa comprada!

31.08.16 | Vera Dias Pinheiro
Das coisas boas que relembro da minha infância, mais concretamente dos meus tempos de escola, -especialmente quando chega a esta altura do ano - são os preparativos para o regresso às aulas. Adoro o cheiro dos livros por estrear e do material escolar. E agora que penso nisso, talvez seja sinal de que era uma criança feliz na escola e que ia com prazer às aulas - talvez a escolha da mochila certa, ajudasse! :) Outra das coisas que recordo com carinho, era o costume dos meus pais dedicarem um dia para irmos às compras de roupa, a minha mãe organizava os armários, separava a roupa que já não servia, fazia a lista das coisas importantes e lá íamos nós - era um dos programas que mais adorava fazer com o meu pai, pois ele tinha imensa paciência e gostos semelhantes aos meus.

Talvez seja por tudo isto que eu acabo por ter uma certa tendência para fazer o mesmo agora com o Vicente, o que nesta fase acaba mesmo por ser mesmo uma necessidade, pois ele tem crescido imenso e muita da sua roupa deixa de lhe servir muito rapidamente. No entanto, tento ser o mais prática possível e o mais racional na hora de fazer compras. Sei que, ao estar na pré-escola, o Vicente suja-se sempre mais e, por isso, precisa de ter mais roupa; e também sei que ele precisa de roupa que seja, acima de tudo, prática. E, neste sentido, tenho optado por dar especial atenção às marcas mais económicas e pouco exploradas por mim, confesso! 

E esta última semana de férias tem sido precisamente para isso. Aproveitamos o facto de poder ir aos centros comerciais nas horas mais calmas e nas horas em que as crianças estão mais bem dispostas também para conseguir ver as coisas com calma e atenção. E foi assim que acabamos por visitar a loja de roupa C&A, no Centro Comercial Colombo, onde eu não entrava há muito tempo. E agora com as alterações que foram feitas, eu fiquei francamente impressionada, talvez porque da forma como agora os artigos estão dispostos, tornando-os mais visíveis, dei por mim a ver muitas coisas que me agradaram. Porém, nesse dia, as compras foram apenas para o menino Vicente, que se entusiasmou bastante e opinou muitooooooo sobre o que gostava e não gostava. Mas acabamos por sair de lá com a roupa para o primeiro dia de aulas comprada.

roupa de criança + lojas de roupa para criança + regresso às aulas + lojas C&A + C&A + roupa de menino + colecção outono-inverno + lookbook crianças

roupa de criança + lojas de roupa para criança + regresso às aulas + lojas C&A + C&A + roupa de menino + colecção outono-inverno + lookbook crianças

roupa de criança + lojas de roupa para criança + regresso às aulas + lojas C&A + C&A + roupa de menino + colecção outono-inverno + lookbook crianças



Boa noite!



*Texto escrito em parceria com a marca.


Com que idade devemos fazer a transição de quarto? | Psicóloga Tatiana Louro

31.08.16 | Vera Dias Pinheiro

É muito frequente, nas sessões, os pais questionarem qual a idade certa para mudarem o seu pequenote para o seu quarto. E qual será a melhor altura: Quando nasce? Passado uns meses? Passado um ano?! 
Bom, na verdade, não existe uma idade absoluta ou um consenso entre os profissionais da área relativamente a estão questão, existindo sim, algumas orientações que nos podem guiar/orientar com mais segurança neste momento, por vezes, tão angustiante… para nós, os pais. Não é verdade? Se pensarmos que cada bebé tem o seu próprio ritmo de desenvolvimento, pode acontecer que para uns, a transição para o quarto próprio não faça diferença; já outros, podem ressentir-se com essa mesma transição. Sendo assim, depende sobretudo do vosso bebé. Contudo, como não sabemos à partida como vai ser a reação do nosso bebé e se ele vai ser daqueles a quem “tanto faz” ou, se pelo contrário, para quem esta transição vai mesmo custar, o melhor que têm a fazer – por precaução - é seguir alguns conselhos que os estudos da área sugerem, sendo eles:
 - Tendo por base o padrão geral, as guidelines apontam que esta mudança,favorecedora de autonomia e de independência, deverá acontecer (sensivelmente) por volta do oitavo mês de idade. Porquê? 
Porque é por esta altura que: diminui significativamente o risco do síndrome de morte súbdita do lactente; e é a partir desta fase de desenvolvimento que, em termos cognitivos, o bebé adquire a noção do objeto permanente. Isto é, em que ele ou ela se apercebe da ausência/presença dos pais no mesmo espaço físico, experienciando maior ou menor angústia.
- Por outro lado, esta transição não deverá exceder os dois anos de idade, pois a partir desta faixa etária, a criança poderá desenvolver ansiedade ao ter que dormir sozinha fazendo uso de comportamentos mais opositivos para permanecer mais tempo no quarto dos pais.
Todavia, como em qualquer etapa da vida dos nossos bebócas, a decisão primeiramente deverá acontecer no “coração” dos pais para que depois - com firmeza e consistência - a consigam implementar com sucesso na vida dos seus mais que tudo. A ser bem, deveria ser um caminho sem retrocessos.
Deste feito, para que esta transição possa ainda ocorrer de forma harmoniosa existem alguns cuidados que podemos ter, ora espreitem:
1. O quarto deverá ser um local calmo e com cores neutras;
2. Deve fazer-se um esforço por cumprir rotinas de sono e higiene;
3. Durante o dia deve começar-se por deitar o bebé na sesta no quarto para que progressivamente se familiarize com este espaço físico;
4. Deve deixar-se o bebé dormir com o seu objeto de transição (fralda, chucha…);
5. Sempre que possível deve-se acalmar o bebé quando acorda no próprio quarto até voltar a adormecer evitando trazê-lo novamente para a cama dos pais.
6. Com crianças mais velhas, podem ler-se histórias no quarto ao anoitecer e brincar no quarto sempre que possível para que a criança o sinta como um espaço seu, positivo e seguro.
Não se esqueçam, o mais importante é os pais sentirem-se seguros e tranquilos para que a criança encare essa mudança como algo de natural e feliz para todos.
Até ao próximo artigo.
 </div>

Passatempo Stravagant Weekend | Strada Outlet

30.08.16 | Vera Dias Pinheiro
Setembro está praticamente aí e, com ele, começamos a pensar mais a sério no regresso às rotinas e começamos também a pensar que, dentro em breve, vai ser preciso dar uma volta nos armários e preparar a chegada da nova estação - já para não falar do "drama" que é apercebermo-nos de como os mais pequenos crescem sempre tanto quando estão de férias.
Pois bem, eu quero que saibam que estou solidária com todas vocês e que, por isso, vou dar-vos um pequeno incentivo para de alguma alguma forma ajudar a suavizar o "choque" entre o fim das férias e o regresso "ao activo". O que vos parece?


strada outlet + passatempos + centros comerciais + stravagant weekend + compras + descontos  + outlet + saldos + grandes marcas + comprar mais barato


Aproveitando o Stravagant Weekend do Strada Outlet, que acontece já no próximo fim-de-semana (dias 2,3 e 4 de Setembro), o blogue "As viagens dos Vs" juntou-se ao Strada Outlet para vos oferecer um cartão com 50 euros  em compras. E já que estamos a falar de três dias de mega descontos - descontos que podem ir até aos 70% em todas as marcas - estes 50€ vão parecer muito mais, não é verdade? :) 

Agora vamos à parte importante:

Condições para participação no passatempo:
  1. Fazer like na página de Facebook d' As viagens dos Vs;
  2. Fazer like na página de Facebook do Strada Outlet;
  3. Ser seguidor(a) do blogue As viagens dos Vs;
  4. Partilhar publicamente o post do passatempo (no Facebook) e marcar 3 pessoas;
  5. Responder às perguntas abaixo:



Atenção: Este passatempo, que tem agora início, termina já na próxima quinta-feira (dia 1 de Setembro) às 23h59 min. O vencedor terá que levantar o seu cartão-oferta junto do Balcão de Informações daquele centro comercial, entre as 12h00 e as 20h00.


O vencedor será apurado via random.org, no dia seguinte, depois de verificado o cumprimentos de todos os requisitos.





E agora, já sabem: PARTICIPEM! PARTILHEM! BOA SORTE!


6 Exercícios para fazerem com os vossos bebés

30.08.16 | Vera Dias Pinheiro

Por aqui, continuamos a preparar tudo para que no dia 1 de Setembro, não hajam desculpas para não começarem o Desafio 30 Dias Pós-parto Fit. São 30 dias com hábitos mais saudáveis, tanto ao nível da alimentação, como ao nível do exercício físico. Para este desafio decidimos criar um grupo no Facebook para que a partilha de informação fosse mais fácil e a motivação fosse mais forte. Porém, sabemos que nem todas as pessoas estão no grupo e, assim, vamos tentando manter-vos actualizadas também por aqui e no Instagram. 

A Marta Coutinho, Personal Trainer tem dado todo o seu apoio a este projecto, nomeadamente ao nível da elaboração de alguns planos de treino que podem ser feitos em qualquer lugar. O vídeo que vos trago hoje é um deles e é dedicado, em especial, às recém-mães que estão com os filhos em casa e que têm dificuldade em deixá-los para poderem ir ao ginásio. 

No vídeo vão encontrar 6 exercícios diferentes que podem fazer em casa com os vossos bebés, sendo que o seu peso vai permitir intensificar o treino que vão fazer. 

Bons treinos!



Não se esqueçam de usar o hastag #30diaspospartofit para podermos acompanhar o que vocês andam a fazer durante os 30 dias no Instagram e de subscrever o canal de Youtube (podem fazê-lo directamente aqui), pois assim, serão automaticamente informados à medida que os restantes planos de treino forem sendo publicados.

Bom Dia!




Desafio 30 dias pós-parto FIT:


Nota: Antes de começarem qualquer actividade física pós-parto, confirmem com o vosso médico obstetra se não existem qualquer inconveniente e nunca descurem da opinião de um profissional de desporto para vos ajudar.


Nota nº2: Temos uma profissional do desporto, temos uma profissional de saúde, têm-me a mim, mas não temos nenhum profissional de imagem, de som ou até mesmo de edição de vídeo a colaborar connosco, por isso, desculpem-nos se nem sempre a qualidade corresponde aquilo que poderiam estar à espera. Mas damos sempre o nosso melhor. :)


Cinco meses de Laurinha nas nossas vidas!

29.08.16 | Vera Dias Pinheiro
A nossa Laurinha - a bochechócas para o irmão - faz (já) cinco meses e, para mim, ela é ainda um bebé. Talvez porque com esta idade o irmão já tivesse feito a introdução à alimentação sólida e ela continue apenas a mamar. Continuamos coladas uma na outra, de noite e de dia. Os nossos dias são em torno dela e dos seus horários e até o Vicente já se habituou a isso. 

Já tinha descoberto as mãos e agora descobriu os pés; levanta a cabeça com muita força porque se quer pôr direita e vira-se com a determinação de quem vai gatinhar cedo. Ainda não dorme a noite toda e isso é o que mais me custa, mas não tanto, como as vezes em que ela chora sem eu saber o porquê e que, por mais coisas que tente fazer, ela continue a chorar até ceder ao cansaço, acabando por adormecer. Uma mãe não deveria sentir-se impotente, não deveria ser incapaz de acalmar o seu bebé, no entanto, há alturas em que tudo aquilo que eu posso fazer é saber esperar - com calma e tranquilidade - até que ela se acalme. 

Porém, é uma bebé que ri muito, muito mais do que chora, que se chateia quando viramos costas e que dá gargalhadas só porque nos ouve a rir. Adoro quando abre os seus braços para vir para o meu colo e a forma como olha para mim depois de mamar. 

É o grande amor de todos nós, o amor que nos uniu ainda mais e o amor que nos faz dar, todos os dias, ainda mais amor ao nosso filho mais velho.

São cinco meses de Laurinha nas nossas vidas <3 Parabéns!






O que esperar de um bebé de cinco meses:

- Fica encantado com as suas próprias descobertas, repetindo-as durante muito tempo;
- Já quase se senta sozinho - é bom deixar que o bebé brinque de bruços, pois isso irá ajudar ao desenvolvimento e fortalecimento dos músculos do pescoço e, para além disso, serve igualmente para treinar o seu controlo sobre a sua cabeça (que ele irá precisar ter quando chegar a fase de ficar sentado);
- Parece que está a conhecer o mundo pela sua boca, pois todos os objectos que agarra leva-os imediatamente à boca para explorá-los;
- É capaz de reproduzir novos sons, mas assobiar e fazer bolinhas com a saliva são os seus preferidos;
- Vai repetir a mesma coisa durante muito tempo e só depois de a conseguir dominar é que irá passar a uma outra;
- Durante este mês aproveitem a hora da refeição para continuar a dar colo e mimo, dado que muito em breve ele passará a sentar-se à mesa com a família e poderá ficar também mais resistente aos beijos e aos abraços;
- E é também provável que comece a demonstrar interesse pela vossa comida.


Nota: Não nos devemos, porém, esquecer que cada bebé tem o seu próprio ritmo de desenvolvimento e que nem todos os bebés crescem e aprendem as fazer as mesmas coisas ao mesmo tempo.

Boa noite!

Do nosso fim-de-semana #15... Bom Dia!

29.08.16 | Vera Dias Pinheiro
fim-de-semana + férias + amigos + crianças felizes + crianças a brincar + brincadeiras de crianças
O Vicente e a Linda, praticamente da mesma idade, a brincar de pai e mãe, cada um com o seu bebé.

Deste nosso fim-de-semana, não tenho sítios interessantes para partilhar com vocês ou programas diferentes que tenhamos feitos em família ou ainda fotografias giras. Do nosso fim-de-semana houve um abrandar de rotinas, houve a necessidade de estar por casa e de cuidar das nossas coisas e, sobretudo, de descansar - eu de dormir até mais tarde e o senhor meu marido de acompanhar o Vicente na sesta. Sinto que, no final de quase 31 dias todos juntos, alguns de nós começam a estar com vontade de voltar às rotinas - acho que alguns de nós descansam mais quando estão a trabalhar do que quando estão em casa de férias, só não vou revelar quem! 

Mas deste nosso fim-de-semana houve tempo para aquilo a que nós chamamos a Summer Reunion que tentamos cumprir religiosamente todos os anos. É um encontro de verão com amigos que vivem fora de Portugal e que passam as suas férias de verão por cá. Começámos estes encontros sem filhos, depois grávidos, mais tarde, cada um com o seu primeiro filho e, agora, aos pares! São amigos verdadeiramente especiais e com quem sentimos uma afinidade quase familiar. Os nossos filhos brincam como se estivessem juntos todos os dias e nós perdemos a noção das horas, enquanto vamos tentando colocar a conversa em dia - aquela conversa que fica por falar quando conversamos à distância. São amigos que gostava de ter mais perto e cuja distância deixa sempre saudade.

Do nosso fim-de-semana não tenho nada de interessante para vos dizer, nada de espectacular ou de alucinante, do nosso fim-de-semana confirmei apenas duas coisas que já sabia: uma, é que os amigos são verdadeiramente a família que escolhemos e a outra, é que é tão bom quando conseguimos ter na nossa casa o espaço que precisamos e a tranquilidade que desejamos para que, se for preciso passar um dia sem sair de casa, isso não seja uma coisa que nos preocupe. 

Na próxima semana, o Vicente vai continuar de férias, o pai vai voltar ao trabalho e eu e a Laura, aos poucos, voltamos à nossa rotina. Quando estamos todos juntos, a excitação, o barulho e a confusão, acabam sempre por se reflectir também na Laura, que não adormece tão facilmente, dorme menos e anda sempre hiper-mega estimulada - e nós também gostamos de ter o nosso sossego.

Boa tarde!

Desafio 30 dias pós-parto FIT! Vamos a isso?

28.08.16 | Vera Dias Pinheiro

Setembro está quase, quase a chegar e, como já vos tinha dito neste post, tenho um desafio para vos propor: 30 dias com hábitos mais saudáveis! Eu, a Carmen Ferreira e a Personal Trainer Marta Coutinho queremos motivar-vos a TODAS - sim, é um desafio para todas as mulheres, não se prendam pelo facto de ter "pós-parto" no título - a regressar das férias com mais motivação para cuidarem de vocês próprias, uma tarefa nem sempre fácil especialmente quando temos um bebé para cuidar e a exigir toda a nossa atenção e dedicação! Mas é possível e é por essa razão que tivemos a ideia de criar este desafio.

Para começarem estes 30 dias logo no dia 1 de Setembro sem desculpas vão ter à vossa disposição:

- Dois planos de treino dados pela Personal Trainer Marta Coutinho
- Dicas de snacks saudáveis dadas pela enfermeira Carmen Ferreira

- Ao longo do desafio vamos continuar a partilhar outras dicas e outros vídeos para que a motivação não vos falte em momento ao algum. 

E, para que façam parte deste desafio, a única coisa que precisamos de vocês é  a vossa vontade!!!!

E para que fosse mais fácil a partilha de informação e a entre-ajuda entre todas, foi criado um grupo no Facebook, do qual poderão fazer parte, pedindo para aceder ao mesmo através deste link: https://www.facebook.com/groups/desafiopospartofit/
Este espaço é para todas nós, por isso, sintam-se "em casa" e partilhem as vossas dúvidas e porque não também as vossas refeições, os exercícios que conseguiram fazer, etc... Tenho a certeza que se não nos sentirmos sozinhas será mais fácil conseguir alcançar os nossos objectivos. Ah! E também estamos ali para os momentos em que precisam de força para resistir, por exemplo, à caixa de chocolates que estão prestes a devorar!!!! 

Há também uma hastag (#30diaspospartofit) que podem usar no Instagram.


Quem é que aceita este desafio? :)





Pág. 1/8