Eu assumo-me como uma amante de praia, de sol. Sou mesmo daquelas pessoas que adora passar o dia inteiro na praia a contemplar o dolce fare niente. No entanto, mudam-se os tempos, mudam-se as vontades e agora com um filho pequeno, as rotinas são obrigatoriamente outras.
Aqui em Bruxelas, tal como em outras cidades em que o Sol não abunda, fico sempre com a sensação que o potencial de um dia de Sol é sempre mais bem aproveitado. Agrada-me ver os jardins cheios de pessoas, com mantas, comidas, música e descontração. E nós também aderimos à onda dos picnics.
Não há fim de semana com bom tempo, que a família não procure um jardim para passar a tarde e, ATENÇÃO, já passamos a fase de sermos amadores! Temos tudo o que é preciso para não fazer má figura: a manta, a cesta e, claro, o espírito 🙂
Vou deixar-vos alguns dos locais que já descobri para descontrair na relva 🙂
Parc Leopold:
Situa-se junto ao Parlamento Europeu e está aberto ao público desde 1880, com cerca de 6 hectares. É muito agradável, principalmente, porque está no coração da agitação da cidade e corta completamente com esse reboliço. Para além disso, tem um largo enorme, onde alguns patos se passeiam e fazem as delicias das crianças. O aspecto menos positivo é ter poucas sombras.
Nós gostamos muito, pois podemos ir a pé e no regresso aproveitar a boleia do pai que trabalha por ali.

Instagram @pereiravera



Localização: 1040 Bruxelas (Etterbeek)

Comentários

comentários